quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

HOJE! 9ª Sinfonia de Beethoven


Com 300 integrantes, orquestra e coro apresentam a

9ª Sinfonia de Beethoven



A fase de música erudita da 30ª Oficina de Música de Curitiba termina nesta quarta-feira (18), mas o evento prossegue até o dia 28, com novos cursos e espetáculos de música popular brasileira. Como é tradição na Oficina, a primeira fase encerra com um concerto da orquestra sinfônica e do coral formado pelos alunos. Juntos, os dois grupos reúnem mais de 300 integrantes. Só a orquestra tem 170 componentes. Desta vez, eles sobem ao palco do Teatro Guaíra, sob a regência do maestro Osvaldo Ferreira, para apresentar a Sinfonia nº 9 em Ré menor, de Ludwig van Beethoven.

A regência do coro será feita pela maestrina Mara Campos. Os cantores tiveram a preparação vocal com a cantora Lucia Passos. Como assistentes de regência da orquestra, atuaram Priscilla Prueter, Martinho Lutero e Alexandre Mousquer. O concerto terá a participação especial dos solistas Kalinka Damiani (soprano), Ariadne Oliveira (alto), Ricardo de Castro (tenor) e Pepes do Valle (barítono).

Diretor artístico da 30ª Oficina e atual regente titular da Orquestra Sinfônica do Paraná, o maestro Osvaldo Ferreira promete um espetáculo grandioso. “A 9ª Sinfonia tem essa monumentalidade e os 30 anos da Oficina justificam esse espetáculo”, diz o maestro. O regente explica que essa sinfonia coral, uma das composições mais conhecidas do repertório ocidental e uma das obras-primas de Beethoven, tem a peculiaridade de unir instrumentos e vozes. “Foi a primeira sinfonia escrita para coro e solistas”, explica Osvaldo Ferreira. A união de coro e orquestra se dá no último movimento, chamado de “Ode à Alegria”.

Osvaldo Ferreira é português e se estabeleceu em Curitiba no ano passado, quando assumiu a direção da Orquestra Sinfônica do Paraná. O maestro é também diretor artístico da Oficina de Música de Curitiba desde 2009. Seu currículo revela uma carreira de sucesso. Foi diretor artístico da Orquestra do Algarve e Povoa de Varzim, diretor artístico do Festival Internacional de Música do Algarve, Viana do Castelo, diretor e administrador do Teatro Municipal do Faro. Fez pós-graduação em regência no Conservatório de São Petersburgo e mestrado em Chicago. Premiado em 1999 no Concurso Sergei Prokofiev, na Rússia, recebeu o “Fellowship” do Aspen Music Festival nos Estados Unidos, conquistando o prêmio “Academy Conductor”. Foi assistente de Claudio Abbado em Salzburgo. Tem se apresentado regularmente na Rússia, União Europeia, África do Sul, Estados Unidos e Brasil.



Outras atrações – A programação musical neste último dia da fase erudita é extensa e tem ainda como opções concertos de ópera, coro infantil, música antiga e recital de piano. Confira:

Studio Ópera – segunda apresentação dos alunos das classes de canto lírico e studio ópera da Oficina, que apresentam uma versão reduzida de “A Flauta Mágica”, de Wolfgang Amadeus Mozart, com direção cênica de Norma Silvestre e direção de orquestra de Abel Rocha. Às 18h, no Auditório Salvador de Ferrante (Guairinha – Rua XV de Novembro, s/n). Ingressos a R$ 20 e R$ 10.

Sarau Coral – apresentação do coral infanto-juvenil da 30ª Oficina de Música de Curitiba, com regência de Cristiane Alexandre. Às 18h, no auditório do Sesc da Esquina (Rua Visconde do Rio Branco, 969). Entrada franca.

Música Antiga – concerto de encerramento das classes de música antiga. Às 19h, no Teatro do Paiol (Praça Guido Viaro, s/n). Ingressos a R$ 20 e R$ 10.

Recital de Piano e lançamento de CD – recital das pianistas Lílian Nakahod e Grace Torres em comemoração aos 100 anos de nascimento de John Cage (1912-1992). As pianistas apresentam a obra “Sonatas e Interlúdios para Piano Preparado”, que se constitui de 16 sonatas e quatro interlúdios que redefiniram de maneira determinante a utilização de instrumentos tradicionais na criação e execução do repertório que viria a ser desenvolvido na segunda metade do século XX. Às 19h, na Capela Santa Maria (R. Conselheiro Laurindo, 273 – Centro). Ingressos a R$ 20 e R$ 10.



Patrocínio e apoios – Para realizar a Oficina de Música, a Prefeitura e a Fundação Cultural de Curitiba contam com patrocínio do Ministério da Cultura, Petrobras, Sanepar e Copel. Além disso, têm os seguintes apoios: Air France, Centro Cultural Teatro Guaíra, Consulado Geral da República da Polônia em Curitiba, Consulado Geral dos Estados Unidos em São Paulo, Escola de Música e Belas Artes do Paraná, Escritório do Quebec, FAP – Faculdade de Artes do Paraná, Família Farinha, Goethe-Institut Curitiba, ICAC – Instituto Curitiba de Arte e Cultura, Paróquia Senhor Bom Jesus dos Perdões, Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da UFPR, Rádio e Televisão Educativa do Paraná E-Paraná, Polloshop, SEEC –Secretaria de Estado da Cultura, SESC da Esquina, SESC Paraná, SESC Paço da Liberdade, UTFPR – Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Também contam com o apoio do Projeto Conta Cultura e do Governo do Estado do Paraná.



Serviço:

30ª Oficina de Música de Curitiba

Encerramento da fase erudita com concerto da Orquestra Sinfônica e Coro da 30ª Oficina de Música de Curitiba

Data e horário: dia 18 de janeiro de 2012 (quarta-feira), às 20h30

Local: Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto – Teatro Guaíra (Rua XV de Novembro, s/n)

Ingressos: R$ 20 e R$ 10



Outros concertos de quarta-feira, 18 de janeiro:

Ópera Studio – às 18h, no Guairinha

Sarau Coral – às 18h, no Sesc da Esquina

Música Antiga – às 19h, no Teatro do Paiol



Ingressos à venda diretamente na bilheteria de cada teatro, uma hora antes do espetáculo, ou antecipadamente na Capela Santa Maria (Rua Conselheiro Laurindo, 273 – Centro), diariamente, das 9h às 12h e das 14h às 17h.

Nenhum comentário:

Postar um comentário