quinta-feira, 30 de março de 2017

Brasilidades celebra 4 anos com show da Dona Onete




Cantora paraense volta a Curitiba para lançar seu segundo disco e comemorar o aniversário de coletivo curitibano

'Banzeiro' significa onda forte provocada pelos motores que navegam pelos rios da Amazônia. Ondulação que dita o ritmo do “carimbó chamegado” e nomeia o segundo álbum da compositora e cantora paraense Dona Onete. Furacão do Norte que volta a Curitiba no dia 7 de abril para celebrar os quatro anos da festa Brasilidades ao lado de seus DJs residentes Gil Preto, Luiz Bertazzo e Graziela Meyer. Janine Mathias abre a noite com seu projeto “Samba da Nega”. 

O aniversário da Brasilidades encerra oficialmente o Festival de Teatro de Curitiba e será no Calamengau, antigo Vasquinho, localizado no bairro São Francisco. Os ingressos podem ser adquiridos nos quiosques do Festival de Curitiba no Park Shopping Barigui e Memorial de Curitiba ou através do site: www.festivaldecuritiba.com.br. O primeiro lote custa R$30 a meia entrada.

Dona Onete
Ionete Gama nasceu em Cachoeira do Arari, região de Marajó no Pará. Com receio da recepção da indústria musical, se dedicou ao ensino de história e estudos paraenses. Foi secretária de cultura de Iguarapé-Miri e lá fundou grupos de danças folclóricas. Em 2012, aos 74 anos lançou “Feitiço Caboclo” e seduziu o Brasil com seu 'carimbó chamegado', ritmo criado pela compositora que o define como balanço do carimbó com um toque de pimenta.

Em 2016 “Jamburana” fez parte das canções da novela Sol Nascente da Rede Globo e estourou nas paradas de sucessos, ganhando as pistas e corações do Brasil, Argentina, Portugal, Londres e Estados Unidos, países por onde a banda passou. Dona Onete compôs mais 200 músicas e as oferece a outras cantoras brasileiras como Gabi Amarantos, Aíla Magalhães, Juliana Simimbú, Emília Monteiro, entre outras.  

Brasilidades
Em 2013 o produtor cultural Gil Preto lançou a fesa Brasilidades com o objetivo de celebrar e difundir a música brasileira e sua cultura. De lá para cá foram mais de 150 edições, sendo duas mensais em Curitiba, passando também por Florianópolis, São Paulo e Rio de Janeiro. 2017 foi o ano de alçar voo e tocar em outro continente. Em março os DJs Gil Preto, Luiz Bertazzo e o convidado DJ Zost desembarcaram em Madrid, na Espanha, para festa única. O sucesso foi tão grande que produtor Gil Preto foi convidado a voltar em setembro.

Samba da Nega
Projeto de samba idealizado pela cantora e compositora Janine Mathias. A curadoria minuciosa na escolha das músicas é um resgate da sua ancestralidade e história familiar. A banda que a acompanha reúne músicos parceiros de longa data. Janine diz que o projeto exalta o  samba, ‘a verdadeira voz musical da cultura brasileira. De Zé Keti a Elza Soares, Nelson do Cavaquinho a Cartola, Beth Carvalho a Zeca Pagodinho, Clara Nunes a Candeia, esse é o Samba da Nega.

Serviço
Brasilidades 4 anos apresenta Dona Onete
Data: 07 de abril de 2017
Horários: 22h – abertura da casa
23h30 – Samba da Nega
01h30 – Dona Onete
Local: Calamengau (antigo Vasquinho): R: Professor Roberto Barroso, 1190, São Francisco
Ingresso: Primeiro lote R$ 30 a meia entrada (opção de meia entrada solidária com doação de 1kg de alimento não perecível ou agasalho)

