sexta-feira, 31 de julho de 2015

Por do Som - Mulheres do Brasil



MULHERES DO BRASIL


Adriana Moreira - Cordão


Adriana é dessas raras cantoras que conciliam o canto, o teatro e a pesquisa, essa última, fundamentada no resgate de pérolas do nosso cancioneiro popular, bem como de seus compositores.

Em Cordão, apresenta um repertório, com 15 obras de grandes compositores da música brasileira como Nelson Cavaquinho, Chico Buarque, Eduardo Gudin, Douglas Germano, Baden Powell, Clementina de Jesus, entre outros,

Clique e conheça o disco

***
Bia Goes


A cantora paulistana Bia Góes é uma das grandes promessas do canto popular brasileiro – sem contar o “berço” musical privilegiado, tanto do lado da mãe, Silvia Goes, como do pai, Arismar do Espírito Santo.

Bia, vem se destacando na música brasileira pela versatilidade em transitar por vários estilos, da musica instrumental ao forró, passando pelo choro, bossa nova e samba.

Em seu 1º cd solo apresenta ritmos como o forró, baião, coco, xote e chulas.

Clique e conheça o disco

***
Ana Maria Carvalho - Por Mim e Pelo meu Povo

Herdeira direta de mestres da cultura popular, irmã de Tião Carvalho é compositora e intérprete do Grupo Cupuaçu há 20 anos e cantora e atriz do Teatro Ventoforte há 25 anos , teve suas composições gravadas por Tião Carvalho, Rosa Reis, Jane Santos, Banda Cataia e Banda Mafuá.

O trabalho autoral dessa compositora maranhense revela forte influência da sua terra natal o Maranhão, em Por Mim e Pelo Meu Povo, apresenta bumba meu boi, cirandas, forró, ladainhas do Divino Espírito Santo, acalantos, sambas e cantigas de roda tradicionais.

Clique e conheça o disco

***
Dona Inah - Fonte de Emoção


Nascida em Araras (SP) e ligada à música desde criança, Dona Inah só teve seu talento devidamente reconhecido em 2005, aos 69 anos. 
Uma das vozes expressivas do samba do Brasil, lançou aos 77 anos, seu terceiro disco, “Fonte de Emoção”.

Dona Inah chama atenção pela voz firme e pela naturalidade com que canta. O CD, conta com composições de grandes representantes do samba, como Paulo César Pinheiro, Dona Ivone Lara, Monarco, Délcio Carvalho, entre outros

Clique e conheça o disco

***

Claudette Soares e Orquestra Tom Jobim



Claudette apresenta seu Dvd ao lado da Orquestra Tom Jobim. No repertório canções de Johnny Alf, Tom Jobim, Vinicius de Moraes, Roberto Menescal, Gonzaguinha, Taiguara, entre outro, sobre a regência do Maestro Roberto Sion.

Conheça o DVD

***
Tereza Pineschi - Teu Gramophone é Bão


A música brasileira entre 1830 e 1910 - Polcas, Maxixes e Lundus

Nascida em Niterói, Tereza apresenta um disco com os primórdios da música brasileira, polcas, maxixes e lundus, reunindo composições que nunca tiveram qualquer registro fonográfico.

Conheça o disco

Nenê Cintra - Minha Embaixada Chegou


Integrante do Grupo Vésper, quinteto feminino, há mais de dez anos, lançou 2 Cds, “Flor D’Elis” e “Ser Tão Paulista”. 
Em seu segundo Cd solo, Nenê interpreta sambas das mais variadas vertentes, com uma linguagem da mais pura MPB, revisita obras que vão dos clássicos Ary Barroso, Noel Rosa, Baden Powel, Assis Valente, entre outros.

Conheça o disco

***
Fanta Konate - Djubafedea


Fanta no Brasil há mais de 11 anos nos traz a música da Guiné. 
A voz das aldeias Malinkês, timbres de instrumentos ancestrais e seus ritmos contagiantes. Assim é Djubafedea. 
Mostrando as raízes mais puras do djembê que, juntamente com outros instrumentos, integram uma música percussiva harmoniosa que abrange todas as frequências, tons e cores.

Conheça o disco

***
Nanãnã da Mangueira - Caminho de Rosas


Em 1958 mudou-se para o Morro da Mangueira onde construiu grande parte de sua história e conviveu com os grandes nomes do samba brasileiro: Carlos Cachaça, Cartola, Xangô da Mangueira, Zé Keti e muitos outros.

Conheça o disco

***
Graça Braga - Eu Sou Brasil


Dona de uma voz poderosa e marcante. Graça Braga, integrante do Samba da Vela é uma das cantoras que ajudam a carregar a bandeira do samba raiz no Brasil. 
No Cd, partido alto, sambas dolentes e sambas de terreiro. Participação especial Jair Rodrigues.

Conheça o disco





Ai Yazaki - Ai Plays Donato



Pianista,compositora e arranjadora, natural de Niigata, Japão, está radicada no Brasil desde 1996. Ai Yazaki, mescla elementos musicais do oriente com sonoridades do Jazz americano, e da música popular e erudita brasileira.

No cd em homenagem a João Donato, conta com diversas obras de Donato em parceria com Gilberto Gil, Caetano Veloso e Aldir Blanc. O disco contou com a participação de grandes músicos como Ricardo Mosca, Guello, Sidiel Vieira, Tatiana Parra, Filó Machado, João Donato entre outros.

Conheça o disco

PRÓXIMO LANÇAMENTO

karina Ninni - Samba do Bem

Em seu segundo CD, “Samba do Bem”, Karina Ninni chama atenção por sua interpretação madura e pelo repertório selecionado com esmero. A cantora gravou apenas sambas inéditos de diversos compositores brasileiros, dos conhecidos Délcio Carvalho e Celso Viáfora aos igualmente talentosos Leandro Dias e Douglas Germano. O CD tem a direção do flautista e saxofonista João Poleto e conta com as participações especiais de Fabiana Cozza, Eduardo Gudin e Amilson Godoy, além do talento de músicos como Zé Barbeiro, Ruy Weber, Gian Corrêa, Celso Almeida, Douglas Alonso e Henrique Araújo, entre outros.

Conheça o disco


facebook.com/pordosom

Maglore faz show de lançamento do álbum "III" no Auditório Ibirapuera dia 02 de agosto




 A apresentação contará  com a participação especial de Helio Flanders, do Vanguart, e Leonardo Marques, do Transmissor

A turnê de lançamento de III (Deck), do grupo baiano Maglore, aterrissa no Auditório Ibirapuera no dia 2 de agosto, domingo, às 19h. Canções que mesclam rock, MPB e pop, combinados com letras de apurado trabalho poético, são apresentadas pelo trio Teago Oliveira, na guitarra e voz, Felipe Dieder, na bateria e percussão, e o novo integrante Rodrigo Damatti, no baixo.

No show de lançamento, eles apresentam todo o repertório de III, bem como sucessos do segundo CD Vamos pra Rua. As participações especiais, que já são parcerias musicais consolidadas em shows e projetos anteriores, são o guitarrista da banda de indie rock Vanguart, Helio Flanders, com os seus teclado, guitarra, violão e voz, e Leonardo Marques, que pré-produziu o disco e faz parte de duas faixas, Tudo de Novo e O Sol chegou, com teclado, guitarra percussão ebacking vocal.  

O terceiro álbum de Maglore traz 11 músicas que chamam a atenção pela poesia das letras, compostas em sua maioria pelo guitarrista e cantor Teago. O baixista Rodrigo também colabora com composições, como Serena Noite e Tudo de NovoMantra, cujo videoclipe no Youtube já tem mais de 50 mil visualizações, é outro destaque pelo tratamento singelo e sensível que dá a questões introspectivas. Temáticas de amor também são frequentes, apresentadas com uma roupagem mais animada, como em Se Você Fosse Minha, ou nas românticas Dança Diferente e Aconteceu.

A entrada de Rodrigo no Maglore, bem como a saída do tecladista Léo Brandão, conferiu a formação de power trio ao grupo, trazendo novas possibilidades de instrumentação muito bem aproveitadas em III. Os arranjos garantem a coesão estética do disco, pré-produzido em um processo de imersão de duas semanas em uma fazenda no interior de São Paulo, e valorizam a simplicidade. As faixas foram gravadas ao vivo em fita de rolo, processo analógico que confere às músicas um tratamento diferenciado, escolha que reflete o cuidado artístico com o trabalho.

