quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Jorge Aragão comemora 40 anos de carreira com show em São Paulo


 
Música, samba e alegria marcam o show que acontecerá em 10 de dezembro no Teatro WTC





Jeito brincalhão e sempre sorrindo. Assim o compositor Jorge Aragão comemora seus 40 anos de carreira, com show marcado para 10 de dezembro, às 16h no Teatro WTC, São Paulo. Desta vez, os paulistanos terão a oportunidade de acompanhar de perto sucessos como “Espelho D´água”, “Coisa de Pele”, “Ave Maria”, “Malandro”, “Coisinha do Pai” e muitos outros que fizeram parte de álbuns do compositor, letrista, músico, intérprete Jorge Aragão. O show com 90 minutos de duração, produzido pela empresa Talk´s Eventos, promete marcar os corações dos amantes do samba na tarde de sábado.
Um pouco mais de Jorge Aragão
Com 20 álbuns, fora as coletâneas, e mais de trinta anos de estrada - Jorge Aragão é o mais recente fenômeno da indústria fonográfica no Brasil. Como compositor, o "poeta do samba" explodiu faz tempo nas vozes dos maiores intérpretes da MPB e é gravado por nove entre dez estrelas; principalmente do samba. Primeiro foi Elza Soares com um hit que atravessou décadas: "Malandro". Depois vieram Beth Carvalho, Alcione, Leci Brandão, Ney Matogrosso, Zeca Pagodinho, Dona Ivone Lara, Negritude Jr., Exalta Samba, Art Popular, Elba Ramalho e Jair Rodrigues, dentre muitos e muitos outros. Nas vozes de Elba e Jair, por exemplo, o compositor extrapolou fronteiras interplanetárias e teve um dos seus maiores êxitos "acordando" o robô da Nasa em Marte: a música "Coisinha do Pai" - canção que Jorge fez com o nascimento de uma de suas filhas - em parceria com Luiz Carlos e Almir Guineto e um dos grandes hits da carreira de Beth Carvalho. Mas, por um desses acasos da vida, a carreira solo só decolou no finalzinho dos anos 90 com o ingresso na gravadora Indie Records. "Sambista a bordo", o CD de estreia na Indie, fez com que suas vendas disparassem e o artista ganhou seu primeiro disco de ouro! Os seguintes tiveram premiações em ouro, platina e platina duplo. Só de 2001 para 2002 Jorge vendeu mais de dois milhões de discos, transformando-se num verdadeiro fenômeno mercadológico. Até porque o "poetinha" beirava os cinquenta e jamais havia passado das sessenta mil cópias por álbum. Cifra alcançada com o lançamento do "Sambista" em seu primeiro dia nas lojas.
Um dos fundadores do Grupo Fundo de Quintal, conjunto de samba que fez história na música brasileira e rende "filhotes” até hoje pelo país afora, Jorge Aragão ficou no conjunto por pouco tempo por achar, na época, que deveria dedicar-se apenas à composição. Mas não resistiu e acabou cedendo aos apelos de uma gravadora que o queria como artista exclusivo. O Fundo de Quintal, somente para esclarecer, nasceu na quadra do bloco carnavalesco Cacique de Ramos; local que abrigava a nata do samba nos anos 80. Por lá passaram não só personalidades como Jorge Aragão e Almir Guineto, como bambas do naipe de Arlindo Cruz e Sombrinha (que também fizeram parte do Fundo de Quintal em suas formações posteriores).
Jorge Aragão, felizmente, não virou "apenas compositor" e acabou conquistando o público também com seu timbre raro, sensual, e interpretações personalíssimas. Tanto que, além dos inúmeros prêmios e múltiplas homenagens, ganhou, por unanimidade de votos, o "Troféu Imprensa de Melhor Cantor do Ano" em 2001. A premiação é realizada pelo SBT (uma das maiores redes de televisão do Brasil) e dentre os julgadores estão alguns dos expoentes artísticos do cenário nacional. Indicado na última edição do Grammy Latino, com seu álbum “E AÍ”.
Jorge é compositor, letrista, músico, intérprete. Um cronista lúcido - e lúdico - de sua época. Dono de hits que venceram o tempo e derrubaram fronteiras. Hits tais como "Malandro", "Coisinha do pai", "Vou festejar", "Enredo do meu samba", "Eu e você sempre", "Coisa de Pele" e até de uma "versão para cavaquinho" da clássica "Ave Maria" de Gounod. Um dos autores da talvez mais famosa "vinheta" nacional, a canção "Globeleza", feita para a Rede Globo de Televisão.
Jorge Aragão comemora 40 anos de carreira 
Realização: Talk´s Eventos
Data: 10 de dezembro de 2016.
Horário: Sábado, às 16:00
Local: Teatro WTC – Av. das Nações Unidas, 12551 – Brooklin Paulista, São Paulo
Gênero: Musical
Duração: 90 minutos
Ingressos: Pista R$ 120,00 (Inteira) e R$ 60,00 (meia – carteirinha de estudante e idosos) / Pista Premium R$160,00 e R$ 80,00 (meia – carteirinha de estudante e idosos) 
Capacidade: 900 lugares
Classificação: 18 anos
Venda de ingressos: somente através do telefone (11) 5102-4114
Venda Online: Ticket 360 - www.ticket360.com.br
Estacionamento: Vallet R$ 15,00 por 3 horas
Mais informações através do telefone/site: (11) 5102-4114 / www.talkseventos.com.br
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário