segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Lançamento -Festa Mestiça: o Congado na sala de aula



Festa Mestiça: o Congado na sala de aula
de Cecília Cavalieri França e Yuri Popoff


Coleção: Obra Avulsa
contém um CD


O Congado é uma manifestação da cultura popular de cunho religioso presente em todo o Brasil. Ele reúne uma grande variedade de crenças, de rituais, de histórias, de trajes, de sonoridades instrumentais e vocais. Por ocasião das festividades, os Congadeiros expressam sua história, sua cultura e sua devoção. A riqueza musical se manifesta nas ruas pelas vozes, pelas mãos e pelos pés do distinto povo de cada lugar. Festeiros e turistas se encontram e convivem em harmonia para homenagear os santos e para apreciar o espetáculo estético, musical e folclórico. Em Montes Claros, no norte de Minas Gerais, as Festas de Agosto mantêm viva uma tradição que se recicla enquanto, ao mesmo tempo, atravessa gerações.






LANÇAMENTO DA

sábado, 21 de janeiro de 2012

Espetáculos de domingo (22) da Oficina de Música


Espetáculos da 30ª Oficina de Música na agenda de domingo

Neste domingo (22), a 30ª Oficina de Música de Curitiba oferece uma programação diversificada, com espetáculos que agradam todas as plateias. As apresentações acontecem em diferentes endereços, espalhando música pela cidade. Confira a agenda:

Música nos Parques com Thayana Barbosa – O Passeio Público, no centro da cidade, abriga o programa Música nos Parques, desenvolvido desde 2006 pela Fundação Cultural de Curitiba, e que tem suas atrações selecionadas por meio de edital do Fundo Municipal da Cultura. O show deste domingo (22), às 15h30, é “Mar de Dentro”, a cargo da cantora e compositora Thayana Barbosa. A entrada é franca.
Em “Mar de Dentro”, Thayana reúne músicas próprias, que revelam a influência de suas raízes sul-mato-grossenses e de suas pesquisas sobre a cultura popular brasileira, entre elas o coco, cacuriá, fandango, boi, divino. As composições dialogam com outros estilos, como o samba, reggae, rock, jazz, música latino-americana e bossa nova. O espetáculo ganha uma sonoridade singular com a participação do multi-instrumentista Jorge Falcón, do percussionista Vina Lacerda, do baterista Valderval Filho e do baixista Glauco Sölter.
Nascida em Campo Grande (MS), Thayana Barbosa vive em Curitiba desde 1999, onde desenvolve sua trajetória artística. Cantora, compositora, atriz, percussionista, brincante e pesquisadora, tem participado de diversos projetos, shows e grupos musicais. Desde 2002 integra o grupo “Mundaréu”, com o qual gravou três CDs e um DVD, além de ter realizado várias turnês pelo Brasil.

Jazz Cigano Quinteto – No Teatro do Paiol, às 19 de domingo (22), a atração é o Jazz Cigano Quinteto, que leva ao público uma mescla de diferentes linguagens musicais e composições próprias, desenvolvidas à maneira cigana.
Desde a sua criação, no final de 2008, na Faculdade de Artes do Paraná, o quinteto acumula apresentações em vários espaços culturais de Curitiba. Em 2010, gravou o primeiro CD, seguindo a receita de suas bem sucedidas performances: uma combinação entre baladas tocantes – que emanam sensibilidade – e músicas animadas e contagiantes.
Formado pelos instrumentistas John Theo (violino), Vinícius Araújo (violão), Lucas Miranda (violão e cavaquinho), Fred Pedrosa (contrabaixo) e Mateus Azevedo (percussão), o grupo baseia-se na formação de jazz manouche, gênero muito popular surgido na década de 1930 na França.

Coral Brasileirinho – O show "Brasileirinho no Morro" encerra a relação de espetáculos deste domingo (22), com o Coral Brasileirinho subindo ao palco do Teatro da Reitoria da UFPR, às 21h. Inspirado na música produzida nos morros cariocas, o concerto dirigido por Helena Bel e Milton Karam apresenta canções de compositores brasileiros como Cartola, Geraldo Pereira, Adoniram Barbosa, Tom e Vinícius de Moraes, entre outros.
Criado em 1993, o Brasileirinho canta e, ao mesmo tempo, interpreta cenicamente as músicas, utilizando adereços e cenários que dão mais vida e colorido às performances. As crianças do coral já encantaram plateias com os shows "Álbum de Família" (1995), "A Cara do Brasil" (2000), "Quem Não Se Comunica Se Trumbica" (2004), "Passarim" (2006), além de participações especiais nos shows da dupla Kleiton e Kledir e na comemoração dos 30 anos de carreira de Toquinho, no Teatro Guaíra.
O Coral Brasileirinho, mantido pela Fundação Cultural de Curitiba, apresenta um tema novo a cada ano, mantendo a proposta de recriar a canção popular brasileira, por meio de arranjos que valorizam o potencial cênico das composições.

Patrocínio e apoios – Para realizar a Oficina de Música, a Prefeitura e a Fundação Cultural de Curitiba contam com patrocínio do Ministério da Cultura, Petrobras, Sanepar e Copel. Além disso, têm os seguintes apoios: Air France, Centro Cultural Teatro Guaíra, Consulado Geral da República da Polônia em Curitiba, Consulado Geral dos Estados Unidos em São Paulo, Escola de Música e Belas Artes do Paraná, Escritório do Quebec, FAP – Faculdade de Artes do Paraná, Família Farinha, Goethe-Institut Curitiba, ICAC – Instituto Curitiba de Arte e Cultura, Paróquia Senhor Bom Jesus dos Perdões, Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da UFPR, Rádio e Televisão Educativa do Paraná E-Paraná, Polloshop, SEEC –Secretaria de Estado da Cultura, SESC da Esquina, SESC Paraná, SESC Paço da Liberdade, UTFPR – Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Também contam com o apoio do Projeto Conta Cultura e do Governo do Estado do Paraná.

Serviço:
30ª Oficina de Música de Curitiba
Espetáculos do dia 22 de janeiro de 2012 (domingo):

Música nos Parques com o show “Mar de Dentro”, a cargo da cantora e compositora Thayana Barbosa.
Local: Passeio Público (Centro)
Horário: 15h30
Entrada franca

Jazz Cigano Quinteto
Local: Teatro do Paiol (Praça Guido Viaro, s/n – Prado Velho)
Horário: 19h
Ingressos: R$ 20 e R$ 10.

Coral Brasileirinho com o show "Brasileirinho no Morro"
Local: Teatro da Reitoria da UFPR (Rua XV de Novembro, 1.299 – Centro)
Horário: 21h
Ingressos: R$ 20 e R$ 10

Venda de ingressos diretamente na bilheteria de cada teatro, uma hora antes do espetáculo, ou antecipadamente na Capela Santa Maria (Rua Conselheiro Laurindo, 273 – Centro), diariamente, das 9h às 12h e das 14h às 17h.

Mais informações sobre a 30ª Oficina de Música de Curitiba nos sites:
www.oficinademusica.org.br
www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Conservatório de MPB abre inscrições para cursos do 1º semestre


Estarão abertas de 23 a 27 de janeiro de 2012 as inscrições para os cursos do Conservatório de Música Popular Brasileira de Curitiba, unidade da Prefeitura administrada pela Fundação Cultural de Curitiba. As inscrições são para os cursos relativos ao primeiro semestre nos núcleos de vocal, teclados, sopros, cordas, percussão e teoria. No período de 23 de janeiro a 24 de fevereiro de 2012, ficarão abertas as inscrições para o núcleo de práticas. Estão sendo ofertadas 1.010 vagas, distribuídas entre 20 cursos para alunos a partir de 13 anos, mais quatro opções para crianças de 7 a 12 anos.

As inscrições serão feitas exclusivamente pela internet, no blog http://conservatoriodempb.blogspot.com, no horário das 9h às 17h, período em que o link de inscrição estará disponível. Ao acessar o blog, os interessados terão todas as informações sobre o processo de inscrição, seleção e matrículas. No entanto, é necessário ficar atento ao calendário das inscrições, pois cada curso tem uma data específica. Confira:



NÚCLEO VOCAL: somente dia 23 de janeiro de 2012 (segunda-feira) - Canto Popular.



NÚCLEO DE TECLADOS: somente dia 24 de janeiro de 2012 (terça-feira) – Acordeom e Piano.



NÚCLEO DE SOPROS: somente dia 25 de janeiro de 2012 (quarta-feira) - Clarinete, Flauta Doce, Flauta Doce para Crianças, Flauta Transversal, Saxofone, Trombone/Bombardino,Trompete.



NÚCLEO DE CORDAS: somente dia 26 de janeiro de 2012 (quinta-feira) - Baixo Elétrico, Bandolim, Cavaquinho, Guitarra, Viola Caipira, Violão e Violão para Crianças.



NÚCLEO DE PERCUSSÃO E TEORIA: somente dia 27 de janeiro de 2012 (sexta-feira) - Bateria, Bateria para Crianças, Percussão, Ritmo & Som, Linguagem e Estruturação Musical (LEM), Harmonia, Arranjo Instrumental.



NÚCLEO DE PRÁTICAS: de 23 de janeiro a 24 de fevereiro de 2012 – Conjunto de Choro, Conjunto de MPB.





Mais informações:

Recepção do Conservatório de MPB: 3321-3208

Secretaria do Conservatório de MPB: 3321-3315

Email: secretariacmpb@fcc.curitiba.pr.gov.br

HOJE! 9ª Sinfonia de Beethoven


Com 300 integrantes, orquestra e coro apresentam a

9ª Sinfonia de Beethoven



A fase de música erudita da 30ª Oficina de Música de Curitiba termina nesta quarta-feira (18), mas o evento prossegue até o dia 28, com novos cursos e espetáculos de música popular brasileira. Como é tradição na Oficina, a primeira fase encerra com um concerto da orquestra sinfônica e do coral formado pelos alunos. Juntos, os dois grupos reúnem mais de 300 integrantes. Só a orquestra tem 170 componentes. Desta vez, eles sobem ao palco do Teatro Guaíra, sob a regência do maestro Osvaldo Ferreira, para apresentar a Sinfonia nº 9 em Ré menor, de Ludwig van Beethoven.

A regência do coro será feita pela maestrina Mara Campos. Os cantores tiveram a preparação vocal com a cantora Lucia Passos. Como assistentes de regência da orquestra, atuaram Priscilla Prueter, Martinho Lutero e Alexandre Mousquer. O concerto terá a participação especial dos solistas Kalinka Damiani (soprano), Ariadne Oliveira (alto), Ricardo de Castro (tenor) e Pepes do Valle (barítono).

Diretor artístico da 30ª Oficina e atual regente titular da Orquestra Sinfônica do Paraná, o maestro Osvaldo Ferreira promete um espetáculo grandioso. “A 9ª Sinfonia tem essa monumentalidade e os 30 anos da Oficina justificam esse espetáculo”, diz o maestro. O regente explica que essa sinfonia coral, uma das composições mais conhecidas do repertório ocidental e uma das obras-primas de Beethoven, tem a peculiaridade de unir instrumentos e vozes. “Foi a primeira sinfonia escrita para coro e solistas”, explica Osvaldo Ferreira. A união de coro e orquestra se dá no último movimento, chamado de “Ode à Alegria”.

Osvaldo Ferreira é português e se estabeleceu em Curitiba no ano passado, quando assumiu a direção da Orquestra Sinfônica do Paraná. O maestro é também diretor artístico da Oficina de Música de Curitiba desde 2009. Seu currículo revela uma carreira de sucesso. Foi diretor artístico da Orquestra do Algarve e Povoa de Varzim, diretor artístico do Festival Internacional de Música do Algarve, Viana do Castelo, diretor e administrador do Teatro Municipal do Faro. Fez pós-graduação em regência no Conservatório de São Petersburgo e mestrado em Chicago. Premiado em 1999 no Concurso Sergei Prokofiev, na Rússia, recebeu o “Fellowship” do Aspen Music Festival nos Estados Unidos, conquistando o prêmio “Academy Conductor”. Foi assistente de Claudio Abbado em Salzburgo. Tem se apresentado regularmente na Rússia, União Europeia, África do Sul, Estados Unidos e Brasil.



Outras atrações – A programação musical neste último dia da fase erudita é extensa e tem ainda como opções concertos de ópera, coro infantil, música antiga e recital de piano. Confira:

Studio Ópera – segunda apresentação dos alunos das classes de canto lírico e studio ópera da Oficina, que apresentam uma versão reduzida de “A Flauta Mágica”, de Wolfgang Amadeus Mozart, com direção cênica de Norma Silvestre e direção de orquestra de Abel Rocha. Às 18h, no Auditório Salvador de Ferrante (Guairinha – Rua XV de Novembro, s/n). Ingressos a R$ 20 e R$ 10.

Sarau Coral – apresentação do coral infanto-juvenil da 30ª Oficina de Música de Curitiba, com regência de Cristiane Alexandre. Às 18h, no auditório do Sesc da Esquina (Rua Visconde do Rio Branco, 969). Entrada franca.

Música Antiga – concerto de encerramento das classes de música antiga. Às 19h, no Teatro do Paiol (Praça Guido Viaro, s/n). Ingressos a R$ 20 e R$ 10.

Recital de Piano e lançamento de CD – recital das pianistas Lílian Nakahod e Grace Torres em comemoração aos 100 anos de nascimento de John Cage (1912-1992). As pianistas apresentam a obra “Sonatas e Interlúdios para Piano Preparado”, que se constitui de 16 sonatas e quatro interlúdios que redefiniram de maneira determinante a utilização de instrumentos tradicionais na criação e execução do repertório que viria a ser desenvolvido na segunda metade do século XX. Às 19h, na Capela Santa Maria (R. Conselheiro Laurindo, 273 – Centro). Ingressos a R$ 20 e R$ 10.



Patrocínio e apoios – Para realizar a Oficina de Música, a Prefeitura e a Fundação Cultural de Curitiba contam com patrocínio do Ministério da Cultura, Petrobras, Sanepar e Copel. Além disso, têm os seguintes apoios: Air France, Centro Cultural Teatro Guaíra, Consulado Geral da República da Polônia em Curitiba, Consulado Geral dos Estados Unidos em São Paulo, Escola de Música e Belas Artes do Paraná, Escritório do Quebec, FAP – Faculdade de Artes do Paraná, Família Farinha, Goethe-Institut Curitiba, ICAC – Instituto Curitiba de Arte e Cultura, Paróquia Senhor Bom Jesus dos Perdões, Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da UFPR, Rádio e Televisão Educativa do Paraná E-Paraná, Polloshop, SEEC –Secretaria de Estado da Cultura, SESC da Esquina, SESC Paraná, SESC Paço da Liberdade, UTFPR – Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Também contam com o apoio do Projeto Conta Cultura e do Governo do Estado do Paraná.



Serviço:

30ª Oficina de Música de Curitiba

Encerramento da fase erudita com concerto da Orquestra Sinfônica e Coro da 30ª Oficina de Música de Curitiba

Data e horário: dia 18 de janeiro de 2012 (quarta-feira), às 20h30

Local: Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto – Teatro Guaíra (Rua XV de Novembro, s/n)

Ingressos: R$ 20 e R$ 10



Outros concertos de quarta-feira, 18 de janeiro:

Ópera Studio – às 18h, no Guairinha

Sarau Coral – às 18h, no Sesc da Esquina

Música Antiga – às 19h, no Teatro do Paiol



Ingressos à venda diretamente na bilheteria de cada teatro, uma hora antes do espetáculo, ou antecipadamente na Capela Santa Maria (Rua Conselheiro Laurindo, 273 – Centro), diariamente, das 9h às 12h e das 14h às 17h.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Caixa Cultural apresenta “Música para Gente Miúda”








Projeto infantil conta com três espetáculos diferentes





A Caixa Cultural traz para Curitiba o projeto infantil “Música para Gente Miúda”, de 20 a 22 de janeiro. O espetáculo conta com três apresentações, cada uma em dois horários: “Brincantes da Palavra Cantada”, “O Menino Teresa – Banda Mirim” e “Auto-ContraBaixo” do músico Tibô Delor.



O projeto nasceu da vontade de criar uma programação artística de qualidade para o público infantojuvenil, difundindo cultura e estimulando a formação de plateias. A ideia é aproximar esse público de produções artísticas e culturais que apresentam pontos de vista diversos em relação ao mundo em que se vive, considerando que a televisão, a internet e o cinema, são as principais fontes de entretenimento e cultura desse público.



Programação:

20 de janeiro - Brincantes da Palavra Cantada – espetáculo do núcleo Palavra Cantada

O encontro é um espetáculo interativo com os quatro músicos brincantes da coleção Brincadeiras Musicais da Palavra Cantada. Nele são desenvolvidos jogos e brincadeiras musicais - o público assiste e participa ao mesmo tempo, experimentando as atividades oferecidas pela coleção.

Com o repertório da “Palavra Cantada”, entremeado por outras canções tradicionais brasileiras, o público responde adivinhas, faz percussão com o próprio corpo, desvenda o enigma dos instrumentos e aprende alguns conceitos musicais. No repertório estão presentes algumas músicas consagradas da dupla Paulo Tatit e Sandra Peres, como “Fome-Come”, “Ora Bolas” e “Pomar”, e músicas do universo tradicional das canções infantis, como “Peixe Vivo” e “Escravos de Jó”.

21 de janeiro - O Menino Teresa – Banda Mirim

O espetáculo de música infantil conta a história de Teresa, uma menina que resolveu, por um dia, virar menino para descobrir os segredos de quem usa cueca. A montagem recebeu o Prêmio APCA 2008 - Melhor Cenário e Prêmio Coca-Cola/Femsa 2008 – Melhor Atriz e Melhor Cenário.



A Banda mirim é um coletivo composto por 14 artistas (atores, músicos, cantores e artistas circenses) e inúmeros colaboradores que se destacam com espetáculos destinados ao público infantojuvenil. Desde 2004 se dedica a inventar e produzir atividades cênicas que combinem linguagens derivadas do circo, do teatro e da música, buscando neste elo de integração traduzir em poesia e linguagem lúdica o universo das crianças.



22 de janeiro - Auto-ContraBaixo – músico Tibô Delor

Neste trabalho solo, Tibô Delor realiza uma performance musical mostrando as várias facetas do contrabaixo. Durante a apresentação, o espectador se torna testemunha da luta que o personagem trava com o instrumento: no começo um objeto enorme, pesado e estranho que aos poucos vai se transformando em instrumento de poesia, que fala, dança e ri.



Natural da França, Tibô Delor se formou no conservatório de Nice, como saxofonista. Descobriu a paixão pelo contrabaixo com o mestre André Mariller, se tornando, aos 19 anos, baixista acústico do Conservatório Superior de Músico de Paris. Foi integrante da Orquestra de Ópera de Paris durante quatro anos e da L’Orchestre de Contrabasses, grupo parisiense com a proposta de música instrumental teatral.



Serviço:

Música: Música para Gente Miúda

Local: CAIXA Cultural – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)

Data: de 20 a 22 de janeiro de 2012 (sexta-feira a domingo)

Hora: sexta, sábado e domingo às 15h e 18h

Ingressos: R$ 6 e R$ 3 (meia – conforme legislação e correntista CAIXA

Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sexta, das 12h às 19h, sábado e domingo, das 16h às 19h)

Classificação etária: Livre para todos os públicos

Oficina de Música apresenta recital de violoncelo e piano com músicos poloneses

A 30ª Oficina de Música de Curitiba apresenta nesta sexta-feira (13), às 19h, na Capela Santa Maria, o recital de piano e violoncelo com os músicos poloneses Piotr Banasik e Tomasz Zieba. Os músicos são professores da Oficina e vieram a Curitiba com o apoio cultural do Consulado Geral da Polônia.

O pianista Piotr Banasik e o violoncelista Tomasz Zieba desenvolvem carreira internacional, realizando concertos como solistas em diversos países. Piotr Banasik recebeu diversos prêmios e menções honrosas em concursos e festivais na Polônia, Espanha e México. Desde 1998 tem se apresentado na República Checa, França, Alemanha, Itália, México, África do Sul, Suíça e Ucrânia, bem como em muitas salas de concerto importantes na Polônia.

O violoncelista Tomasz Zieba teve toda sua formação musical na Polônia e atualmente vive nos Estados Unidos, onde é professor da Escola de Música da Universidade de Oklahoma. Integrou várias orquestras na Polônia e nos Estados Unidos, sendo atualmente membro da Orquestra Filarmônica da Cidade de Oklahoma e do Conjunto de Câmara Brightmusic. Como recitalista e camerista realizou masterclasses na Polônia, Espanha, Áustria, Alemanha, França, México e Estados Unidos.

O duo apresentará composições de Ludwig van Beethoven (1770 – 1827), Felix Mendelssohn-Bartholdy (1809 – 1847), Fryderyk Chopin (1810 –1849), David Eby e Mark Summer.



Patrocínio e apoios – Para realizar a Oficina de Música, a Prefeitura e a Fundação Cultural de Curitiba contam com patrocínio do Ministério da Cultura, Petrobras, Sanepar e Copel. Além disso, têm os seguintes apoios: Air France, Centro Cultural Teatro Guaíra, Consulado Geral da República da Polônia em Curitiba, Consulado Geral dos Estados Unidos em São Paulo, Escola de Música e Belas Artes do Paraná, Escritório do Quebec, FAP – Faculdade de Artes do Paraná, Família Farinha, Goethe-Institut Curitiba, ICAC – Instituto Curitiba de Arte e Cultura, Paróquia Senhor Bom Jesus dos Perdões, Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da UFPR, Rádio e Televisão Educativa do Paraná E-Paraná, Polloshop, SEEC –Secretaria de Estado da Cultura, SESC da Esquina, SESC Paraná, SESC Paço da Liberdade, UTFPR – Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Também contam com o apoio do Projeto Conta Cultura e do Governo do Estado do Paraná.



Serviço:

30ª Oficina de Música de Curitiba

Recital de piano e violoncelo com os poloneses Piort Banasik e Tomasz Zieba

Data: 13 de janeiro de 2012 (sexta-feira), às 20h30

Local: Capela Santa Maria Espaço Cultural – Rua Conselheiro Laurindo, 273 – Centro.

Ingressos: R$ 20 e R$ 10. Venda de ingressos diretamente na bilheteria do teatro, uma hora antes do espetáculo, ou antecipadamente na Capela Santa Maria (Rua Conselheiro Laurindo, 273 – Centro), diariamente, das 9h às 12h e das 14h às 17h.

“Sinfonias Concertantes” nos acordes da Orquestra de Câmara


O espetáculo “Sinfonias Concertantes”, a cargo da Orquestra de Câmara de Curitiba, toma conta do Canal da Música, às 20h30 desta sexta-feira (13), sob a direção musical de Maurício Aguiar. A apresentação, dentro da agenda da 30ª Oficina de Música de Curitiba, leva ao palco solistas internacionais que atuam como professores da Oficina. No repertório está a obra “Sinfonia Concertante para violino, viola e orquestra em Mi bemol maior K.364”, de Wolfgang Amadeus Mozart (1756 – 1791), mais a “Sinfonia Concertante para sopros e orquestra em Mi bemol Maior K (3) 297b”, trabalho atribuído a Mozart.

Numa celebração da linguagem universal da música, participam do encontro professores de vários países. O canadense David Lefevre, cuja vinda ao Brasil conta com o apoio cultural do Escritório do Quebec em São Paulo e da Air France KLM Brasil, responde pelo solo de violino. No clarinete, o virtuosismo do francês Olivier Patey, ao lado do trompista esloveno Boštjan Lipovšek e do fagotista português Rui Lopes. Do Brasil estão Alexandre Razera (viola), que desenvolve carreira artística na Alemanha, e Isaac Duarte (oboé), atualmente trabalhando na Suíça, na Orquestra da Tonhalle de Zurique.

O repertório leva ao público o gênero “sinfonia concertante”, que incorpora elementos da sinfonia e do concerto. Geralmente escrita para dois ou mais instrumentos solistas e orquestra, a sinfonia concertante foi um gênero particularmente popular no século 18.



Direção musical – A Orquestra de Câmara de Curitiba, que já se apresentou em inúmeras cidades brasileiras e participou de todos os principais festivais de música do país, apresenta-se nesta sexta-feira (13), sob a direção musical do brasileiro Maurício Aguiar. O músico reside há mais de 20 anos nos Estados Unidos, onde atua como primeiro violino da Orquestra Sinfônica de Cincinnati. O violinista venceu vários concursos no Brasil, além de ter integrado o Quarteto Amernet e realizado diversos concertos nos Estados Unidos.



Patrocínio e apoios – Para realizar a Oficina de Música, a Prefeitura e a Fundação Cultural de Curitiba contam com patrocínio do Ministério da Cultura, Petrobras, Sanepar e Copel. Além disso, têm os seguintes apoios: Air France, Centro Cultural Teatro Guaíra, Consulado Geral da República da Polônia em Curitiba, Consulado Geral dos Estados Unidos em São Paulo, Escola de Música e Belas Artes do Paraná, Escritório do Quebec, FAP – Faculdade de Artes do Paraná, Família Farinha, Goethe-Institut Curitiba, ICAC – Instituto Curitiba de Arte e Cultura, Paróquia Senhor Bom Jesus dos Perdões, Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da UFPR, Rádio e Televisão Educativa do Paraná E-Paraná, Polloshop, SEEC –Secretaria de Estado da Cultura, SESC da Esquina, SESC Paraná, SESC Paço da Liberdade, UTFPR – Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Também contam com o apoio do Projeto Conta Cultura e do Governo do Estado do Paraná.



Serviço:

30ª Oficina de Música de Curitiba

Espetáculo “Sinfonias Concertantes”, a cargo da Orquestra de Câmara de Curitiba, sob a direção musical de Maurício Aguiar, tendo como solistas David Lefevre (violino), Alexandre Razera (viola), Isaac Duarte (oboé), Olivier Patey (clarinete), Boštjan Lipovšek (trompa) e Rui Lopes (fagote)

Data e horário: dia 13 de janeiro de 2012 (sexta-feira), às 20h30

Local: Canal da Música (Rua Júlio Perneta, 695 – Mercês)

Ingressos: R$ 20 e R$ 10. Venda de ingressos diretamente na bilheteria do teatro, uma hora antes do espetáculo, ou antecipadamente na Capela Santa Maria (Rua Conselheiro Laurindo, 273 – Centro), diariamente, das 9h às 12h e das 14h às 17h.


“CARNAVAL PALAVRA CANTADA” NO HSBC



Paulo Tatit e Sandra Peres voltam a São Paulo com seu show de Carnaval

em única apresentação no dia 29 de janeiro, domingo, às 17h





A Palavra Cantada retorna ao HSBC Brasil

com o show “Carnaval Palavra Cantada”.



Paulo e Sandra vêm acompanhados de sua banda,

formada por Daniel Ayres, Estevão Marques,

Julia Pittier, Marina Pittier, João Milliet e Ed Encarnação.

Juntos, eles trazem os hits da Palavra Cantada

para o universo do carnaval,

passando por vários ritmos como o frevo,

a marchinha, o samba, entre outros.



Fazem parte do repertório do show

os maiores sucessos da dupla, como

“Sopa”, “Criança não trabalha” e “Pindorama”,

além de canções do CD “Carnaval”.


A casa vai abrir espaço para os foliões

mais animados caírem na dança, fazendo do show

uma brincadeira muito animada e gostosa para todos.

Fantasias, confete e serpentina serão muito bem vindos!


Serviço

“Carnaval Palavra Cantada”

Data: 29 de janeiro, domingo

Horário: 17h00

Local: HSBC Brasil
Rua Bragança Paulista, 1281 – Chácara Santo Antonio

Informações e compra de ingressos:
# BILHETERIAS HSBC BRASIL - Rua Bragança Paulista, 1281 / Chácara Santo Antônio.
(Horário de atendimento: segunda a sábado, das 12h às 22h e domingos e feriados, das 12h às 20h)

# COMPRA POR TELEFONE - Ingresso Rápido - Tel: 4003-1212
(Horário de atendimento: segunda a sábado, das 9h às 22h)

(Formas de Pagamento: cartões de crédito Visa, Mastercard, Credicard, Diners);

# COMPRA PELA INTERNET
(www.hsbcbrasil.com.br / www.ingressorapido.com.br)
(Formas de Pagamento: cartões de crédito Visa, Mastercard, Credicard, Diners);

# PONTOS DE VENDA CAPITAL, INTERIOR E OUTROS ESTADOS
Consultar www.ingressorapido.com.br

Taxa de Compra através da Ingresso Rápido

Compra em ponto-de-venda: 15% do valor do ingresso

Entrega em domicílio Grande São Paulo: R$ 15,00

Entrega em domicílio São Paulo Capital: R$ 10,00

Retirada na bilheteria: R$ 5,00



Para a compra de ingressos para estudantes, aposentados e professores estaduais, os mesmos devem comparecer pessoalmente portando documento na bilheteria respectiva ao show ou nos pontos de venda da Ingresso Rápido. Esclarecemos que a venda de meia-entrada é direta, pessoal e intransferível e está condicionada ao comparecimento do titular da carteira estudantil no ato da compra e no dia do espetáculo, munido de documento que comprove condição prevista em lei.



Preços



Camarote R$ 120,00

Frisa R$ 100,00

Cadeira Alta R$ 70,00

Setor Vip R$ 100,00

Setor 01 R$ 80,00

Camarote Inferior R$ 120,00




* Clientes HSBC têm pré-venda exclusiva e 25% de desconto. O limite é de 04 ingressos por pessoa e a promoção não é cumulativa com outros descontos.

Capacidade: 1800 lugares
Censura: 14 anos (desacompanhados). Menores dessa idade somente acompanhados dos pais ou responsáveis.
Duração: Aproximadamente 1h30
Abertura da Casa: 2h antes do espetáculo
Estacionamento: Hot Valet (com manobrista) - R$ 25,00 (antecipado – adquirido junto com o ingresso) e R$ 30,00 (na hora)
Aceitamos dinheiro e cartões de débito e crédito (Visa, Mastercard, Credicard e Diners)
Não aceitamos cheques
Acesso para deficientes físicos
Ar condicionado

Hoje - Fábio Zanon faz recital no Teatro do Paiol


O violonista Fábio Zanon, músico paulista que atualmente figura entre os nomes mais importantes do cenário internacional de violão clássico, fará um recital nesta quinta-feira (12), às 19h, no Teatro do Paiol. O recital integra a programação da fase erudita da 30ª Oficina de Música de Curitiba.

Professor do curso de Violão da Oficina, Zanon apresentará um repertório exclusivo de composições para violão solo. São obras dos compositores Alonso Mudarra (1510-1580), Manuel Ponce (1882-1948), Isaac Albeniz (1860-1909), Francisco Mignone (1897-1986), Sindo Garay (Cuba, 1867-1968), Antonio Lauro (Venezuela, 1917-1986), Eduardo Caba (Bolivia, 1890-1953), Gentil Montana (Colombia, 1942-2011), Ariel Ramirez (Argentina, 1941-2010) e Marco Pereira (Brasil, 1950).

Fábio Zanon tem se apresentado por toda a Europa, América do Norte, América do Sul, Austrália e Oriente Médio, e é convidado regular de teatros como o Royal Festival Hall e Wigmore Hall em Londres, Carnegie Recital Hall em Nova York, Sala Verdi em Milão, Musikhalle em Hamburgo, Ateneo em Madri, KKL em Lucerna e todos os maiores teatros do Brasil.

Venceu por unanimidade dois dos maiores concursos internacionais: o 30º Concurso “Francisco Tarrega”, na Espanha, e o 14º Concurso da Fundação Americana de Violão, nos Estados Unidos. Como resultado dessas premiações, fez uma turnê de 56 concertos nos Estados Unidos e Canadá e lançou seus primeiros CDs. Sua gravação da obra completa de Villa-Lobos, pelo selo americano Music Masters, é considerada uma referência e o CD Guitar Recital/Naxos foi escolhido pela revista Gramophone como o melhor de 1998. Desde 2008 é professor visitante da Royal Academy of Music de Londres.

Patrocínio e apoios – Para realizar a Oficina de Música, a Prefeitura e a Fundação Cultural de Curitiba contam com patrocínio do Ministério da Cultura, Petrobras, Sanepar e Copel. Além disso, têm os seguintes apoios: Air France, Centro Cultural Teatro Guaíra, Consulado Geral da República da Polônia em Curitiba, Consulado Geral dos Estados Unidos em São Paulo, Escola de Música e Belas Artes do Paraná, Escritório do Quebec, FAP – Faculdade de Artes do Paraná, Família Farinha, Goethe-Institut Curitiba, ICAC – Instituto Curitiba de Arte e Cultura, Paróquia Senhor Bom Jesus dos Perdões, Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da UFPR, Rádio e Televisão Educativa do Paraná E-Paraná, Polloshop, SEEC –Secretaria de Estado da Cultura, SESC da Esquina, SESC Paraná, SESC Paço da Liberdade, UTFPR – Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Também contam com o apoio do Projeto Conta Cultura e do Governo do Estado do Paraná.

Serviço:

Recital de Fábio Zanon na 30ª Oficina de Música de Curitiba

Data: 12 de janeiro de 2012 (quinta-feira), às 19h

Local: Teatro do Paiol – Praça Guido Viaro, s/n – Prado Velho

Ingresso – R$ 20 e R$ 10. Venda de ingressos diretamente na bilheteria do teatro, uma hora antes do espetáculo.

Programação de 13 a 19 de janeiro de 2012


30ª OFICINA DE MÚSICA DE CURITIBA (continuação da mostra)

Dia 13 – 15h45 e 18h
CYRK – o circo musical do Trio Quintina (PR, 2011 – 75min).
20h
OS DOCES BÁRBAROS (BR/ 1977 – 100 min). Direção de Jom Tob Azulay
Foi em 1976, quando Caetano Veloso, Maria Bethânia, Gilberto Gil e Gal Costa
resolveram comemorar os 10 anos de carreiras individuais e formaram um
conjunto que se apresentaria nas principais cidades brasileiras. O filme registra
acontecimentos como: os ensaios gerais, o assédio dos fãs e da imprensa, a prisão
e julgamento de Gil pelo envolvimento num incidente policial com a Delegacia de
Tóxicos de Florianópolis, e espetáculo do Anhembi e do Canecão, e finalmente,
a performance dos baianos com muita leveza, espontaneidade e magia dando o
depoimento de uma época e de um movimento musical de formação tipicamente
brasileira. Classificação 12 anos