A banda Maglore surgiu em Salvador, em 2009, originalmente no formato de quarteto, com Léo Brandão no teclado e Nery Leal no baixo. Lançaram naquele ano o EP Cores ao Vento, e passaram a tocar em concursos e festivais baianos. O sucesso das canções levou à gravação do álbum Veroz, considerado uma revelação em 2011 pelo jornal O Globo e indicado ao Prêmio da Música Brasileira no ano seguinte. Os videoclipes de duas músicas de VerozA Sete Chaves eDemodê, entraram na programação dos canais MTV, Multishow e Play TV. O segundo projeto, Vamos pra Rua, foi lançado em 2013 e conta com participação especial de Carlinhos Brown e Wado.
Os integrantes da banda vieram para São Paulo em 2012, em busca da consolidação artística já alcançada na Bahia, e passaram a morar juntos, dando ao grupo uma unidade musical ainda mais rebuscada. Rodrigo, o novo integrante, adicionou ao trabalho desenhos melódicos no baixo, que chamam a atenção. “A entrada dele na banda foi muito natural, porque já tocava com o Felipe no Cerveja Café, que hoje não existe mais. Não o colocamos para suprir uma saída, ele praticamente já era da banda”, explica Teago. Sobre o disco novo, ele diz: “Escolhemos o nome III não só por ser o terceiro da nossa trajetória, mas também por termos nos tornado um trio. Passamos por um processo de transformação muito grande, e o número três tem uma relação cabalística com isso”.

SERVIÇO
Maglore – Lançamento do CD III  
Com Helio Flanders e Leonardo Marques
Dia 2 de agosto (domingo), às 19h
Duração: 90 minutos (aproximadamente)
Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia entrada)
Classificação indicativa: Livre.
Auditório Ibirapuera – Oscar Niemeyer
Capacidade: 800 lugares
Av. Pedro Alvares Cabral, s/n – Portão 2 do Parque do Ibirapuera
(Entrada para carros pelo Portão 3)
Fone: 11.3629-1075
info@auditorioibirapuera.com.br
www.auditorioibirapuera.com.br
Ar-condicionado. Acesso a deficientes. Proibido fumar no local.
Estacionamentos / Transporte:
Estacionamento do Parque Ibirapuera, sistema Zona Azul – R$ 5,00 por duas
horas. Dias úteis das 10h às 20h, sábados, domingos e feriados das 8h às 18h
Ônibus:
Linha 5154 – Terminal Sto Amaro / Estação da Luz
Linha 5630 – Terminal Grajaú / Metrô Bras
Linha 675N – Metrô Ana Rosa / Terminal Sto. Amaro
Linha 677A – Metrô Ana Rosa / Jardim Ângela
Linha 775C/10 – Jardim Maria Sampaio / Metrô Santa Cruz
Linha 775A/10 – Jd. Adalgiza / Metrô Vila Mariana
O Auditório Ibirapuera não possui estacionamento ou sistema de valet. O estacionamento do Parque Ibirapuera é Zona Azul e tem vagas limitadas. Sugerimos que venha de táxi ou transporte público
Horários da bilheteria:
Quinta-feira: das 11h às 20h
Sexta-feira e sábado: das 11h às 22h
Domingo: das 11h às 20h
Ingressos
Sistema Ingresso Rápido, pelo site www.ingressorapido.com.bre pontos de venda espalhados por todo o Brasil.
Formas de Pagamento: American Express, Visa, MasterCard, Dinners Club, Aura, Hipercard, Elo, Vale Cultura Sodexo e Vale Cultura Ticket, todos os cartões de débito e dinheiro. Não aceita cheques.
O serviço de reservas pelo site do Auditório está suspenso temporariamente para adequação ao aumento da demanda e melhor atendimento ao usuário.
Meia Entrada:
- Estudantes: apresentar na entrada Carteira de Identidade Estudantil.
- Professores da Rede Estadual, Aposentados e Idosos acima de 60 anos: apresentar RG e comprovante.
- Menores de 12 anos, acompanhados pelos pais, têm direito a 50% de desconto do valor da inteira, quando Censura Livre.

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Banda Monreal faz show de lançamento do seu primeiro CD





            A banda Monreal faz nesta quinta-feira (30), às 20h, no Teatro do Paiol, o show de lançamento do seu primeiro CD, “Um Por Todos”. Com dez músicas inéditas, o disco representa a consagração da banda curitibana no cenário do rock nacional. No ano passado, a Monreal foi a vencedora do festival de música autoral “Kaiser Geração Mundo Livre”, conquistando como prêmio a gravação do CD. 
            O ano de 2014 foi determinante para o crescimento da Monreal. Além da produção do primeiro disco, a banda gravou o primeiro clipe e integrou a lista dos 35 pré-selecionados para o Grammy Latino à categoria “Melhor Disco de Rock Brasileiro”. Como prêmio por vencer o “Kaiser Geração Mundo Livre”, a Monreal ganhou o direito de trabalhar com dois nomes conceituados no cenário musical nacional: o produtor musical Tom Saboia, que há mais de 20 anos vem produzindo e trabalhando com artistas como “O Rappa”, “NxZero”, entre outros, e Xandão, músico e guitarrista de “O Rappa”.
O álbum “Um Por Todos” conta com dez músicas inéditas. Foi gravado no estúdio Boom Sound Design, mixado por Tom Saboia e masterizado por Alex Wharton, no Abbey Road Studios. Integram a banda os músicosGabriel Sill (voz e guitarra), Gilberto “Lobão” (guitarra), Marcelo “Cobaia” (baixo) e Vina (bateria). A banda vem expandindo seus horizontes musicais na expectativa de mostrar seu potencial como uma grande banda de rock nacional.

Serviço:
Lançamento do CD “Um Por Todos”, da Banda Monreal
Local: Teatro do Paiol – Praça Guido Viaro, s/nº - Prado Velho
Data e horário: 30 de julho de 2015 (quinta-feira), às 20h
Ingresso: colaborativo (acima de R$ 10 ganha o CD)

Banda Monreal

Paiol será palco de encontro musical do Trio Quintina e convidados






            O Teatro do Paiol será palco, nesta sexta-feira (31), às 20h, de um encontro musical do Trio Quintina, de Curitiba, com os músicos e compositores Richard Serraria, de Porto Alegre, e Kleber Albuquerque, de São Paulo. O show faz parte do projeto “República Musical Federativa do Brasil” – iniciativa do Selo Sete Sóis que visa a conexão musical entre artistas de diferentes partes do país.
A ideia principal do projeto é mostrar ao público o trabalho autoral produzido pelos compositores numa grande apresentação, em que cada grupo tem seu momento individual, mas faz também um intercâmbio no palco com os demais artistas, como uma “big jam session”. Outros shows acontecerão nas cidades dos convidados.
Sobre os artistas - O Trio Quintina surgiu em 1997, formado pelos músicos Gabriel Schwartz, Gustavo Schwartz e Fabiano Silveira, e estreou nos palcos de Curitiba em 1998. Com o propósito de fazer música brasileira, misturando ritmos e timbres e criando novas sonoridades, o trio já realizou turnês pelo Brasil e por países como Alemanha, Espanha, França, Holanda, Suíça, Itália, Inglaterra, Uruguai, Argentina e Chile. O nome “Trio Quintina” significa cinco elementos musicais (violão, guitarra, flauta, percussão e voz) executados por apenas três músicos.
Richard Serraria é músico, compositor, poeta, ex-professor universitário e agitador cultural com atuação na cena de Porto Alegre (RS) há mais de 15 anos. Suas composições são uma síntese dos ritmos afro com a música dos pampas.  O músico vem realizando shows pelo Brasil, Uruguai e Argentina.
Kleber Albuquerque é de Santo André (SP) e lançou seu primeiro CD em 1997. Suas canções autorais são influenciadas pelas leituras de Fernando Pessoa, Jorge Luis Borges e Gabriel Garcia Marques, e pelas audições de bandas como Legião Urbana e Queen. Pelo selo Sete Sóis, em 2006 gravou o seu quarto CD, “Desvio”, que traz uma parceria inédita com Zeca Baleiro. Seu trabalho mais recente é “10 coisas que eu podia dizer no lugar de eu te amo”, sua nova coleção de canções brasileiras.

Serviço:
Trio Quitina convida Richard Serraria e Kleber Albuquerque
Local: Teatro do Paiol – Praça Guido Viaro, s/nº - Prado Velho
Data e horário: 31 de julho de 2015 (sexta-feira), às 20h
Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada)

Ficha Técnica:
Gabriel Schwartz - Flauta, sax, percussão e voz
Gustavo Schwartz - Guitarra, cavaquinho, percussão e voz
Fabiano Silveira “O Tiziu” - Violão 7 cordas e voz
Richard Serraria – Violão e sopapinho (tambor de mão)
Kleber Albuquerque – Voz, violão, cavaquinho, computador
Josi Forbeci - Produtora


FIM DE SEMANA NO SOVIET COM DUAS FESTAS





 
As festas High Voltage e Cafeína animam o fim de semana do Soviet, casa alternativa do Grupo Taco. Na sexta-feira (31/7), a High Voltage conta com discotecagem de DaniDall, Duda Rezende, Fefo e Pedrô a partir das 23h, com muito pop, EDM e R&B. A noite tem double de Smirnoff e José Cuervo até as 2h e Heineken 600ml por R$ 9,90 a noite toda. A entrada é R$ 20 sem lista ou R$ 15 com lista amiga (até 1h).
 
Já no sábado (1/8) a Cafeína conta com os DJs Dimis, Fefo, Pedrô e Vitor Cruz. A noite começa às 23h e tem EDM, pop e R&B, com a promoção de double Smirnoff e José Cuervo double até 1h. A entrada é R$ 25 sem lista ou R$ 20 masculino e R$ 15 feminino com lista amiga (até 1h). Para incluir o nome na lista, basta acessar o Soviet App (disponível para Android e iOS) e seguir as indicações.
 
 
SOVIET
 
FESTA: High Voltage
DATA: Sexta-feira, 31 de julho
HORÁRIO: 23h
ENTRADAA: R$ 15 até as 1h com nome na lista amiga do Soviet App ou R$ 20 (a noite toda e sem nome na lista).
 
FESTA: Cafeína
DATA: Sábado, 1 de agosto
HORÁRIO: 23h
ENTRADAS: R$ 15 (feminino) e R$ 20 (masculino) até as 1h com nome na lista amiga do Soviet App ou R$ 25 (a noite toda e sem nome na lista)
 
ENDEREÇO: R. Bispo Dom José, 2277 - Batel, Curitiba, PR.
 

Luciana Mello prepara projeto de samba






Cantora comemora 30 anos de carreira realizando sonho de Jair Rodrigues

Luciana Mello comemora 30 anos de carreira, contados a partir de sua primeira gravação, da música “O Filho do seu Menino”, do LP “Luzes do Prazer”, de seu pai Jair Rodrigues. Para marcar a data ela realiza um desejo, que também era o sonho de seu pai; que fizesse um álbum exclusivamente de samba. “Em minha memória musical, o samba sempre foi uma presença constante. Acreditando na dica que meu pai sempre me dava com aquela voz incomparável, ‘Minha filha, no dia que você gravar um sambão mesmo, você vai arrebentar a boca do balão!’, decidi gravar um disco com minha visão do que é o samba, do que ele representa na minha formação artística e na minha vida”, explica.

Ela e o produtor Walmir Borges (Samba de Rainha, Jeito Moleque, Simoninha e outros) estão escolhendo repertório e em breve entrarão em estúdio.

Para viabilizar o projeto, há uma campanha para a pré-venda do CD na plataforma de financiamento coletivo Kickante. Os fãs que quiserem participar podem colaborar com quantias a partir de R$25 (para receber o novo CD) até R$ 20.000 (pocket show em casa, sem venda de ingresso). Entre as opções, estão também CD autografado, camiseta, vídeo de agradecimento, par de ingressos para show de lançamento com acesso exclusivo ao camarim, audição do disco em primeira mão no estúdio e muito mais.


CAIXA CULTURAL CURITIBA APRESENTA CANTORA JUSSARA SILVEIRA NO PROJETO SAMBA DE BAMBA





VERSATILIDADE DE JUSSARA SILVEIRA É ATRAÇÃO NA CAIXA CULTURAL CURITIBA

Cantora mineira com sotaque baiano apresenta show no projeto Samba de Bamba no dia 4 de agosto

A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, como atração do projeto Samba de Bamba, a cantora Jussara Silveira. Nascida em Minas Gerais e criada na cidade baiana de Salvador, ela vem à capital paranaense no dia 4 de agosto (terça-feira) com o show A Ordem é Samba – A Nova Velha Guarda do Samba da Bahia.

