quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Professores e alunos comandam espetáculos nesta quinta-feira





O Choro, um dos mais representativos gêneros da MPB, revela sua atualidade no espetáculo que acontece às 21h desta quinta-feira (23), no Teatro da Reitoria da UFPR. Sobem ao palco Izaías Bueno de Almeida (bandolim), Israel Bueno de Almeida (violão 7 cordas) e Benjamim Taubkin (piano) – professores da 32ª Oficina de Música de Curitiba e integrantes do grupo Moderna Tradição – , que convidam Joatan Nascimento (trompete), Rafael Toledo (pandeiro) e Amoy Ribas (percussão), igualmente professores da Oficina, para um encontro musical memorável.
O programa terá duas partes, contando com obras de grandes nomes da nossa música. Na primeira delas, os instrumentistas interpretam “Proezas de Solon” (Pixinguinha), “Vibrações” (Jacob do Bandolim), “Lamento do Morro” (Garoto), “Eu quero é sossego” (K-Ximbinho) e “Cheguei” (Pixinguinha). Depois, o público apreciará uma Roda de Choro, vitrine do virtuosismo e capacidade de improvisação dos músicos.
O grupo Moderna Tradição, originalmente formado por Benjamim Taubkin, Izaías Bueno de Almeida, Israel Bueno de Almeida, Guello (percussão) e Lula Alencar (acordeom), tem como objetivo mostrar a sonoridade contemporânea do Choro, executando obras escritas há mais de 50 anos em novos arranjos. Dessa forma, o Choro, que atravessou o século XX marcando presença, mostra a razão de ter servido de inspiração a diversos compositores eruditos brasileiros e estrangeiros.

A vez dos alunos – O trabalho desenvolvido nas salas de aula da fase de MPB da 32ª Oficina de Música de Curitiba pode ser conferido nos shows com alunos e professores. O primeiro está marcado para esta quinta-feira (23), a partir das 16h30, no Teatro do Paiol. Vão se apresentar os conjuntos de choro dos professores Milton de Mori, Izaías Bueno e Israel Bueno. Estão previstas também apresentações de trompete, guitarra e canto, dos professores Joatan Nascimento, Daniel Sá e Zé Luiz Mazziotti. Às 19h haverá show do conjunto vocal formado por alunos de Mônica Waghabi.
Outra atração da quinta-feira é o show de lançamento do box triplo “3 Ciclos”, comemorativo dos 15 anos do Trio Quintina. O grupo é formado por Gabriel Schwartz (flauta transversal, sax, voz e percussão), Tiziu (voz e violão de 7 cordas) e Gustavo Schwartz (guitarra, cavaquinho e voz). O espetáculo gratuito acontece às 19h, no Centro Cultural Sesi Heitor Stockler de França.

Apoios – Para realizar a Oficina de Música, a Prefeitura e a Fundação Cultural de Curitiba (FCC), por meio do Instituto Curitiba de Arte e Cultura (ICAC), contam com o apoio das seguintes instituições: Faculdade de Educação Superior do Paraná (FESP), Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Birmingham Conservatoire / City University, Embaixada de Portugal no Brasil, Camões Instituto da Cooperação e da Língua no Brasil, Catedral Basílica Menor de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, Centro Cultural Teatro Guaíra, Comunidade do Redentor, Consulado Geral da República da Polônia em Curitiba, Consulado Geral da França em São Paulo, E-Paraná, Família Farinha, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP), Escola de Música e Belas Artes do Paraná (Embap), Faculdade de Artes do Paraná (FAP), Goethe Institut Curitiba, Gramophone, Secretaria de Estado da Cultura, SESC Paço da Liberdade, SESI - Serviço Social da Indústria e UFPR/Pró-Reitoria de Extensão e Cultura.  

Serviço:
32ª Oficina de Música de Curitiba
Apresentações de 23 de janeiro de 2014 (quinta-feira).
Às 16h30 – apresentações de alunos de conjunto de choro, trompete, guitarra, canto e conjunto vocal, no Teatro do Paiol (Praça Guido Viaro, s/nº - Prado Velho). Entrada franca.
Às 19h – show comemorativo dos 15 anos do Trio Quintina, no Centro Cultural Sesi Heitor Stockler de França (Av. Marechal Floriano, 458 – Centro). Entrada franca.
Às 21h – show de choro com Izaías Bueno de Almeida (bandolim), Israel Bueno de Almeida (violão 7 cordas) e Benjamim Taubkin (piano), integrantes do grupo Moderna Tradição, ao lado de Joatan Nascimento (trompete), Rafael Toledo (pandeiro) e Amoy Ribas (percussão), todos professores da Oficina de Música, no Teatro da Reitoria da UFPR (Rua 15 de novembro, 1.299). Ingressos: R$ 30 e R$ 15 (meia-entrada).




Nenhum comentário:

Postar um comentário