sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Madhava É a Voz de uma Nova Geração?






por Vyenkata Bhatta Dasa



Kirtaniya se destaca mundialmente, não apenas por seu talento como musicista, mas por uma maturidade espiritual quase inegável.

 


Vendo um grande tufo de cabelo dreadlock brotando do meio de sua cabeça raspada, um cavanhaque modelado e vários piercings e tatuagens, você espera que Madhava Dasa seja mais um roqueiro do que um cantor Hare Krsna. Até, é claro, que ele feche seus olhos, abra sua boca e comece a cantar. Antes que ele termine até mesmo um mantra completo, bem, ele te arrebata. E uma vez que você esteja repetindo o refrão, você é dele – até os ossos. Se você tinha algum plano para as próximas horas, cancele-os e tenha seu encontro com os santos nomes de Krsna.



Bem-vindo ao um kirtana ao estilo Madhava.



Natural de Mauritius, Madhava – nascido Joy Naidoo – mudou-se para Vrndavana aos 18 anos. Lá, passou todos os dias dos próximos sete anos participando de kirtanas com o Krsna Balarama 24 Hour Kirtan Mandali, sob a direção do lendário cantor Hare Krsna Aindra Dasa. Hoje, casado e vivendo na Suíça, Madhava lidera um grupo eclético de devotos musicistas chamado Gaura Prema Bhajan Band. Seu programa Mantra Dance, uma experiência de kirtana multimídia, é realizado no templo da ISKCON aos domingos e em outros locais mediante agendamento.




Considerando que ele é muito conhecido pela longa duração de seus bhajans – ele canta uma mesma melodia por horas – e considerando que sua voz é frequentemente comparada à seda, a popularidade de Madhava não surpreende. O que é notável, entretanto, é a velocidade e a força com que sua fama se dissemina.



Atualmente, se você der consigo em uma conversa sobre kirtana, espere que o nome de Madhava apareça mais de uma vez. Inspecione o aparelho MP3 de seu amigo aficionado por kirtana e há grande chance de que você se deparará com algumas faixas de Madhava em seu playlist. Mesmo Jayadvaita Swami, possivelmente a pessoa mais crítica aos vocais de kirtana da ISKCON, tem este jovem cantor em alta estima. Com efeito, o Swami toca vídeos musicais de Madhava de modo a ilustrar um kirtana feito corretamente em seu seminário “Reforma do Kirtana” – um grande endossamento, haja vista que o seminário oferece muito mais proibições do que direções positivas.



É claro, os entendidos do assunto já são fãs de Madhava há anos. Alguns dos maiores líderes da ISKCON (Sivarama Swami, Niranjana Swami, Radhanatha Swami, para citar apenas alguns) chamam-no para liderar o cantar em festivais que eles organizam. Contudo, o mais provável é que tenha sido seu canto durante a instalação em 2004 das imensas Deidades do Pancha Tattva em Mayapur o ponto crucial em que o nome de Madhava passou a ser um nome familiar na ISKCON.





Hoje, Madhava encontra-se entre um punhado de rapazes e moças – alguns dos quais aprenderam seus primeiros toques de mridanga antes de comerem alimentos sólidos – cada vez mais reconhecidos como os líderes espirituais de um renascimento do kirtana na ISKCON. É um raciocínio convincente. Combine uma formação Hare Krsna com a paixão e inovação da juventude e você tem a receita para criar uma história musical.



Contudo, os mais céticos entre nós estão adotando uma postura “aguardar para conferir”, temerosos que, por trás das habilidades técnicas e promoção empolgante, esses kirtaniyas careçam de maturidade espiritual e prática regulada da consciência de Krsna. Com efeito, em alguns círculos mais conservadores, a percepção que persiste sobre a nova escola de kirtana é que seus líderes são mais astros de rock do que espiritualistas; fortes em diversão e fracos em princípios.



A crescente popularidade de Madhava entre os devotos em geral indica que a ISKCON finalmente está pronta para aposentar esse esteriótipo? Talvez. Se você conseguir passar pelos dreadlocks e tatuagens, é difícil negar que seu canto transmite uma magia que vem unicamente com sinceridade, prática espiritual séria e – ousaríamos dizer – humildade. Talvez seja cedo para afirmar, mas se é verdadeiro o ditado de que se conhece os méritos de uma árvore por seus frutos; nos kirtanas de Madhava, a nova geração talvez encontre sua melhor resposta para seus críticos mais severos.



Adquira CDs de mantras em:




Nenhum comentário:

Postar um comentário