Acompanhada pelo percussionista e baterista Marcelo Costa – produtor de três dos seus discos – e pelo violonista Muri Costa, Jussara escolheu o repertório a partir de sua própria discografia, com sambas que gravou ao longo de sua carreira ou cantou em shows. Esses faixas formam uma unidade que percorre composições desde Assis Valente a jovens autores como Tiganá Santana, Moreno Veloso, J. Velloso e Paquito, passando por Roque Ferreira, Batatinha e por Dorival Caymmi. Deste último, o destaque é o samba Lá Vem a Baiana, gravado por ela no premiado álbum Canções de Caymmi e que faz parte da trilha do filme hollywoodiano Separados pelo Casamento, com Jennifer Aniston e Vince Vaughn no elenco

A partir do disco Canções de Caymmi, a cantora faz uma sutil ligação entre registros anteriores e sonoridades posteriores, mantendo a ponte entre nosso passado e nosso futuro, preservando os elementos utilizados por compositores de cada época, como a caixa de fósforos de Batatinha, ou o prato de Dona Edith, dando lastro ao seu canto. Apaixonada por canções e com um timbre de voz que se molda a diferentes circunstâncias, sabe ser vigorosa ou cool, unindo leveza e densidade.

Estreando como cantora em 1989 e com inúmeras parcerias como Nana Caymmi, Maria Bethânia, Alcione, Rita Ribeiro e Teresa Cristina,Jussara Silveira, entre muitos outros, tem se apresentado nas mais importantes casas de shows do Brasil e do exterior.

Samba de Bamba
Em sua terceira temporada, o projeto Samba de Bamba tem a proposta de mostrar ao público que o ritmo brasileiro transcendeu as fronteiras de rodas de samba do Rio de Janeiro. “Se por um lado, o recorte temporal se dá a partir das novas vozes reveladas na revitalização musical da Lapa carioca, por outro é importante observar que seus representantes estão espalhados por todo o país”, explica o coordenador e curador Rodrigo Browne.

O formato é semelhante ao programa de mesmo nome, que Browne comanda há 19 anos na rádio E-Paraná FM. Durante a transmissão, os convidados comentam a escolha de seus sambas prediletos. No palco, cada artista faz o mesmo, contando o porquê de suas escolhas, bem como suas influências.


Serviço:
Música: Samba de Bamba apresenta Zé da Guiomar
Local:CAIXA Cultural Curitiba, Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)
Data: 4 de agosto de 2015, terça-feira
Horário: 20h
Ingressos: vendas a partir de 01 de agosto (sábado). R$ 10 e R$ 5 (meia – conforme legislação e correntistas que pagarem com cartão de débito CAIXA. A compra pode ser feita com o cartão vale-cultura)
Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sábado, das 12h às 20h, e domingo, das 16h às 19h)
Classificação etária: livre para todos os públicos
Lotação máxima: 125 lugares (2 para cadeirantes)

Espetáculo "Palhaços" entra em última semana no Teatro José Maria Santos




Disfarçado de comédia, espetáculo debate escolhas e questiona papel da arte

A montagem "Palhaços", dirigida pela curitibana Mariana Zanette, ganha suas últimas apresentações nesta semana. O espetáculo que se passa no camarim de um circo está em cartaz no Teatro José Maria Santos de quinta-feira a domingo.

A peça é baseada no texto homônimo publicado em 1974 pelo brasileiro Timochenco Wehbi (1943-1986) e conta o encontro de um fã com seu ídolo. O ingênuo vendedor de sapatos Benvindo, ao visitar o palhaço Careta, inicia um instigante diálogo sobre escolhas e expectativas.

Se por um lado o nome da peça pode criar a falsa ideia de se tratar de um texto dedicado ao riso, por outro coloca logo de início os dois protagonistas no mesmo time e escancara a condição de ambos. Benvindo (Rogério Soares) é um dedicado vendedor de sapatos cuja grande meta na vida é ser promovido a gerente do estabelecimento onde trabalha. Apesar de ter alimentado o sonho de tornar-se palhaço e fugir com o circo quando criança, acabou desistindo da ideia após ser repreendido pelo pai.

