quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Programação de 13 a 19 de janeiro de 2012


30ª OFICINA DE MÚSICA DE CURITIBA (continuação da mostra)

Dia 13 – 15h45 e 18h
CYRK – o circo musical do Trio Quintina (PR, 2011 – 75min).
20h
OS DOCES BÁRBAROS (BR/ 1977 – 100 min). Direção de Jom Tob Azulay
Foi em 1976, quando Caetano Veloso, Maria Bethânia, Gilberto Gil e Gal Costa
resolveram comemorar os 10 anos de carreiras individuais e formaram um
conjunto que se apresentaria nas principais cidades brasileiras. O filme registra
acontecimentos como: os ensaios gerais, o assédio dos fãs e da imprensa, a prisão
e julgamento de Gil pelo envolvimento num incidente policial com a Delegacia de
Tóxicos de Florianópolis, e espetáculo do Anhembi e do Canecão, e finalmente,
a performance dos baianos com muita leveza, espontaneidade e magia dando o
depoimento de uma época e de um movimento musical de formação tipicamente
brasileira. Classificação 12 anos

Dia 14 – 15h45 e 18h
OS DOCES BÁRBAROS (BR/ 1977 – 100 min). Direção de Jom Tob Azulay.
20h
NEVERMORE (BR/PR, 2011 – 52 min). Direção de Paulo Biscaia.
Três Pesadelos e um Delírio de Edgar Allan Poe. Trata-se de curtas metragens
inspirados pelas obras do escritor norte-americano de horror e fantasia Edgar Allan
Poe. Berenice, Ligeia, Morella e o poema O Corvo.
Após esta sessão, palestra sobre a trilha sonora do filme, pelo realizador da música
original Demian Garcia.
Classificação 18 anos

Dia 15 – 15h45 e 18h
NEVERMORE (BR/PR, 2011 – 52 min). Direção de Paulo Biscaia.
20h
MAHALEO (França, 2005 – 100 min). Direção de Cesar Paes e Marie Clémence.
Mahaleo é a formação musical mais popular de Madagascar. Os sete músicos do
grupo sempre rejeitam o show business, apesar dos 30 anos de sucesso. Estes
precursores do blues malgache são também médicos, cirurgiões, agricultores,
sociólogos ou deputados... Guiado pela força de suas canções, o filme é um retrato
de Madagascar hoje em dia.
Classificação 12 anos

Dia16 – 15h45, 18h e 20h
MAHALEO (França, 2005 – 100 min). Direção de Cesar Paes e Marie Clémence.

Dia 17 – 15h45 e 18h
MAHALEO (França, 2005 – 100 min). Direção de Cesar Paes e Marie Clémence.
20h
EDUARDO DARNAUCHANS (Uruguai, 2010 – 58 min). Direção de Ricardo Casas.
Um músico muito especial, talvez o melhor de sua geração, um músico popular e

perseguido por sua filiação política. Suas atuações ao vivo e os relatos desta história
vão pautando esse documentário que está em elaboração desde o ano de 1983, um
documentário que cumpre sua missão: homenageia e registra uma das melhores
vozes do canto uruguaio.
Classificação 12 anos

Dia 18 – 15h45, 18h e 20h
EDUARDO DARNAUCHANS (Uruguai, 2010 – 58 min). Direção de Ricardo Casas.

Dia 19 – 15h45, 18h e 20h
SUITE HAVANA (Cuba, 2003 – 80 min). Direção de Fernando Perez.
Neste documentário musical sobre Havana, uma diversidade de rostos e locais
que misturam-se às histórias de várias figuras anônimas. Cada uma das pessoas
representa a curiosa multiplicidade dos grupos sociais que vivem hoje em Havana.
Os dez personagens reais representam na película as suas próprias vidas sem
entrevistas, diálogos ou narração. Um jovem bailarino, uma senhora vendedora de
amendoins, uma criança com síndrome de Down, um médico que sonha em ser ator,
entre outros. Classificação livre

Dia 20 – 15h45 e 18h
SUITE HAVANA (Cuba, 2003 – 80 min). Direção de Fernando Perez.
20h
GRUPO FATO: Tamancalha ao Sampler (PR, 2011 – 60 min). Realização TV E
Paraná.
Gravado no SESC da Esquina, o show é baseado no livro de partituras homônimo, e
conta com arranjos originais de diversas músicas da trajetória do grupo curitibano.
YAMANDU COSTA : Mafuá (PR, 2011 – 30 min). Realização TV E Paraná.
Show “Mafuá” de Yamandu Costa realizado na TV E do Paraná.
Classificação livre

Dia 21 - 15h45 e 18h
GRUPO FATO: Tamancalha ao Sampler (PR, 2011 – 60 min). Realização TV E
Paraná.
YAMANDU COSTA : Mafuá (PR, 2011 – 30 min). Realização TV E Paraná.
20h
BLINDAGEM VOZES DISFARÇADAS DE GENTE (BR/PR, 2006 – 7 min). Direção
de João Hoffman.
Documentário narra com fotos estáticas a vida e a obra de Ivo Rodrigues, vocalista
da Banda Blindagem, letrista e parceiro de Paulo Leminski: A narração é do próprio
Ivo Rodrigues.
LÁPIS DE COR E SALTEADO (BR/PR, 1990 – 15 min). Direção de Nivaldo Lopes.
A vida e a obra do compositor "Lápis" que levou consigo, em 11.02.78, a última noite
de um Curitiba que vivia intensamente.
O DIA EM QUE ROBERTO CARLOS MORREU (BR/PR, 2005 – 27 min). Direção de
Jotaeme.
O filme é uma ficção que homenageia o grande mito vivo Roberto Carlos. Um rapaz
coincidentemente chamado Erasmo Carlos que está de aniversário e sua namorada
Wanderléia começam o dia passeando de motocicleta pelas ruas da cidade. No bar
jogadores de sinuca e fanáticos por futebol se surpreendem com a notícia, na TV,
informando que o cantor Roberto Carlos acaba de falecer. Muito abalado, Erasmo,

de pronto resolve promover uma homenagem ao rei. Por fim, o fã terá uma surpresa
ainda maior.
DESCOBRINDO WALTEL (BR/PR, 2005 – 35 min). Direção de Alessandro Gomes.
Documentário sobre a incrível e desconhecida trajetória do maestro Waltel Branco.
Classificação 12 anos

Dia 22 – 15h45, 18h e 20h
BLINDAGEM VOZES DISFARÇADAS DE GENTE (BR/PR, 2006 – 7 min). Direção
de João Hoffman.
LÁPIS DE COR E SALTEADO (BR/PR, 1990 – 15 min). Direção de Nivaldo Lopes.
O DIA EM QUE ROBERTO CARLOS MORREU (BR/PR, 2005 – 27 min). Direção de
Jotaeme.
DESCOBRINDO WALTEL (BR/PR, 2005 – 35 min). Direção de Alessandro Gomes.

Dia 23 – 15h45, 18h e 20h
BLINDAGEM VOZES DISFARÇADAS DE GENTE (BR/PR, 2006 – 7 min). Direção
de João Hoffman.
LÁPIS DE COR E SALTEADO (BR/PR, 1990 – 15 min). Direção de Nivaldo Lopes.
O DIA EM QUE ROBERTO CARLOS MORREU (BR/PR, 2005 – 27 min). Direção de
Jotaeme.
DESCOBRINDO WALTEL (BR/PR, 2005 – 35 min). Direção de Alessandro Gomes.

Dia 24 – 15h45, 18h e 20h
BELARMINO E GABRIELA (BR/PR, 2005 – 85 min). Direção de Geraldo Pioli.
Documentário musical sobre a famosa dupla sertaneja do Paraná, que iniciou
carreira da década de 1940, em Curitiba. Músicos e humoristas, durante quatro
décadas eles pontificaram nos shows populares, circos, rádios e no disco.
Classificação livre

Dia 25 – 15h45, 18h e 20h
PROVA DE ARTISTA (BR, 2011 – 84 min). Direção de José Joffily.
O documentário acompanha o dia-a-dia de cinco jovens e talentosos músicos
(Ricardo, oboísta; Catherine, fagotista; Byron e Rodrigo, violinistas; e Rodney,
violista) em suas audições, estudos e ensaios para orquestras de Belo Horizonte,
Rio de Janeiro e São Paulo. O filme revela os conflitos, a paixão e a disciplina
envolvidos na escolha de seguir a vocação artística.
Classificação livre

Dia 26 – 15h45, 18h e 20h
PROVA DE ARTISTA (BR, 2011 – 84 min). Direção de José Joffily.
Após a sessão das 18h, haverá debate com o diretor do filme, José Joffily.

Dia 27 – 15h45, 18h e 20h
SUÍTE ASSAD (BR, 2003 – 15 min). Direção de Joel Pizzini.
Ensaio musical sobre a Família Assad, realizado no Natal de 2002 em São João
da Boa Vista (SP). Através da apresentação de um concerto na cidade, a narrativa
vai se delineando através do encontro entre três gerações desta virtuosa família
que inclui desde a arte dos genitores, Seu Jorge e Dona Ica, até o Duo Assad e a
cantora Badi Assad, hoje reconhecidos internacionalmente
HELENA ZERO (BR, 2005 – 30 min). Direção de Joel Pizzini.

Documentário poético sobre a trajetória cinematográfica da atriz Helena Ignez.
DORMENTE (BR, 2003 – 12 min). Direção de Joel Pizzini.
Um filmensaio que versa sobre os espaços de passagem, elegendo a estação de
trem e a ferrovia como ambientes emblemáticos desse fenômeno contemporâneo,
tão certeiramente denominado "não-lugar" por Marc Augé.
PARTIDO ALTO (BR, 1982 – 22 min). Direção de Leon Hirszman.
Com raízes na batucada baiana, o partido alto sofre variações porque, ao contrário
do samba comprometido com o espetáculo, é uma forma livre de expressão e
comunicação imediata, com versos simples e improvisados, de acordo com a
inspiração de cada um. Partido Alto é uma forma de comunhão, reunindo sambistas
em qualquer lugar e hora pelo simples prazer de se divertir.
MOLEQUE DE RUA (BR, 1991 – 10 min). Direção de Marco Ferrari.
Documentário sobre a banda Moleque de Rua, da periferia de São Paulo, que
fabrica os próprios instrumentos com sucata.
DOIS TONS (BR/ 2005 – 15 min). Direção de Caetano Gottardi.
Um garoto que mora numa região rural do Brasil, vive algumas descobertas, como o
amor e a música.
Classificação 12 anos

Dia 28 – 15h45, 18h e 20h
SUÍTE ASSAD (BR, 2003 – 15 min). Direção de Joel Pizzini.
HELENA ZERO (BR, 2005 – 30 min). Direção de Joel Pizzini.
DORMENTE (BR, 2003 – 12 min). Direção de Joel Pizzini.
PARTIDO ALTO (BR, 1982 – 22 min). Direção de Leon Hirszman.
MOLEQUE DE RUA (BR, 1991 – 10 min). Direção de Marco Ferrari.
DOIS TONS (BR/ 2005 – 15 min). Direção de Caetano Gottardi.

Dia 29 – 15h45, 18h e 20h
SUÍTE ASSAD (BR, 2003 – 15 min). Direção de Joel Pizzini.
HELENA ZERO (BR, 2005 – 30 min). Direção de Joel Pizzini.
DORMENTE (BR, 2003 – 12 min). Direção de Joel Pizzini.
PARTIDO ALTO (BR, 1982 – 22 min). Direção de Leon Hirszman.
MOLEQUE DE RUA (BR, 1991 – 10 min). Direção de Marco Ferrari.
DOIS TONS (BR/ 2005 – 15 min). Direção de Caetano Gottardi.

Ingresso gratuito para o evento

Cinemateca
Rua Carlos Cavalcanti, 1174, São Francisco
Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às
22h30. Sábados e domingos, das 14h30 às 22h30.
Informações: (41) 3321-3252

Nenhum comentário:

Postar um comentário