sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Oficina de Música tem espetáculo com temas étnicos







Músicas que integram a cultura de diferentes regiões do mundo, como Israel, Síria, Geórgia, Hungria, Estados Unidos, Noruega, Finlândia, Lituânia, Grécia, Madagascar, Costa do Marfim, Romênia, Ucrânia, Marrocos, Rajastão, Bulgária, África do Sul e Brasil compõem o repertório que o Grupo Omundô apresenta às 19h desta sexta-feira (11), no Teatro do Paiol.

A celebração sonora que promete encantar a plateia faz parte da agenda de espetáculos da 31ª Oficina de Música de Curitiba, realizada pela Prefeitura Municipal e Fundação Cultural de Curitiba. A programação completa da Oficina de Música está no site www.oficinademusica.org.br .

O Grupo Omundô é o desdobramento do Projeto Música dos Povos, uma iniciativa dos professores da FAP – Faculdade de Artes do Paraná, Plinio Silva e Liane Guariente, junto à comunidade acadêmica de todos os cursos ofertados pela instituição. Desde 2003, o Música dos Povos desenvolve intenso trabalho de levantamento, transcrição e execução de temas tradicionais, vocais e instrumentais das mais variadas regiões do planeta.

Criado em 2007, o Omundô tem como meta fomentar entre os participantes – muitos deles oriundos de outras partes do Brasil, e que possuem experiências e vivências musicais distintas – a pesquisa e a prática, por meio de releitura e arranjos próprios, de um repertório singular. O grupo acumula apresentações por todo o país e possui CDs que registram parte do material pesquisado.

Plinio Silva responde pela direção instrumental e geral, ficando a cargo de Karla Izidro e Natália Bermudez o comando do grupo vocal, sendo que os arranjos são feitos com a participação dos integrantes, em uma espécie de laboratório. O Omundô tem formação variável, com perto de 35 músicos, entre instrumentistas e cantores.



A 31ª Oficina de Música de Curitiba é uma realização do Instituto Curitiba de Arte e Cultura, Fundação Cultural e Prefeitura de Curitiba, Governo do Estado do Paraná, Ministério da Cultura e Governo Federal, com o patrocínio da Petrobras e da Sanepar, por meio da Lei de Incentivo à Cultura. A 31ª edição conta ainda com o apoio cultural das seguintes instituições: Ano Brasil Portugal, Casa da Música de Portugal, Centro Cultural Teatro Guaíra, Conservatório de Lyon, Consulado Geral da República da Polônia em Curitiba, Escola de Música e Belas Artes do Paraná, Faculdade de Artes do Paraná, Família Farinha, Goethe-Institut Curitiba, Jasmine Alimentos, Musicamera Produções, Orquestra Filarmônica de São Petesburgo, Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da Universidade Federal do Paraná, Rádio e Televisão Educativa do Paraná – E-Paraná, Sistema Fecomércio Sesc Senac Paraná e Universidade Tecnológica Federal do Paraná.



Serviço:

31ª Oficina de Música de Curitiba

Apresentação do Grupo Omundô, sob a direção geral de Plinio Silva.

Data e horário: 11 de janeiro de 2013 (sexta-feira), às 19h.

Local: Teatro do Paiol (Praça Guido Viaro, s/n – Prado Velho)

Ingressos: R$ 20 e R$ 10.

Nenhum comentário:

Postar um comentário