Com a passagem de Careta (Andrew Knoll) pela cidade de interior onde mora, o vendedor resolve fazer uma visita ao camarim a fim de parabenizar seu ídolo. Na conversa que inicia banal, os personagens vão aos poucos revelando segredos que, como num jogo, os conduzem a um psicodrama.

"Palhaços" conta com a chancela d'A Fantástica Cia. de Teatro e produção da Santa Produção. A montagem tem ainda os artistas circenses Marina Prado e Matias Danoso, além dos músicos Evandro Cardoso (gaita-ponto e percussão) e Marcela Zanette (flautas, sax e percussão), responsáveis pela trilha sonora ao vivo.

O autor
Timochenco Wehbi nasceu em Presidente Prudente (SP) em 1943 e fez carreira em São Paulo a partir da década de 60. Professor, dramaturgo e sociólogo, participou ativamente do desenvolvimento do teatro no ABC paulista nos anos 60 e 70. Além de “Palhaços” (1974), escreveu outros destaques do teatro brasileiro, como “A Vinda do Messias” (1970), “A Dama de Copas e o Rei de Cuba” (1973) e “Curto-Circuito” (1987). Seus densos personagens comumente vêm-se surpreendidos em momentos de solidão e impotência frente à realidade.

Serviço:
Teatro - "Palhaços"

Data: 29 de julho a 02 de agosto
Hora: de quinta a sábado às 20h. Domingo às 19h
Local: Teatro José Maria Santos - R. Treze de Maio, 655 - São Francisco, Curitiba - PR
Informações: (41) 3324-8208
Ingressos: R$ 20, R$ 15 (com flyer) e R$ 10 (meia)
Lotação máxima: 177 lugares

Ficha técnica:Texto: Timochenco Wehbi
Direção: Mariana Zanette
Elenco: Rogério Soares e Andrew Knoll (atores), Marina Prado e Matias Danoso (artistas circenses), Marcela Zanette e Evandro Cardoso (músicos)
Luz: Wagner Correa
Cenário: Aorelio Domingues
Figurino: Mariana Zanette e Augusta Zanette
Produção: Santa Produção
Maquiagem: Lilian Marchiori

CAIXA CULTURAL CURITIBA APRESENTA CENA HQ: LEITURA CÊNICA DE "KLAUS"





VIVENDO ENTRE BICHOS, ADOLESCENTE REVELA CONFLITOS EM LEITURA NA CAIXA CULTURAL CURITIBA

Quadrinho Klaus, de Felipe Nunes, é obra escolhida para edição de agosto do projeto Cena HQ

A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, no dia 05 de agosto (quarta-feira), a leitura cênica do quadrinho Klaus, do jovem autor Felipe Nunes. Depois da apresentação, que faz parte do projeto Cena HQ, o público poderá participar de um bate-papo com o quadrinista, o elenco de atores e a diretora Talita Neves.

Klaus é um garoto de 14 anos que, como é comum na idade, sente-se diferente dos demais, briga com os pais e sofre bullying no colégio. Entretanto, no caso do personagem da história, ele é o único humano vivendo em meio a animais. Seus pais são um casal de tigres; seus colegas, um coala, um elefante, um cão e uma tartaruga. Não bastasse esse detalhe, ele precisa lidar com a passagem da adolescência para a vida adulta enquanto descobre que suas diferenças em relação aos outros não são meramente um acaso, mas algo estranhamente oculto.

Em mais de 100 páginas, o livro apresenta a metáfora de um jovem em busca da verdade em sua vida. Este é a primeira graphic novel do autor de 19 anos. Felipe Nunes criou Klaus em 2013 e lançou o trabalho no ano seguinte. Nunes é quadrinista e ilustrador que, apesar da pouca idade, desde 2010 é colaborador de revistas e publicações de circulação nacional.

Cena HQ
Recém-indicado ao Troféu HQ Mix 2015 na categoria produção para outras linguagens, o projeto Cena HQ segue a proposta de ler em cena obras publicadas originalmente em quadrinhos. O evento é uma parceria entre a Cia Vigor Mortis e a Quadrinhofilia, com curadoria dos autores feita pelo quadrinhista José Aguiar e escolha dos encenadores pelo diretor Paulo Biscaia Filho. Cada leitura é seguida por um debate envolvendo público, autores, diretor e atores. No ano passado, a iniciativa já havia sido premiada com o Troféu HQ Mix na mesma categoria em que concorre agora.


