terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Ritmos populares e um cortejo à alegria fazem o Baile da Oficina




Apesar do palco montado com instrumentos, fitas e luzes em tons de azul e rosa, à espera de uma tal Balada do Tambor começar, o salão estava vazio. Às 23h, eram poucos os circulavam pela Sociedade 13 de Maio. Quem aparecia, ia ao encontro do DJ Wellighton Marcio para dar uma olhadinha em sua bela coleção de vinis que, até então, fazia o som da festa. Clara Nunes, Bezerra da Silva, Jair Rodrigues e sambas partido alto esquentavam o clima. À meia-noite, porém, os quatro subiram ao palco e, como em um passe de mágica, o salão foi tomado por um público animado. Começava, assim, o Baile da Oficina de Música com o grupo Mundaréu.

Do palco, Itaercio Rocha, Thayana Barbosa, Roseane Santos e Carlos Ferraz tocavam cocos, maracatus, congadas e cirandas que fizeram todo mundo dançar. Até mesmo os alunos estrangeiros da Oficina, que nunca haviam experimentado aquelas sonoridades, não resistiam às batidas do tambor e, depois de arriscar uns passos aqui e ali, já tinham até coreografia ensaiada. O baile estava feito.

Além de celebrar os quase 20 dias de Oficina em grande estilo, o Mundaréu também comemorava naquela noite 15 anos de história. Com cantorias, bonecos, bordados, batucadas e baladas, o grupo trouxe para Curitiba, suas ruas e teatros, o melhor das festas populares brasileiras. E, abrindo espaço para essas manifestações tão importantes à cultura nacional, convidam também a todos a cortejar o espírito destas, que é de pura alegria. A fase popular da Oficina não poderia ficar sem essa participação.

Nessa terça-feira (29), mais uma festa oficial da Oficina de Música ocorre na Sociedade 13 de Maio. As bandas Homem Canibal, Trio Quintina e Regra 4 serão a responsáveis pelo encerramento do evento. A apresentação está marcada para as 23h, sendo que a bilheteria passa a funcionar uma hora antes. Ingressos a R$10 e alunos da Oficina com crachá e documento de identificação não pagam entrada.

A 31ª Oficina de Música de Curitiba é uma realização do Instituto Curitiba de Arte e Cultura, Fundação Cultural e Prefeitura de Curitiba, Governo do Estado do Paraná, Ministério da Cultura e Governo Federal, com o patrocínio da Petrobras e da Sanepar, por meio da Lei de Incentivo à Cultura. A 31ª edição conta ainda com o apoio cultural das seguintes instituições: Ano Brasil Portugal, Casa da Música de Portugal, Centro Cultural Teatro Guaíra, Conservatório de Lyon, Consulado Geral da República da Polônia em Curitiba, Escola de Música e Belas Artes do Paraná, Faculdade de Artes do Paraná, Família Farinha, Goethe-Institut Curitiba, Jasmine Alimentos, Musicamera Produções, Orquestra Filarmônica de São Petesburgo, Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da Universidade Federal do Paraná, Rádio e Televisão Educativa do Paraná – É-Paraná, Sistema Fecomércio Sesc Senac Paraná e Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

Serviço
31ª Oficina de Música de Curitiba
Festa de Encerramento da 31ª Oficina de Música
Local: Sociedade 13 de Maio – Rua Desembargador Clotário Portugal, 274 – São Francisco
Data e horário: 29 de janeiro de 2013 (terça-feira), às 23h
Ingressos: R$10

Nenhum comentário:

Postar um comentário