Crédito foto Dona Onete: Laís Teixeira

Soviet tem festa oficial do Festival de Curitiba no sábado




A festa oficial do Festival de Curitiba toma conta do Soviet neste fim de semana. O club abre às portas para evento, em uma noite de muito pop e dance no sábado (1/4), às 23h. A quarta edição da Festa Oficial do Festival de Curitiba no Soviet, agora com a assinatura da noite Stardust, recebe uma convidada ilustre para agitar a pista: Sandra Carraro. A DJ foi grande influência para o boom da música eletrônica na capital paranaense, com programa de rádio e muitas festas desde os anos 90. Sandra se tornou ícone da noite curitibana, sendo recebida no sábado pelos residentes do Soviet, Duda Rezende, Fefo, Luiz Motta e Pedrô. A noite tem ainda double dose de Catuaba, vodka e gim até 1h. A entrada de R$ 30 tem valores promocionais na lista amiga do Soviet App, saindo R$ 20 até 1h para os inscritos, e estudantes pagando R$ 15 até meia-noite.
O club já vem bem aquecido com a noite anterior, na festa Soviet Station tomando conta da pista na sexta-feira (31/3). A última festa de março conta com os DJs Duda Rezende, Pedrô, ADRN e Vitor Cruz, agitando a casa a partir das 23h. Até 1h, há dose dupla de Catuaba, vodka e Ypióca. A entrada de R$ 25 sai por R$ 15 na lista amiga até 1h, e estudantes até meia-noite pagam R$ 10. A lista amiga está disponível no Soviet App, e entradas VIPs são sorteadas no SnapChat do club: @sovietclub.
Soviet
Soviet Station - Sexta-feira, 31 de março - 23h - DJs ADRN, Duda Rezende, Pedrô e Vitor Cruz - Entrada: R$ 25, com lista amiga R$ 15 até 1h e estudantes pagam R$ 10 até meia-noite
Stardust Festa Oficial do Festival de Curitiba - Sábado, 1 de abril - 23h - DJ convidada Sandra Carraro e os residentes Duda Rezende, Fefo, Luiz Motta e Pedrô recebem a convidada Sandra Carraro - Entrada: R$ 30, com lista amiga R$ 20 até 1h e estudantes pagam R$ 15 até meia-noite
Endereço: R. Bispo Dom José, 2277 - Batel


Fim de semana do Sheridan's tem sucessos nacionais e internacionais do rock





Interpretações de sucessos do rock nacional e internacional agitam a pista do Sheridan's Irish Pub neste fim de semana, com abertura da casa sempre às 19h. A programação começa já na quinta-feira (30/3), esquentando com Double Deck. O grupo leva hits do pós punk e rock britânico para a casa. Versões de The Cure, Echo & The Bunnymen, Talking Heads e muitos outros agitam a noite. Já a sexta-feira conta com duas bandas: Legião Urbana Cover Curitiba e Pompeu e os Magnatas. A primeira apresenta sucessos de uma das maiores bandas brasileiras de todos os tempos. Já a segunda une ao rock destaques do soul, em um show com groove e psicodelia em interpretações que vão de Tim Maia a James Brown e Red Hot Chili Peppers.

Sábado é dia de Radiophonics abrir a noite com rock nacional e internacional, com influências que vão de Titãs e Cachorro Grande a Beatles e Stereophonics. Em seguida, Banks agita o público com hits do rock britânico. RockBugs finaliza a noite com Led Zeppelin, Kiss, Bon Jovi, Joan Jett e Deep Purple, entre outras interpretações. Para sexta e sábado, há a Rock List: uma lista disponível no Sheridan's App que garante descontos na entrada, até 22h.

Sheridan’s Irish Pub
Quinta-feira, 30 de março - 19h - Show de Double Deck - Entrada: feminina free até 21h após R$ 8, masculina R$ 15 a noite toda
Sexta-feira, 31 de março – 19h – Shows de Legião Urbana Cover Curitiba + Pompeu e os Magnatas – Entrada: feminina R$ 5 até 21h após R$ 10, masculina R$ 25 a noite toda – Com Rock List feminina free até 22h e masculina R$ 15 até 22h
Sábado, 1 de abril – 19h – Shows de Radiophonics + Banks + RockBugs - Entrada: feminina R$ 5 até 21h após R$ 10, masculina R$ 25 a noite toda – Com Rock List feminina free até 22h e masculina R$ 15 até 22h
Cadastro na Rock List até 18h no dia do evento
Endereço: R. Bispo Dom José, 2315 - Batel
Telefone: (41) 3343-7779


quarta-feira, 29 de março de 2017

Negro Leo faz quatro shows no Centro da Terra




O espaço cultural Centro da Terra, que está inaugurando seu novo espaço de convivência e café, convidou o jornalista Alexandre Matias para fazer a curadoria de shows de música. O primeiro fruto desta parceria foi uma temporada de Tatá Aeroplano e agora é a vez de Negro Leo apresentar quatro shows diferentes. Ele acaba de mudar para São Paulo e essas apresentações marcam a nova fase do músico, cantor e compositor maranhense, que já inicia diferentes parcerias com outros artistas residentes na cidade. 

Versatilidade é uma boa palavra para definir Negro Leo. Com seis discos na carreira, ele faz música canção, free jazz, noise-rock e o que mais der na telha. Um Jards Macalé pós-digital, ele inaugura sua fase São Paulo com shows que misturam canções, improvisos e até um filme, guardando surpresa sobre que apresentação acontece em que dia. Acompanham Negro Leo nessa aventura, cada um em determinado em dias específicos, os músicos Juliana Perdigão, Maria Beraldo Bastos, Dustan Gallas, Zé Nigro, Thomas Harres, Rafael Montorfano, Filipe Nader, Ivan Gomes, Bruno Schiavo, Farme & Hixine, Jonathan Dill, Dellani Lima, Paulinho Fluxus, Cibelle e Ava Rocha, além de eventuais surpresas.

Maranhense radicado no Rio de Janeiro, Negro Leo tem 5 anos de carreira e chamou atenção na cena carioca assim que apresentou seus primeiros trabalhos na Audio Rebel, polo de novas experiências musicais na cidade que une diferentes artistas como Cadu Tenório, Chinese Cookie Poets, Kassin e Jards Macalé, além de ser o pouso carioca da cena paulistana que inclui Kiko Dinucci, Juçara Marçal, Thiago França, Rodrigo Campos, entre outros. Também conseguiu a atenção de veículos estrangeiros, ganhando elogios do New York Times e da Playboy norte-americana.

O espetáculo que Negro Leo apresenta no Centro da Terra é uma obra aberta - e tudo pode mudar no meio do percurso!

Mais informações: 
http://www.negroleo.com

Serviço
Show: Negro Leo
Datas: 03, 10, 17 e 24 de Abril
Local: Centro da Terra
Endereço: Rua Piracuama, 19 – Sumaré – São Paulo/SP
Horário: 20h
Preço: R$30 (Inteira) / R$15 (Meia)
Venda online: https://ticketload.showare.com.br/Performance/ShoWareFrontEndPerPerformance.aspx?ACTION=PERFORMANCELIST&EVENTID=15
Capacidade: 100 pessoas
Informações: (11) 3675 1595 / www.centrodaterra.com.br

Leandro Lehart apresenta novo álbum em São Paulo nessa quinta-feira (30)






O cantor, compositor e produtor Leandro Lehart lançou recentemente, em formato digital pela Deck, um álbum muito especial. Intitulado ”Violão É no Fundo do Quintal”, o disco homenageia o grupo Fundo de Quintal, reunindo alguns de seus clássicos. No dia 30 de março, ele apresenta esse trabalho ao vivo no Bar Brahma em São Paulo.

No repertório do show, estarão as 21 canções escolhidas emocionalmente por Leandro para estar no disco. Elas serão apresentadas assim como foram gravadas, no formato voz e violão. Entre as músicas, estão os clássicos “A Amizade”, “Parabéns pra Você”, “Tudo É Festa”, “Lucidez” e “Sonho de Valsa”.

A apresentação deixa exposto o talento e personalidade de Leandro, que sobe ao palco acompanhado apenas de seu violão. Ainda, releva a importância da sonoridade do Fundo de Quintal para o samba, estilo que completou 100 anos em 2016.

Serviço
Show: Leandro Lehart – “Violão É no Fundo de Quintal”
Data: 30 de março (quinta-feira)
Horário: 21h
Local: Bar Brahma (Av. São João, 677 – Centro – São Paulo - SP)
Ingressos: R$40 (pagamento na hora, com a comanda)
Reservas pelo telefone: 11 2039 1250
Capacidade: 240 pessoas

terça-feira, 28 de março de 2017

Amarelo Manga lança clipe de “Miojo”






Destaque da cena indie nacional, o Amarelo Manga lança o clipe de “Miojo” https://www.youtube.com/watch?v=GV6adHFQt5Y. Inteiramente concebido pelo duo formado por Rafael Frejat (guitarra e voz) e Julio Santa Cecília (guitarra e voz), as imagens não seguem um roteiro e são registros feitos por eles em uma câmera VHS. “Na verdade, as filmagens dificilmente são com uma finalidade predefinida. Em geral, a gente coleta momentos aleatórios e desconexos que julgamos ser interessantes para apertar o REC, fazemos isso até o fim da fita, depois convertemos para digital e vamos montando uns rascunhos com a mistura de todas essas coisas” – conta Rafael.

“Miojo” é de autoria da dupla e foi registrada em seu primeiro álbum, “Nuca”, lançado no ano passado pela Deck. “Já tínhamos na cabeça que essa música teria um clipe. Sempre sentimos que “Miojo” tinha um lance de assimilação rápida e o clipe tinha que fazer jus a isso. Então teve um processo inicial de experimentações e com a saída do Ricardo Kaplan (baixista), eu tive essa sacada das sobreposições de imagens, e coincidiu com essa nossa ânsia por renovação da própria imagem da banda” – explica Julio.

Mais informações: www.deckdisc.com.br

Tributos abrem a semana do Sheridan's





O início da semana conta com três tributos a grandes nomes do rock no Sheridan's Irish Pub. A segunda-feira (27/3) inicia a programação com U2 Cover Curitiba, banda dedicada a reinterpretar sucessos da maior banda irlandesa do rock. Hits mais famosos se unem às favoritas dos fãs, com o grupo valorizando também canções mais "lado B". O grupo recebe como convidado o Ni Salles Trio, com a cantora Ni Salles celebrando Amy Winehouse. Entram no repertório sucessos dos dois discos de Amy, ícone do R&B britânico. A casa abre às 19h, com shows a partir das 20h30. No Sheridan's App há a Rock List, lista amiga do aplicativo da casa, que dá desconto na entrada (cadastro até 18h).

Já na terça-feira (28/3), o Legião Urbana Cover Curitiba revive Renato Russo e sua banda, ícones do rock nacional. Desde o visual até o repertório, o grupo busca oferecer uma experiência completa de imersão no legado do Legião Urbana. O Sheridan's abre às 19h, com show a partir das 22h. Em ambas as datas, há happy hour até 20h, com promoções especiais.

Sheridan's Irish Pub
Segunda-feira, 27 de março - 19h - Bandas U2 Cover Curitiba e Ni Salles Trio interpretando Amy Winehouse - Entrada: feminina R$ 10 e masculina $ 20 - Rock List: feminina free até 21h após R$ 10, masculina R$ 10 até 21h após R$ 20 - Rock List disponível no Sheridan's App
Terça-feira, 28 de março - 19h - Banda Legião Urbana Cover Curtiba - Entrada: feminina free até 21h após R$ 8, masculina R$ 20 a noite toda
Endereço: R. Bispo Dom José, 2315 – Batel – Curitiba
Informações: (41) 3343-7779

Programação James Bar de 29 de Março a 1º de Abril




PROGRAMAÇÃO JAMES BAR
DE 29 DE MARÇO A 1º DE ABRIL


***ATENÇÃO: A PARTIR DESTA SEMANA A QUARTA ROCK E AS NOITES DE QUINTA OPEN COMEÇAM A PARTIR DAS 21H E OS PREÇOS DE ENTRADAS VARIAM DE ACORDO COM O HORÁRIO****

QUARTA 29.mar: 21h
DJ residente Ale Dantas.
Convidados Frank Maeda e Felipe Mosquera.
DOUBLE DRINK de destilados nacionais até 1h.
HEINEKEN 600ml a preço de long neck até a 0h.
R$ 5 ATÉ AS 22H.
R$ 10 ENTRE AS 22H E 23H.
R$ 15 APÓS AS 23H.

QUINTA 30.mar: 21h
DJs Denis James e Bila Sampaio (Baile da Carne Livre).
Dois DJs escolhidos via concurso no evento do Facebook.
OPEN BAR de Cuba Vodka (vodka Eristoff e Coca-Cola) entre 22h e 23h.
DOUBLE DRINK Cuba Vodka entre 23h e 2h.
R$ 10 ATÉ AS 22H (R$ 5 Lista Amiga no mural do evento).
R$ 15 ENTRE AS 22H E 23H (R$ 10 Lista Amiga).
R$ 20 APÓS AS 23H (R$ 15 Lista Amiga).

SEXTA 31.mar: 22h
Doses de vodka com 50% de desconto a noite toda.
DJs Claudinha Bukowski e Denis James.
OPEN BAR de Cuba Vodka (vodka Eristoff e Coca-Cola) até as 23h.
DOUBLE DRINK Cuba Vodka entre 23h e 2h
ENTRADA PROMOCIONAL a R$ 25 (R$ 20 Lista Amiga) até 23h e R$ 30 (R$ 25 Lista) após.

SÁBADO 1º.abr: 22h
POP LINE especial The Voice
Vale drinks para quem cantar e encantar os jurados.
DJs residentes Ale Dantas, Ber Correia e Denis James.
Apresentação Thomas Rieger.
Jurados Méfiu, Clemente Clê e Loren.
OPEN BAR de Cuba Vodka (vodka Eristoff e Coca-Cola) até as 23h.
DOUBLE VODKA COM ENERGÉTICO entre 23h e 2h.
DOUBLESHOTS de vodka Eristoff na garrafa, ao longo da noite.
ENTRADA PROMOCIONAL a R$ 25 até as 23h e R$ 30 após.

*PROGRAMAÇÃO SUJEITA A ALTERAÇÃO SEM AVISO PRÉVIO.
Av. Vicente Machado, 894. Curitiba/PR. (41) 3222-1426. Formas de pagamento: Todos os cartões de débito e crédito Amex, Diners, Master, Visa e Visa Vale-Refeição.

Festival de Culturas Tradicionais movimenta Antonina em abril




 
As expressões populares do Paraná ganham um festival com três dias de programação em Antonina no mês que vem. A Olaria Projetos de Arte e Educação realiza "Tocadores - Encontro de Tradições", que visa apresentar ao grande público as variadas culturas, etnias e regiões do estado. O evento acontece entre os dias 20 e 22 de abril, concentrado na Praça Coronel Macedo no Centro Histórico de Antonina e arredores, com atividades das 9h até as 21h. Promovendo atividades como dança, música e artesanato, "Tocadores" desenvolve um ambiente ideal para a troca de experiência entre comunidades. A programação é inteiramente gratuita, com curadoria de Lia Marchi e produção de LM Stein. Mais informações no site: http://www.encontrodetradicoes.com.br/
 
“Este é um projeto antigo, fruto das minhas andanças pelo Paraná ao lado do produtor LM Stein”, comenta Lia. Os dois registraram tradições do estado por 18 anos, revelando comunidades que vivem realidades paralelas, ainda que se sintam isoladas, com dificuldade em mostrar suas culturas. “O evento foi pensado tanto para oportunizar que o público em geral conhecesse estas riquezas da tradição, quanto para permitir que as comunidades se encontrem, conversem e pensem o futuro”, explica a curadora do Tocadores.
 
Na feira, haverá 15 barracas de mestres, comunidades e grupos populares, que levam a produção artesanal para que as pessoas entrem em contato direto com os criadores. “Em muitos casos, o público terá a oportunidade de ver ali no evento o processo de produção dos produtos e conversar com quem faz de fato, saber a realidade destes artesãos, e desta forma adquirir produtos com toda história e tradição”, afirma Lia. Estarão disponíveis bijuterias de couro de peixe da Cooperativa das Marisqueiras de Antonina, pessânkas da Cooperativa de União da Vitória, instrumentos e peças da cultura caiçara da Associação Mandicuera de Paranaguá, produções de artesãos da Lapa, além de cerâmicas, arte indígena, bordados, vime, palha e lã, entre outros.
 
Fandango
 
Doze grupos tradicionais do Paraná se reúnem no Tocadores, em variada programação. Valorizando o Fandango, as três datas contarão com bailes dos Grupos Mestre Brasílio e Pés de Ouro, danças ucranianas com o grupo Spomen de Mallet, Folia de Reis com os Mensageiros da Paz de Londrina, Romaria do Divino de Paranaguá, Congada Ferreira da Lapa, Boi de Mamão e  representações de aldeias indígenas e da cultura afro. Acontecem também doze oficinas ligadas às expressões populares, além de Fandango, opções como Máscaras de palhaço, Coroas de Congada, Pessânkas,  Estandartes, Mandalas, Casa de Farinha e Ervas tradicionais, entre outras.
 
Outra tradição confirmada são os cortejos pela cidade, com apresentação de grupos artísticos em importantes monumentos históricos. Exibição de filmes e exposições também terão espaço no evento. Três encontros para articulações de comunidades tradicionais do Paraná complementam a programação.
 
A Olaria
 
Criada em 1999 em Curitiba, a Olaria Projetos de Arte e Educação busca desenvolver e participar de projetos artísticos e educacionais. O foco de seus trabalhos envolvem culturas populares, patrimônio cultural, educação pela arte e música e dança tradicionais. A cineasta, pesquisadora, professora e produtora Lia Marchi fundou a Olaria após quase uma década de trabalhos culturais. Entre outros trabalhos, Lia já fez documentários que revelam tradições populares, desde o Boi de Mamão até as benzedeiras no interior do Paraná.
 
 
Tocadores - Encontro de Tradições
 
Data: de 20 a 22 de abril - quinta-feira a sábado
Horário: programação das 9h às 21h
Atividades gratuitas
Endereço: concentração de atividades na Praça Coronel Macedo - Centro Histórico de Antonina

quarta-feira, 22 de março de 2017

OFICINA DE MÚSICA MEDIEVAL PROPÕE EXPERIÊNCIA ÚNICA NA CAIXA CULTURAL CURITIBA





Atividade gratuita é promovida pelo Programa Educativo Gente Arteira e é destinada aos amantes da música antiga

A CAIXA Cultural Curitiba oferece, de 27 de março a 2 de abril, Oficina de Música Medieval, com a curadoria do Illvminata, grupo de pesquisa e performance em música antiga. A programação inclui bate-papo sobre o contexto histórico cultural, performances, concertos e práticas musicais.  As atividades serão das 18h às 22h, de segunda a sexta-feira, e horário diferenciado no sábado (1) e no domingo (2). A oficina é destinada àqueles que tenham alguma vivência musical e curiosidade pela música antiga. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pelo e-mail gentearteira.pr@caixa.gov.br . As vagas são limitadas.

A diretora artística do grupo, Daniele Oliveira, explica que a Oficina é uma experiência no universo da música antiga. As atividades serão desenvolvidas numa ambientação especial, com cenário, iluminação, telas e figurinos em meio à sonoridade da música. “É gostoso ouvir música antiga, fechar os olhos e se imaginar num castelo. Mas é muito mais legal você olhar para a frente e ver uma performance totalmente embasada, na qual as pessoas saibam o que estão fazendo, o que estão vestindo. A nossa pesquisa vem da performance. O que é esse texto, de onde vem, quem fez, onde vivia, em que ano, o que estava acontecendo, como chamava aquele local, que idioma se falava, que roupa vestiam e assim por diante”, diz a diretora.

“Nós entendemos que executar a performance da música medieval vai além de ler as notas ou reproduzir a música. É necessário o contexto histórico, a ambientação, o figurino”, explica Letícia Burtet, coordenadora do Illvminata. Ela conta que o público que assiste as performances gosta da música medieval pela simplicidade e pela natureza da música, que é bem palatável, pensada no ouvido contemporâneo. “Alguns até têm um estranhamento no início. No fim da exibição, dizem que o som é familiar, dizem que não sabiam que gostavam de música medieval”, conta Letícia.

Além dos integrantes do Illvminata, a programação tem a participação de Carlos Simas, membro do grupo de pesquisa e performance Gaiteiro de Lume. Para promover uma reflexão diferente e explorar a riqueza musical do gênero, a programação inclui uma palestra musical sobre os povos do Oriente Médio e norte da África com a finalidade de mostrar o que acontecia noutros territórios, além da Europa Medieval. Outro destaque fica por conta dos variados modelos de gaita, que serão apresentados por  Luis Fitzpatrick e Carlos Simas.

Programação

Data: 27 de março (segunda-feira)

ABERTURA, CONCERTO, BATE-PAPO E DINÂMICAS
Horário: 18h15 às 22h

Data: 28 de março (terça-feira)

CONTEXTO HISTÓRICO, com Mateus Sokolowski
Horário: 18h às 19h50

PRÁTICAS EM CONJUNTO (INSTRUMENTAL E VOCAL SEPARADOS)
Horário: 20h às 22h

Data: 29 de março (quarta-feira)

A MÚSICA CELTA, com Carlos Simas
Horário: 18h às 19h50

PRÁTICAS EM CONJUNTO (INSTRUMENTAL E VOCAL SEPARADOS)
Horário: 20h às 22h

Data: 30 de março (quinta-feira)

VESTIMENTAS E ADEREÇOS MEDIEVAIS I, com José Brasil
Horário: 18h às 19h50

PRÁTICAS EM CONJUNTO (INSTRUMENTAL E VOCAL SEPARADOS)
Horário: 20h às 22h


Data: 31 de março (sexta-feira)

GAITAS DE FOLE, com Carlos Simas e Luis Fitzpatrick
Horário: 18h às 19h50

PRÁTICAS EM CONJUNTO (INSTRUMENTAL E VOCAL SEPARADOS)
Horário: 20h às 22h

Data: 1º de abril (sábado)

MÚSICAS E POVOS DO ORIENTE MÉDIO E NORTE DA ÁFRICA, com Zaro
Horário: 10h às 12h

VESTIMENTAS E ADEREÇOS MEDIEVAIS II, com José Brasil
Horário: 14h às 18h

Data: 2 de abril (domingo)

PRÁTICA EM CONJUNTO VOCAL
Horário: 13h às 13h45

PRÁTICA EM CONJUNTO INSTRUMENTAL
Horário: 13h45 às 14h30

ENSAIO GERAL - PRÁTICA EM CONJUNTO VOCAL + INSTRUMENTAL
Horário: 14H30 às 15h15

CONCERTO DE ENCERRAMENTO
Horário: 15h45 às 16h30

Serviço
Música: Oficina de Música Medieval
Local: CAIXA Cultural Curitiba – Galeria Térreo – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)
Data: 27 de março a 2 de abril de 2017 (segunda-feira a domingo)
Horário: 18h às 22h, de segunda a sexta-feira. No sábado, das 10h às 12h e das 14h às 18h. No domingo, das 13h às 16h30
Informações: (41) 2118-5114 e (41)2118.5427 (inscrições pelo e-mail gentearteira.pr@caixa.gov.br)