Serviço:
Leitura: Cena HQ – Klaus, de Felipe Nunes
Local: CAIXA Cultural Curitiba, Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Centro – Curitiba (PR)
Data: 5 de agosto de 2015 (quarta-feira)
Horário: 20h
Ingressos: entrada franca. Retirada de ingressos a partir das 19h do dia da apresentação.
Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sábado, das 12h às 20h, e domingo, das 16h às 19h)
Classificação etária: não recomendado para menores de 14 anos
Lotação máxima: 125 lugares (2 para cadeirantes)


Jota Quest lança “Funky Funky Boom Boom” em vinil



 
Lançado em 2013, o álbum “Funky Funky Boom Boom” (Sony Music), do Jota Quest, apresenta músicas dançantes com forte pegada funk. Produzido pelo norte-americano Jerry Barnes (Chic, Aretha Franklin, Stevie Wonder), com faixas co-produzidas por Adriano Cintra (ex-CSS, Madrid) e Pretinho da Serrinha (Trio Preto+1, Seu Jorge), o projeto teve quatro hits; “Mandou Bem” https://www.youtube.com/watch?v=ppdkWi0613c, com participação especial do papa da disco music Nile Rodgers (Madonna, David Bowie, Mick Jagger, Duran Duran e atual co-produtor do Daft Punk), “Waiting For You”, “Dentro de um Abraço” e “Reggae Town”, com participação da banda Natiruts.

“Funky Funky Boom Boom” recebeu disco de ouro pelas mais de 50.000 cópias vendidas e sua turnê teve mais de 150 shows. Enquanto os mineiros preparam seu sucessor, “Funky Funky Boom Boom” ganha sua versão em vinil duplo. Com um título que, de alguma forma, refere-se ao ‘funky-funky’ da agulha de um toca-discos riscando o vinil antes do ‘boom-boom’ da batida, por fim o álbum chega às lojas nesse formato no início de agosto.

Mais informações: www.jotaquest.com.br


terça-feira, 28 de julho de 2015

PROGRAMAÇÃO DA SEMANA DE 29 DE JULHO A 1º DE AGOSTO



PROGRAMAÇÃO DA SEMANA
DE 29 DE JULHO A 1º DE AGOSTO


QUARTA 29.jul: 22h
DJs residentes Ale Dantas, Claudinha Bukowski e Pablo Busetti.
DJs convidados Edwy e Samuel.
DOUBLE DRINK de destilados nacionais, até 0h.
50% DE DESCONTO na entrada, até 23h.
R$ 15.
QUINTA 30.jul: 22h
DJs Jeff Oliveira (RJ), Will Araujo e Tati Correa.
PROMOs pelo evento da festa, no Facebook.
R$ 20.
SEXTA 31.jul: 22h
DJs residentes Ale Dantas e Claudinha Bukowski.
DJ convidada Renata Worst.
DOUBLE SCREWDRIVER até 0h.
DOUBLE DESPERADOS, entre 0h e 3h.
RODADAS SHOTS DE TEQUILA El Jimador, no balcão, ao longo da noite.
50% DE DESCONTO até 0h.
R$ 24.
SÁBADO 1º.ago: 22h
DJs residentes Ale Dantas, Celso Ferreira e Denis Pedroso.
SORTEIO DE VIPS + DRINKS na fanpage do Facebook, ao longo da semana.
DOUBLE VODKA COM ENERGÉTICO entre 22h e 0h.
DEGUSTAÇÃO DE DRINKS ao longo de toda a noite.
R$ 30.
* Todas as infos e releases sobre nossa programação estão disponíveis em nosso site www.barjames.com.br.
*PROGRAMAÇÃO SUJEITA A ALTERAÇÃO SEM AVISO PRÉVIO.



Av. Vicente Machado, 894. Curitiba/PR. (41) 3222-1426. Formas de pagamento: Todos os cartões de débito e crédito Amex, Diners, Master, Visa e Visa Vale-Refeição.