sábado, 29 de novembro de 2014

Projeto Circulando encerra temporada 2014 com convidados especiais



Arnaldo Machado e Érico Leão, Cantores da Angola e Luiz Rettamozo se apresentam na terça-feira (2), a partir das 19h30, no TUC

Uma apresentação especial do projeto Paz de Usinas e dos Cantores de Angola marca o encerramento da temporada 2014 do projeto “Circulando”, na próxima terça-feira (2), no TUC. A noite ainda reserva a performance poética “Condomínio da Palavra com o poeta multimídia Luiz Rettamozo. As apresentações começam às 19h30 e a entrada é gratuita. Desde o início do “Circulando”, em junho deste ano, 46 artistas de rua e de diferentes regionais já se apresentaram para mais de 1200 pessoas nos palcos do TUC, do Cleon Jacques no Parque São Lourenço e no Auditório Antonio Carlos Kraide no Portão Cultural.

Para Crizanto Westphalen, idealizador do projeto e coordenador de regionais da Fundação Cultural de Curitiba, o objetivo da ação é oferecer espaços estruturados para a divulgação do trabalho realizado pelos artistas nas regionais. “Muitos destes artistas já são reconhecidos em suas comunidades, mas nunca tiveram a possibilidade de tocar em um palco com recursos técnicos. É importante para cidade reconhecer seus artistas de rua e ajudar na divulgação de seu trabalho’’, explica.

Cantores de Angola

O grupo coral " Cantores De Angola" é constituído por 9 jovens universitários de nacionalidade Angolana, todos deficientes visuais, na facha etária de 20 à 28 anos. Refugiados da guerra civil que assolou o seu país por mais de três décadas, da qual são vítimas, os jovens residem no Brasil, na cidade de Curitiba, estado do Paraná. O coral foi criado um ano após a chegada dos jovens ao Brasil, com o objetivo de difundir a cultura musical africana. O repertório do grupo é composto por músicas do folclore africano - cantadas nos dialetos regionais, músicas de autoria própria do grupo - cantadas em português e músicas brasileiras.

Paz de Usinas

Idealizado por Arnaldo Machado, o projeto Paz de Usinas existe desde 1990 para veicular criações e produtos poético-musicais de Arnaldo Machado e seus convidados. O artista é letrista e vocalista do grupo musical Opinião Pública, hoje chamada Opinião Primata, que existe desde 1983.

"Condomínio da palavra"
Nas palavras de Luiz Rettamozo, um dos parceiros de Tim Maia, Paulo Leminski, Blindagem e Ivo Rodrigues, Condomínio da palavra são poemas cantarolados entre a música e a poesia. “São coisias. Coisas poesias”, diz Reta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário