segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

NOVA EDIÇÃO DA OFICINA DE MÚSICA RECEBE PATROCÍNIO DA CAIXA



A 33ª edição do evento que movimenta a cidade no mês de janeiro tem início no dia 8 com concerto de abertura regido pelo maestro Cláudio Cruz 
A CAIXA patrocina a Oficina de Música de Curitiba, um dos mais tradicionais eventos culturais da cidade, que chega a sua 33ª edição com 79 cursos e uma programação diversificada de concertos, entre 8 e 28 de janeiro. 
Este ano, a sede da programação de Música Erudita e Antiga será a UTFPR – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, que vai abrigar 46 cursos, em um total de 60 classes. Pelo local circularão 64 professores, assistentes e pianistas, sendo 42 profissionais brasileiros e 22 estrangeiros, vindos dos Estados Unidos, Canadá, Portugal, Alemanha, Polônia, Inglaterra, França, Itália, Rússia, Estônia, Argentina, Chile, Israel e Japão. Os 33 cursos de Música Popular Brasileira serão desenvolvidos nas dependências da PUC – Pontifícia Universidade Católica do Paraná. 
Entre as novidades desta edição, está a mudança na direção das atividades de Música Erudita, a cargo do maestro e violinista Cláudio Cruz – a função era exercida nos últimos anos pelo maestro Osvaldo Ferreira. Regente e diretor musical da Orquestra Jovem do Estado de São Paulo e spalla da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (OSESP), Cláudio Cruz tocou pelo mundo todo e empenha-se na formação de jovens músicos. Rodolfo Richter continua respondendo pela Música Antiga, da mesma forma que a direção de Música Popular Brasileira permanece com Sérgio Albach e Glauco Sölter, sob o comando geral de Janete Andrade.
Cláudio Cruz será o regente do concerto de abertura do evento, à frente da Orquestra de Câmara de Curitiba. O espetáculo acontece às 20h30 do dia 8 de janeiro de 2015, no Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto do Teatro Guaíra, tendo como solistas o jovem pianista japonês Atsushi Imada, uma das revelações no atual cenário da música internacional, e o paranaense Fernando Dissenha, que desde 1997 é trompete solo da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (OSESP).
Reconhecimento:
A seriedade e a importância da Oficina de Música de Curitiba são reconhecidas internacionalmente, sendo que os professores que vêm de outros países atuam em instituições renomadas, como Royal Academy e Guildhall School (Inglaterra), Juilliard School of Music (EUA) e Schola Cantorum Basilensis (Suíça). As principais instituições de música no Brasil também estão ligadas ao corpo docente, entre elas a Orquestra Sinfônica do Paraná, Escola de Música e Belas Artes do Paraná – Embap, Theatro Municipal de São Paulo, Teatro Municipal do Rio de Janeiro e OSESP – Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo. Além disso, foram firmados convênios com o Instituto Goethe de Curitiba e o Consulado da República da Polônia.
Serviço:
33ª Oficina de Música de Curitiba
Data: de 8 a 28 de janeiro de 2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário