quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Paiol recebe João Donato em show que comemora seus 80 anos




O Teatro do Paiol recebe nesta quinta-feira (15), à 21h, o pianista, arranjador e compositor João Donato, um dos expoentes da bossa nova. O show faz parte das comemorações dos seus 80 anos, completados em 2014, mas que ele continua celebrando com este espetáculo em que interpreta ao piano as composições mais significativas de sua carreira. 

Ao final do show que realizou no Rio de Janeiro, com as participações de Luiz Melodia, Caetano Veloso, BNegão, Leny Andrade, entre outros amigos, João Donato afirmou que iria comemorar as oito décadas de vida até os 90. "Como uma infinita trilha sonora tenho tocado o que me sensibiliza, o que mais gostei de ouvir e tocar nestes 80 anos", diz.

No show “O Piano de João Donato”, o pianista desfila alguns dos seus maiores ídolos do jazz, Shorty Rogers, trompetista, compositor e arranjador, um dos representantes do movimento West Coast Jazz. A envolvente “Paradise Found” recupera a nostalgia dos anos 50, quando o cool jazz gozava de alta popularidade e o jovem Donato, então com 20 anos, o descobria vorazmente. A passagem para "Outra Vez", clássico de Tom Jobim, é feita de forma harmoniosa e a execução suave e segura do pianista aponta para um profundo conhecedor do legado do maestro brasileiro.

Considerado pelo próprio João Donato como um dos maiores tradutores de sua obra em letras, Abel Silva assina com ele "Brisa do Mar", cuja melodia remete à infância de João nos igarapés acreanos e à maresia de sua adolescência nas visitas às praias de Copacabana e Ipanema.
O repertório segue com a música de mais um ídolo do instrumentista, o pianista Horace Silver, um dos mentores do hard-bop e do soul-jazz. “Jungle Juice” foi selecionada de sua memória afetiva, acentuando a pegada grave, mas com pisadas bem melodiosas. Do repertório intuitivo, mais uma canção que, aos olhos de Donato, é perfeita para a sonoridade peculiar do piano e que lhe dá prazer em tocar: "Manhã de Carnaval", de Luiz Bonfá e Antonio Maria. 

No set list mais um ídolo: Stan Kenton. “Invitation”, de autoria do pianista polonês Bronislaw Kaper e do repertório de Kenton, é tocada com a dissonância e a harmonia peculiares do pianista americano. O “Piano de João Donato” apresenta ainda três parcerias do pianista, que depois de 1972 começou a apostar em amigos para criar letras para suas composições. A mais popular, "A Paz", com Gilberto Gil, mostra a diversidade de João Donato numa melodia ora densa, ora suave. O mesmo clima se repete em "Rio Branco”, para a sua cidade natal, capital do Acre. "Fim de Sonho" (com João Carlos Pádua) traduz a inventividade e o vigor de Donato ao piano.
Serviço: 
O Piano de João Donato
Local: Teatro do Paiol – Praça Guido Viaro, s/nº
Data e horário: 15 de dezembro de 2016 (quinta-feira), às 21h
Ingressos: R$ 120 e R$ 60 (meia-entrada ou ingresso solidário com um quilo de alimento)

Nenhum comentário:

Postar um comentário