segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Shadowside: “Ninguém escutava Dio porque ele era bonito. Basear carreira na beleza é muito perigoso”, diz vocalista





Dani Nolden, vocalista da Shadowside, uma das principais bandas brasileiras de heavy metal da atualidade, mais uma vez, concedeu interessante entrevista comentando sobre o heavy metal no Brasil, as turnês com W.A.S.P., Helloween e Gamma Ray, o sucesso do álbum “Inner Monster Out”, a produção de um novo disco e a polêmica questão beleza x talento.
 
Dani Nolden é considerada uma das divas do heavy metal, mas prefere ser reconhecida pelo seu talento – foto: Irisbel Mello
 
Dani Nolden, vocalista da Shadowside, uma das principais bandas brasileiras de heavy metal da atualidade, é sempre requisitada para entrevistas devido a suas declarações fortes, lúcidas, coerentes e de vanguarda.
 
Em recente entrevista ao portal da Agencia Yaih, a cantora questionou muito a posição de algumas artistas em querer focar a carreira musical na sensualidade e se esquecer da música. “Ninguém escutava Dio porque ele era bonito. É isso que as meninas precisam almejar. Conquistar fãs pelas suas vozes, pelos seus instrumentos, não pelo rostinho bonito ou pelos dotes físicos. Não há nada de errado com ser bonita e vaidosa, mas é algo extremamente perigoso basear a carreira nisso”, declarou a artista.
 
Dani Nolden também comentou que nunca sofreu qualquer tipo de discriminação sobre mulheres no cenário do heavy metal, evidenciou a sua gratidão pelo W.A.S.P. ter aberto as portas para a Shadowside atingir o grande público europeu e relembrou os momentos mágicos durante a mais recente turnê ao lado de Helloween e Gamma Ray pelo Velho Continente. Ela também falou sobre o sucesso do álbum “Inner Monster Out”, a produção de um novo disco que pode vir a ser gravado no ano que vem, novamente sob a responsabilidade de Fredrik Nordstrom.
 
 
Links relacionados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário