terça-feira, 11 de agosto de 2015

Polysom lança LP “É Ferro na Boneca”, d’Os Novos Bahianos



Antes do aclamado “Acabou Chorare”, Os Novos Bahianos, como assinavam nesse período, lançaram em 1970 seu primeiro álbum, “É Ferro na Boneca”. Com um estilo um pouco diferente de seu sucessor, o disco foi uma grande estreia, que anunciava a chegada de um dos maiores grupos da MPB. Comemorando seu 45º aniversário, o álbum volta às prateleiras esse mês em vinil de 180 gramas, pela coleção “Clássicos em Vinil”, da Polysom.

“É Ferro na Boneca” é composto por 13 faixas, todas de autoria de Moraes e Galvão. O grupo, formado ainda por Paulinho Boca de Cantor e Baby Consuelo, apresentava-se diferente nesse trabalho de estreia. Mais ligados ao rock and roll psicodélico dos anos 70 e a sons regionais, eles não tinham as características do samba apresentado nos demais discos. O lado A começa com a faixa-título e traz “Colégio de Aplicação”, “Outro Mambo Outro Mundo”, “Dona Nita e Dona Helena”, entre outras. Virando o disco estão “Baby Consuelo”, “Curto de Véu e Grinalda”, “O Samba me Traiu”, “Tangolete”, “Juventude Sexta e Sábado” e encerra com “De Vera”, música apresentada no “V Festival de Música Popular Brasileira”, da Rede Record, em 1969.

Nenhum comentário:

Postar um comentário