quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

SÁBADO DO +55 CELEBRA O VERÃO COM DJS CONVIDADOS E DRINK ESPECIAL





O verão ainda convida para muita celebração no +55, com a festa Summer Sunset. Neste sábado (30/1), a cerveja Corona apresenta uma festa com muita música eletrônica, a partir das 16h. Na programação, o destaque fica com Funky Fat, projeto mineiro que mistura house com indie rock em um som cheio de groove, a partir das 19h. O line up tem ainda os DJs Sershes, Du Hauer, Berbush e Dedi Buschle & Friends. Ingressos antecipados no primeiro lote a R$ 30 feminino e R$ 60 masculino. Até às 18h, o bartender da casa, Lukinhas Siqueira, serve o Cocktail Open Especial Corona Extra, especial do evento.

SUMMER SUNSET +55
Data: Sábado, 30 de janeiro
Horário: abertura da casa às 16h
Ingressos antecipados a R$ 30 feminino e R$60 masculino
Endereço: R. Vicente Machado, 866 – Batel
Informações: (41) 3322-0900

Jaloo lança clipe de "A Cidade"





Jaloo lança hoje o clipe exclusivo da música "A Cidade" https://www.youtube.com/watch?v=UI0QERpzCdI. O vídeo foi gravado ao vivo no show de lançamento de seu primeiro álbum de estúdio, “#1”, que aconteceu no Circo Stankowich em São Paulo. O clipe, dirigido por Fernando Capuano, conta com a participação especial da MC Tha.

“#1” é um lançamento da Skol Music e contou com produção do próprio Jaloo, além de direção artística de Carlos Eduardo Miranda. O disco oferece uma renovação da musica pop eletrônica vista por uma ótica do norte do Brasil, letrada em tecnobrega e sons regionais, mas amplificada pela musica eletrônica de vanguarda global, pelo synth pop e até mesmo pelas grandes produções das divas pop. Ainda assim Jaloo considera: “esse é o disco de um bedroom producer e quero continuar sendo assim por um bom tempo. É a forma que uso para dizer algo nesse momento, do tempo no qual estamos inseridos, eternizar a passagem de alguma maneira, sentimentos, anseios, bobagens”.

Mais informações: http://www.skol.com.br/music/

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Boogarins se apresenta no Clash Club no próximo domingo (31)

)



Grupo convida fãs para vídeo colaborativo de "Tempo"

No intervalo entre duas turnês internacionais, o Boogarins passa pelo palco do Clash Club no próximo domingo, dia 31 de janeiro, com o show do álbum “Manual ou Guia Livre de Dissolução dos Sonhos” (Skol Music), eleito um dos melhores lançamentos do ano pelos principais críticos de música do Brasil.

Dinho Almeida (voz e guitarra), Benke Ferraz (guitarra solo), Raphael Vaz (baixo) e Ynaiã Benthroldo (bateria) vão tocar músicas novas como “Avalanche”, “Tempo”, “Sei Lá” e “Cuerdo”. Do disco anterior, “Plantas que Curam” (que só saiu agora no Brasil, também pela Skol Music) vão apresentar “Lucifernandis”, “Doce”, “Erre” e outras.

A banda Supercordas também se apresentará nessa noite.

Clipe colaborativo

Depois do lançamento do vídeo de "6.000 Dias", o Boogarins convidou seus fãs para fazer parte do novo clipe da banda, da música "Tempo". A ideia é que cada pessoa mande quantos vídeos quiser, com no máximo 10 segundos, a partir das seguintes temáticas: "o mundo dos homens" e "seu santuário".

A própria banda explica em comunicado oficial: "Tempo é sobre se libertar do relógio do homem. Os Boogarins estão fazendo um vídeo para a música, e nós queremos que os fãs mandem seus próprios vídeos nos mostrando uma dessas duas coisas: 'o mundo dos homens', com imagens e cenas do trânsito, arranha-céus, desenvolvimento, cenas entediantes e rotineiras como trabalho e escola - o mundo que você quer escapar; e 'seu santuário', com o que faz o tempo parar para você, para onde você pode fugir, seja com amigos, família, natureza, música, arte, qualquer coisa que te faça sentir livre".

Quem quiser participar do clipe deve fazer upload no seguinte link: http://bit.ly/1J7ZSCV

Serviço
Show: Boogarins
Abertura: Supercordas
Local: Clash Club
Endereço: Rua Barra Funda, 969 - Barra Funda - São Paulo/SP
Data: 31 de janeiro (domingo)
Horário: 18h
Ingressos Antecipados:
- Pista: 1º lote R$25,00 / 2º lote R$35,00
- Camarote: 1º lote R$50,00 / 2º lote R$70,00
Pontos de venda:
Galeria do Rock - Rua 24 de Maio, 62 - Loja 255 - Centro - São Paulo/SP - Telefone (11) 3361 6951
Rock'n'Roll Burger - Rua Augusta, 538 - São Paulo/SP - Telefone (11) 3255 0351
Mais Informações: www.clashclub.com.br / Telefone (11) 3661-1500
Censura: 16 anos
Capacidade: 600 pessoas

Cantora sueca é uma das últimas atrações da 34ª Oficina





            A cantora sueca Miriam Aïda é uma das atrações internacionais da 34ª Oficina de Música de Curitiba. Ela se apresenta no último dia do festival, nesta quarta-feira (27), às 19h, no Teatro do Paiol. Miriam é bastante popular em seu país e interpreta canções de músicos suecos escritas em parceria com letristas brasileiros, entre eles a paranaense Etel Frota. O show mostra esse trabalho que revela sua paixão pela música brasileira.
            Desde sua estreia, em 2002, Miriam Aïda já lançou sete álbuns, entre trabalhos solo e como vocalista da banda sueca “A Bossa Elétrica”. Pesquisadora e amante da música brasileira, está lançando “Quatro Janelas”, seu terceiro álbum, que traz canções da bem sucedida parceria de músicos suecos com a letrista brasileira Etel Frota (os anteriores foram “A Bossa Elétrica do Norte” e “Letras ao Brasil”). “Quatro Janelas” traz um repertório de canções com letras em português, a maioria inéditas.
Além de Etel Frota, as canções receberam letras de Adriana Sydor, Alexandre Lemos e Thiagu Genthil. Outras faixas são “Consolação” (Baden Powell e Vinícius de Moraes), além de versões para o português de “Starman” (David Bowie, versão C. Stein, S. Homrich, T. Filho) e “Stiff Necked Fools” (Bob Marley, versão de Etel Frota e Miriam Aïda). Este novo trabalho é uma improvável mistura de samba e ritmos afro-brasileiros, reggae, jazz e soul. A sonoridade vibrante resulta do virtuosismo dos músicos suecos que a acompanham: Mats Andersson na violão de 7 cordas, Ola Bothzén e Finn Björnulfson na percussão.

         Show de alunos – Mais um show na Capela Santa Maria, na quarta, às 12h30, reúne alunos da Oficina de Música. Desta vez estarão se apresentando os alunos de Taianara Goedert (ritmo), Carlos Navas (Canto), Sérgio Coelho (trombone), Márcio Marinho (cavaquinho), Henrique Neto (violão), Andréa Ernest Dias (flauta transversal), Paula Santoro e Bernardo Aguiar (canto), João Pedro Teixeira (acordeom), Carlos Malta (saxofone) e Gabriel Policarpo (ritmos brasileiros).
Parceiros – Realizada pela Prefeitura Municipal e Fundação Cultural de Curitiba, por meio do Instituto Curitiba de Arte e Cultura (ICAC), a Oficina de Música 2016 tem o patrocínio da Copel, apoio master da PUC – Pontifícia Universidade Católica do Paraná, apoio do Banco do Brasil e apoio cultural do Centro Cultural Teatro Guaíra, Consulado Geral dos Estados Unidos em São Paulo, Consulado Geral da República da Polônia em Curitiba, Curitiba Hostel, Família Farinha, E-Paraná, Escola de Música e Belas Artes do Paraná, Faculdade de Artes do Paraná, Lumen FM, Secretaria de Estado da Cultura, SESC da Esquina e Paço da Liberdade, UFPR/Pró-Reitoria de Extensão e Cultura.

            Serviço:
            34ª Oficina de Música de Curitiba
            Apresentação de Alunos
            Local: Capela Santa Maria – R. Conselheiro Laurindo, 273
            Data e horário: 27 de janeiro, às 12h30
            Ingressos: gratuito
           
Miriam Aïda
            Local: Teatro do Paiol – Praça Guido Viaro, s/nº
            Data e horário: 27 de janeiro, às 19h
            Ingressos: R$ 10 e R$ 5
           

Yamandu Costa e Naná Vasconcelos encerram a 34ª Oficina de Música





            Depois de 20 dias de intensa programação de cursos e espetáculos de música erudita e popular, a 34ª Oficina de Música de Curitiba chega ao fim. O show de Yamandu Costa e Naná Vasconcelos, quarta-feira (27), às 21h, no Guairão, marca o encerramento desta edição, que teve quase dois mil alunos e foi uma das mais movimentadas dos últimos anos.
            O show de encerramento une no palco duas grandes estrelas da música instrumental brasileira. O violonista e compositor gaúcho Yamandu Costa é uma referência mundial na interpretação do violão de 7 cordas, para o qual desenvolveu uma técnica aprimorada, que explora todas as possibilidades do instrumento. Com uma linguagem musical sem fronteiras, Yamandu percorreu os mais importantes palcos do Brasil e do mundo, participando de grandes festivais e encontros. Em 2010, o CD Luz da Aurora, com Hamilton de Holanda, foi indicado para o Grammy Latino.
            O percussionista pernambucano Naná Vasconcelos é outro brasileiro que levou a música brasileira para todos os cantos do planeta. Trabalhou com Milton Nascimento e Egberto Gismonti. Morou em Paris e Nova York, tocou e gravou com nomes como B.B. King, Pat Metheny, Jean-Luc Ponty, com o grupo norte-americano Talking Heads, liderado por David Byrne, entre outros. Nos últimos anos, esteve mais envolvido no cenário musical brasileiro, gravou vários discos solo e desenvolve o projeto ABC das Artes Flor do Mangue, com crianças carentes.        
            Os dois músicos transitam com tranquilidade pela música erudita e popular. Yamandu Costa toca de choro a música clássica brasileira, mas também não deixa de lado as raízes gaúchas, mostrando todo o seu virtuosismo na interpretação de miliongas, tangos, zambas e chamamés. Neste show, a dupla toca composições próprias e clássicos como “Brejeiro”, de Ernesto Nazareth, e “Trenzinho Caipira”, de Villa-Lobos.

Mais de 80 atrações - A 34ª Oficina de Música começou no dia 7 de janeiro promovendo uma série de atividades entre cursos, recitais, concertos, shows, palestras, mesas-redondas, exibição de filmes, além da Oficina Verde e da Feira Gastronômica no pátio da Capela Santa Maria, que foi uma das novidades desta edição. A programação artística teve mais de 80 eventos. Os cursos tiveram como sede o campus da PUC-PR, onde aconteceu a maior parte dos 112 cursos de música erudita, MPB e música e tecnologia. Este ano, a Oficina recebeu 1.987 alunos e 122 professores de todas as partes do Brasil e de outros países.

Parceiros – Realizada pela Prefeitura Municipal e Fundação Cultural de Curitiba, por meio do Instituto Curitiba de Arte e Cultura (ICAC), a Oficina de Música 2016 tem o patrocínio da Copel, apoio master da PUC – Pontifícia Universidade Católica do Paraná, apoio do Banco do Brasil e apoio cultural do Centro Cultural Teatro Guaíra, Consulado Geral dos Estados Unidos em São Paulo, Consulado Geral da República da Polônia em Curitiba, Curitiba Hostel, Família Farinha, E-Paraná, Escola de Música e Belas Artes do Paraná, Faculdade de Artes do Paraná, Lumen FM, Secretaria de Estado da Cultura, SESC da Esquina e Paço da Liberdade, UFPR/Pró-Reitoria de Extensão e Cultura.

Serviço:
Yamandu Costa e Naná Vasconcelos – Show de encerramento da 34ª Oficina de Música de Curitiba
Local: Teatro Guaíra – Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto
Data e horário: 27 de janeiro, às 21h
Ingressos: R$ 30 e R$ 15 (taxa adicional de R$ 6 pelo Disk Ingresso)
0 COMENTÁRIOS

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Programação semanal James de 27 a 30 de Janeiro/2016




PROGRAMAÇÃO DA SEMANA
DE 27 A 30 DE JANEIRO

QUARTA 27.jan: 22h
DJs residentes Ale Dantas, Claudia Bukowski e Pablo Busetti.
DJ convidada Renata Garcia.
DOUBLE HEINEKEN LONG neck, até 0h.
DOUBLE DRINK de destilados nacionais, até 1h.
50% DE DESCONTO na entrada, até 23h.
R$ 15.
QUINTA 28.jan: 22h
DJ residente Marcell Boareto.
DJs convidados Georgia Settanni e Manolo Neto.
SORTEIO DE VIPs pelo evento no Facebook.
DISTRIBUIÇÃO DE COLETÂNEAS, GIBIS e MÁSCARAS, durante a festa.
R$ 15 (50% de desconto pra quem for de bike).
SEXTA 29.jan: 22h
DISCOTRAXX especial Claptone
DJs Ale Dantas, Claudinha Bukowski, Denis James e Renata Worst.
DJ convidado Hermes Pons (set especial Claptone).
DRINK GRATUITO Moscow Mule para cada cliente, até 23h.
DOUBLE DRINK JÄGERBOMB, entre 23h e 1h.
RODADAS DE SHOTS DE TEQUILA EL JIMADOR, nos balcões dos bares, ao longo da noite.
ENTRADA PROMOCIONAL a R$ 15 até as 23h; R$ 20, entre 23h e 0h; e R$ 25 após.
SÁBADO 30.jan: 22h
DJs residentes Ale Dantas, Celso Ferreira e Denis James.
PROMOÇÃO ESPECIAL "You Da One" ao longo da semana, na fanpage da festa.
DOUBLE VODKA COM ENERGÉTICO entre 22h e 0h.
DOUBLESHOTS na garrafa, ao longo da noite.
R$ 30.

* Todas as infos e releases sobre nossa programação estão disponíveis em nosso site www.barjames.com.br.
*PROGRAMAÇÃO SUJEITA A ALTERAÇÃO SEM AVISO PRÉVIO.

Av. Vicente Machado, 894. Curitiba/PR. (41) 3222-1426. Formas de pagamento: Todos os cartões de débito e crédito Amex, Diners, Master, Visa e Visa Vale-Refeição.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

34ª Oficina de Música chega à Boca Maldita





A 34ª Oficina de Música de Curitiba também vai às ruas e neste sábado (23) promove uma série de shows no centro da cidade. Um palco estará montado na Boca Maldita para receber, a partir das 11h, uma série de atrações. A programação começa com a Banda Gentileza e tem ainda João Pedro Teixeira e Octeto de Acordeons, a cantora Cida Airam, o som dos beats digitais de Felipe e Manoel Cordeiro, e a emblemática banda curitibana Blindagem.
A curitibana Banda Gentileza mistura diversos ritmos e gêneros musicais, e tem no bom humor elemento constante em suas letras. O grupo formado por João Pedro Teixeira e Octeto de Acordeons apresenta em sua formação instrumentos que fazem parte da família das sanfonas: a sanfona de oito baixos, a cromática e a concertina, além do próprio acordeom. No repertório, músicas de Hermeto Pascoal.
Cida Airam, cantora natural de Natal (RN) e radicada em Curitiba, lança seu CD de estreia, que apresenta influências que vão do Nordeste ao Sul do país. O paraense Felipe Cordeiro ganhou destaque com o álbum Kitsch Pop Cult (2012). O artista mistura a tradição popular musical do Pará com a sonoridade contemporânea dos beats digitais da América Latina, tais como a cúmbia, zouk, reggaeton, bachata, cacicó. Esse show conta com a participação de Manoel Cordeiro, guitarrista e pai de Felipe.
Encerrando a festa da 34ª Oficina na Boca Maldita está a banda Blindagem, patrimônio do rock local, que em 2015 completou seus 40 anos de existência. Confira a programação:

