sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Conservatório de MPB promove palestra sobre música afro-brasileira




O compositor e pesquisador baiano Letieres Leite chega a Curitiba para ministrar palestra inédita na cidade, nesta sexta-feira (02), às 13h30, no Conservatório de Música Popular Brasileira. A atividade “Abordagem Geral sobre o Universo Percussivo Baiano – Método UPB por Letieres Leite” tem como objetivo aproximar o grande público da música de matriz afro-brasileira e afro-baiana, seus aspectos históricos e sua aplicabilidade. A atividade é gratuita e aberta ao público.

UPB | Universo Percussivo Baiano
Nesta palestra, o instrumentista e idealizador da OrkestraRumpilezz utiliza o método UPB, desenvolvido por ele, que relaciona a tradição oral e a tradição da escrita musical europeia em proporções aproximadas para as transmissões dos desenhos rítmicos e claves do Universo Percussivo Baiano e que não encontram uma fidelidade em transcrição gráfica musical tradicional.
Com dois momentos diferentes, o workshop desenha em sua dinâmica a introdução, com contextualização histórica, e o aprofundamento, com a observação oral do aprendizado das claves e entorno.
Para o público, esta atividade é a possibilidade de empoderamento de uma ferramenta ampla e decisiva para as suas diversas construções musicais, pelo enriquecimento das abordagens rítmicas e aprofundamento do conhecimento sobre a música matricial afro-brasileira.A proposta espera convocar amplo público de estudantes de música, instrumentistas e interessados no tema.

PROGRAMA| Temas aproximados
1. Aspectos históricos e antropológicos sobre a diáspora negra no Brasil, observando as contribuições dos grupos (sudanês e banto) na formação musical afro-brasileira.
2. Considerações sobre a clave rítmica, discutindo diversos estudos e teoria sobre sua origem, existência e importância nas musicas de matriz africana.
3. Abordagem da tradição oral e tradição europeia, com considerações sobre forma de leitura/escrita para os ritmos (toques) de matriz africana, a partir da observação do uso dos sistemas de claves rítmicas e seu entorno, identificando os padrões de subdivisão.
4. Estudos e vivencia de alguns "toques" da musica afro-brasileira e das músicas compostas exclusivamente para o estudo desses “toques”.

Sobre Letieres Leite
O idealizador e compositor da Orkestra de percussão e sopros iníciou sua história como instrumentista, apresentando-se com inúmeros músicos e festivais –artistas como Gil Goldstein em 1990, Paulo Moura no Festival de Montreux e Jazz Zurich em 1992, Alfredo de la Fé (Turnê Europeia em 93) e com os grupos Hip-Noses (Herbie Kopf) e Tamanduá. Apresentando a Rumpilezz como seu trabalho autoral em 2006, o instrumentista traz a bigband como cartão de visitas para suas idéias, alimentando projetos e pesquisas que buscam catalogar e sistematizar as informações sobre o Universo Percussivo Baiano (UPB), a música afro-baiana e, em especial, o caráter educacional que prestigia todo esse conhecimento. Nos últimos cinco anos, Letieres esteve apresentando o seu método UPB em workshops e palestras em todo o mundo, com destaque à residência no BerlinerJungend Jazz Orchestra (Alemanha), à oficina no San Jose Jazz festival (EUA) e master classes no City Collegeof New York (EUA) e no New York Library for theArts (EUA).
Entre seus últimos trabalhos destaca-se a sua participação na curadoria do festival mundial PercPan, o festival de Samba da Bahia e as turnês internacionais do grupo Letieres Leite &OrkestraRumpilezz, que participou dos importantes festivais europeus e norte-americanos, como o Europália (Bélgica), Mors Festival (Moers), San Jose Jazz Festival (San Jose), Lincoln Center Out ofDoors (New York), Hollywood ArtsParkFest (Miami), Philadelphia Jazz Project (Philadelphia) e San Francisco Jazz Center – Summer Festival (San Francisco), apresentando-se também na importante casa Kuumbwa Jazz (Santa Cruz).
Atualmente, o pesquisador dedica-se ao seu metódo UPB de ensino da música de matriz afro-baiana, como diretor pedagógico do projeto de formação de jovens Rumpilezzinho, coordenador artístico-pedagógico do Centro de Formação em Artes da FUNCEB – SECULTe consultor de Arte e Educação do projeto Arte no Currículo, do município de Salvador.
SERVIÇO:
ABORDAGEM GERAL SOBRE O UNIVERSO PERCUSSIVO BAIANO – Método UPB por Letieres Leite
Local: Conservatório de Música Popular Brasileira (Rua Mateus Leme, 66, Largo da Ordem, São Francisco)
Data: 02.10 (sexta)
Hora: 13h30

Nenhum comentário:

Postar um comentário