34ª Oficina de Música na Boca Maldita
Sábado, dia 23 de janeiro
11h – Banda Gentileza
13h – João Pedro Teixeira e Octeto de Acordeons
15h – Cida Airam
17h – Felipe Cordeiro e Manoel Cordeiro
19h – Blindagem

Parceiros – Realizada pela Prefeitura Municipal e Fundação Cultural de Curitiba, por meio do Instituto Curitiba de Arte e Cultura (ICAC), a Oficina de Música 2016 tem o patrocínio da Copel, apoio master da PUC – Pontifícia Universidade Católica do Paraná, apoio do Banco do Brasil e apoio cultural do Centro Cultural Teatro Guaíra, Consulado Geral dos Estados Unidos em São Paulo, Consulado Geral da República da Polônia em Curitiba, Curitiba Hostel, Família Farinha, E-Paraná, Escola de Música e Belas Artes do Paraná, Faculdade de Artes do Paraná, Lumen FM, Secretaria de Estado da Cultura, SESC da Esquina e Paço da Liberdade, UFPR/Pró-Reitoria de Extensão e Cultura.

Marina Lima apresenta seu novo trabalho em Curitiba




O Trajeto Lumen Ao Vivo de janeiro traz pocket show e sessão de autógrafos com a cantora

A quinta temporada do Trajeto Lumen Ao Vivo traz a Curitiba a cantora e compositora Marina Lima com seu trabalho atual “No Osso”. Em seu 20º álbum, a cantora se apresenta com seu violão e relembra sua origem no primeiro trabalho solo em 35 anos de carreira.

Marina Lima é conhecida por sua originalidade, a cantora e compositora foi lançada em 1979 com o LP “Simples como Fogo” e desde então é trilha sonora de várias gerações de brasileiros. O primeiro “Trajeto Lumen Ao Vivo” de 2016, projeto em parceria com o Shopping Curitiba, volta dia 29 de janeiro e traz a carioca para cantar e conversar com o público curitibano.

Para participar da sessão de autógrafos, senhas estarão disponíveis na Livraria Cultura, a partir das 10h do dia do evento. O Trajeto Lumen Ao Vivo começa às 18h, é gratuito e aberto ao público, no Largo Curitiba. Quem não puder comparecer poderá ouvir na Rádio Lumen FM (99,5) que transmitirá ao vivo o programa. 

Mais informações: (41) 3271-4700

Serviço:
Trajeto Lumen ao Vivo com Marina Lima.
Data: 29 de janeiro
Horário: 18h
Local: Largo Curitiba (Piso L2) do Shopping Curitiba.
Entrada gratuita.

SOBRE O TRAJETO LUMEN AO VIVO
O projeto da Rádio Lumen FM em parceria com o Shopping Curitiba entra em sua quinta temporada. O objetivo é fomentar e divulgar a cultura em Curitiba e aproximar artistas do público curitibano. Em 2015, passaram pelo palco artistas como: Tiê, Biquini Cavadão, Pato Fu, Nenhum de Nós, Ivan Lins, Mariana Aydar, Marcelo Jeneci, Tiago Iorc, Jair Oliveira e Leoni.

DHZ lança a faixa "Batendo"




O selo Buuum (Skol Music), comandado por Zegon, começa 2016 com seu 
primeiro lançamento, da faixa "Batendo" https://soundcloud.com/buuumtrax/dhz-batendo. A música é do DHZ, projeto inovador de trap music formado em 2015 e composto por três artistas da nova safra do rap nacional. Flem, Knox e Lil Tec somam apresentações por todo o país e exterior, além de produzir diversos artistas nacionais e internacionais. 
O som do grupo tem grande influência do trap mundial, mas com uma pitada tropical e brasileira nos ritmos e timbres, dando um toque especial ao projeto. "Desde que começamos com o selo Buuum, tenho recebido muita música boa de novos produtores aqui do Brasil. Em 2016, resolvemos abrir espaço para essa nova galera. Direto de Curitiba, berço de beatmakers e DJs de alto nível, meu parceiro Flem mandou alguns sons do seu projeto DHZ. Então é com ele que decidimos abrir o ano e anunciar que em breve lançaremos uma coletânea, com o melhor da nova escola e alguns clássicos também. Feliz Ano Novo!", comenta Zegon.
Mais informações: http://www.skol.com.br/music/

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

DJS CONVIDADOS AGITAM FIM DE SEMANA DO SOVIET









Com muito pop, EDM e R&B, o agito do fim de semana do Soviet é garantido. Tudo começa na sexta-feira (22), às 23h, com os DJs residentes Fefo e Vitor Cruz recebendo os convidados Felipe Oslaj, Diogo Oliveira e Adriano Leite (ADRN). A noite tem double de vodka até as 2h. A entrada promocional é R$ 15 até 1h com lista amiga e estudantes com carteirinha pagam R$ 10 até a meia-noite. O valor integral da entrada é R$ 25.

No sábado (23), o convidado é Julio Mayo, recebido pelos residentes Dimis, Duda Rezende, Fefo e Pépe. A festa começa às 23h e tem double vodka até 1h. A entrada é R$ 30, mas estudantes pagam R$ 15 até meia-noite. Com nome na lista amiga, a entrada é R$ 20 até a 1h. Para a lista amiga, basta acessar o Soviet App (disponível para Android e iOS).

SOVIET
Sexta-feira, 22 de janeiro -23h - Entradas: R$ 10 para estudantes até meia-noite, R$ 15 até a 1h com nome na lista amiga do Soviet App ou R$ 25 (a noite toda e sem nome na lista)
Sábado, 23 de janeiro – 23h - Entradas: R$ 15 para estudantes até meia-noite, R$ 20 até a 1h com nome na lista amiga do Soviet App ou R$ 30 (a noite toda e sem nome na lista)
Endereço: R. Bispo Dom José, 2277 - Batel

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Brasileirinho faz “Festa de Arromba” na 34ª Oficina Música






O Coral Brasileirinho marca a sua presença na 34ª Oficina de Música de Curitiba levando ao palco da Reitoria da UFPR, nesta quinta-feira (21), o show “Festa de Arromba”, cantando as músicas emblemáticas da geração dos anos 60 no Brasil. Na quinta também tem show de Hélio Brandão, às 12h30, na Capela Santa Maria, e do Tao do Trio, às 19h, no Teatro do Paio.
“Festa de arromba”, “Negro gato”, “O calhambeque”, “Se você pensa”, “Broto legal”, “Vem quente que eu estou fervendo” são algumas das canções que receberam arranjo especial para o coro de 26 crianças e adolescentes que integram o Brasileirinho. São músicas que marcaram época. Há 50 anos, estreava na televisão brasileira o programa “Jovem Guarda”, protagonizado por Roberto Carlos, Erasmo Carlos e Wanderléa, que nas tardes de domingo atraíam uma multidão de jovens fãs ao teatro, repercutindo suas músicas, suas roupas e atitudes pelo Brasil afora.
O Coral Brasileirinho já tem 22 anos de trajetória, dedicando-se à música brasileira de todas as épocas. Com ludicidade e humor, características do seu trabalho, o grupo construiu  ao longo de sua história vários espetáculos temáticos, como “Álbum de Família”, “TV Brasileirinho”, “A Cara do Brasil”, “Quem não se comunica se trumbica”, “Passarim”, “Brasileirinho 100 Gonzagão” e “Você já foi à Bahia”, este último em homenagem ao centenário de nascimento de Dorival Caymmi. Os espetáculos têm direção musical de Helena Bel e direção cênica de Milton Karam.   
Instrumental – A Oficina de Música será a oportunidade do músico Hélio Brandão e banda apresentar o seu novo CD, “Equilibrista”, que reúne 12 composições autorais, inspiradas no universo musical de Egberto Gismonti e Wayne Shorter. O álbum, gravado em junho de 2015 nos estúdios da Gramofone, comemora os 35 anos de carreira do saxofonista, membro de uma reconhecida família de músicos de Curitiba.
As obras integram um ciclo de tributos que Hélio Brandão fez em homenagem a grandes mestres (Bach, Chico Buarque e Edu Lobo, Villa-Lobos e Astor Piazzolla). Hélio está finalizando outros dois tributos: Charlie Parker e John Coltrane, que serão lançados em 2016. Equilibrista” é continuidade de um trabalho de dez anos e apresenta Hélio Brandão como um solista e um arranjador notável. Em seu quinteto, o músico convida artistas de destaque do jazz curitibano: Endrigo Bettega na bateria, Mário Conde na guitarra, Thiago Duarte no baixo e Davi Sartori no piano.
            O Tao do Trio – O grupo vocal feminino O Tao do Trio faz o pré-lançamento do CD “Flor de Dor”, com composições de Etel Frota. O trio formado por Cristina Lemos, Fernanda Sabbagh e Suzie Franco foi criado em 1994, ganhando cada vez mais destaque na cena musical curitibana. A história do grupo está profundamente ligada à do arranjador e produtor musical Vicente Ribeiro, que em 1995 assumiu a direção musical do trio e desde então acompanha a sua trajetória, como um quarto integrante.
            O trio firmou sua carreira a partir de 2006, quando lançou o CD “Uns Caetanos”. O disco fez com que o Tao do Trio fosse indicado como um dos finalistas do Prêmio Caras de Música de melhor grupo de MPB. Em 2015, depois da ganhar cara nova com a saída da cantora Helena Bel e a entrada de Fernanda Sabbagh, o grupo gravou o seu terceiro CD, Flor de Dor, dedicado à obra da poeta paranaense Etel Frota.  Neste trabalho, marcado por arranjos camerísticos que conciliam intensidade e delicadeza, o universo feminino se faz presente em todas as suas facetas.   

Parceiros – Realizada pela Prefeitura Municipal e Fundação Cultural de Curitiba, por meio do Instituto Curitiba de Arte e Cultura (ICAC), a Oficina de Música 2016 tem o patrocínio da Copel, apoio master da PUC – Pontifícia Universidade Católica do Paraná, apoio do Banco do Brasil e apoio cultural do Centro Cultural Teatro Guaíra, Consulado Geral dos Estados Unidos em São Paulo, Consulado Geral da República da Polônia em Curitiba, Curitiba Hostel, Família Farinha, E-Paraná, Escola de Música e Belas Artes do Paraná, Faculdade de Artes do Paraná, Lumen FM, Secretaria de Estado da Cultura, SESC da Esquina e Paço da Liberdade, UFPR/Pró-Reitoria de Extensão e Cultura.

Serviço:
34ª Oficina de Música de Curitiba
            Hélio Brandão 
            Local: Capela Santa Maria – R. Conselheiro Laurindo, 273
            Data e horário: 21 de janeiro, às 12h30
            Ingressos: gratuito

            O Tao do Trio
            Local: Teatro do Paiol – Praça Guido Viaro, s/nº
            Data e horário: 21 de janeiro, às 19h
            Ingressos: R$ 10 e R$ 5

            Coral Brasileirinho
            Local: Teatro da Reitoria – R. 15 de Novembro, 1299
            Data e horário: 21 de janeiro, às 21h
            Ingressos: R$ 10 e R$ 5