Dia 14 – 15h45 e 18h
OS DOCES BÁRBAROS (BR/ 1977 – 100 min). Direção de Jom Tob Azulay.
20h
NEVERMORE (BR/PR, 2011 – 52 min). Direção de Paulo Biscaia.
Três Pesadelos e um Delírio de Edgar Allan Poe. Trata-se de curtas metragens
inspirados pelas obras do escritor norte-americano de horror e fantasia Edgar Allan
Poe. Berenice, Ligeia, Morella e o poema O Corvo.
Após esta sessão, palestra sobre a trilha sonora do filme, pelo realizador da música
original Demian Garcia.
Classificação 18 anos

Dia 15 – 15h45 e 18h
NEVERMORE (BR/PR, 2011 – 52 min). Direção de Paulo Biscaia.
20h
MAHALEO (França, 2005 – 100 min). Direção de Cesar Paes e Marie Clémence.
Mahaleo é a formação musical mais popular de Madagascar. Os sete músicos do
grupo sempre rejeitam o show business, apesar dos 30 anos de sucesso. Estes
precursores do blues malgache são também médicos, cirurgiões, agricultores,
sociólogos ou deputados... Guiado pela força de suas canções, o filme é um retrato
de Madagascar hoje em dia.
Classificação 12 anos

Dia16 – 15h45, 18h e 20h
MAHALEO (França, 2005 – 100 min). Direção de Cesar Paes e Marie Clémence.

Dia 17 – 15h45 e 18h
MAHALEO (França, 2005 – 100 min). Direção de Cesar Paes e Marie Clémence.
20h
EDUARDO DARNAUCHANS (Uruguai, 2010 – 58 min). Direção de Ricardo Casas.
Um músico muito especial, talvez o melhor de sua geração, um músico popular e

perseguido por sua filiação política. Suas atuações ao vivo e os relatos desta história
vão pautando esse documentário que está em elaboração desde o ano de 1983, um
documentário que cumpre sua missão: homenageia e registra uma das melhores
vozes do canto uruguaio.
Classificação 12 anos

Dia 18 – 15h45, 18h e 20h
EDUARDO DARNAUCHANS (Uruguai, 2010 – 58 min). Direção de Ricardo Casas.

Dia 19 – 15h45, 18h e 20h
SUITE HAVANA (Cuba, 2003 – 80 min). Direção de Fernando Perez.
Neste documentário musical sobre Havana, uma diversidade de rostos e locais
que misturam-se às histórias de várias figuras anônimas. Cada uma das pessoas
representa a curiosa multiplicidade dos grupos sociais que vivem hoje em Havana.
Os dez personagens reais representam na película as suas próprias vidas sem
entrevistas, diálogos ou narração. Um jovem bailarino, uma senhora vendedora de
amendoins, uma criança com síndrome de Down, um médico que sonha em ser ator,
entre outros. Classificação livre

Dia 20 – 15h45 e 18h
SUITE HAVANA (Cuba, 2003 – 80 min). Direção de Fernando Perez.
20h
GRUPO FATO: Tamancalha ao Sampler (PR, 2011 – 60 min). Realização TV E
Paraná.
Gravado no SESC da Esquina, o show é baseado no livro de partituras homônimo, e
conta com arranjos originais de diversas músicas da trajetória do grupo curitibano.
YAMANDU COSTA : Mafuá (PR, 2011 – 30 min). Realização TV E Paraná.
Show “Mafuá” de Yamandu Costa realizado na TV E do Paraná.
Classificação livre

Dia 21 - 15h45 e 18h
GRUPO FATO: Tamancalha ao Sampler (PR, 2011 – 60 min). Realização TV E
Paraná.
YAMANDU COSTA : Mafuá (PR, 2011 – 30 min). Realização TV E Paraná.
20h
BLINDAGEM VOZES DISFARÇADAS DE GENTE (BR/PR, 2006 – 7 min). Direção
de João Hoffman.
Documentário narra com fotos estáticas a vida e a obra de Ivo Rodrigues, vocalista
da Banda Blindagem, letrista e parceiro de Paulo Leminski: A narração é do próprio
Ivo Rodrigues.
LÁPIS DE COR E SALTEADO (BR/PR, 1990 – 15 min). Direção de Nivaldo Lopes.
A vida e a obra do compositor "Lápis" que levou consigo, em 11.02.78, a última noite
de um Curitiba que vivia intensamente.
O DIA EM QUE ROBERTO CARLOS MORREU (BR/PR, 2005 – 27 min). Direção de
Jotaeme.
O filme é uma ficção que homenageia o grande mito vivo Roberto Carlos. Um rapaz
coincidentemente chamado Erasmo Carlos que está de aniversário e sua namorada
Wanderléia começam o dia passeando de motocicleta pelas ruas da cidade. No bar
jogadores de sinuca e fanáticos por futebol se surpreendem com a notícia, na TV,
informando que o cantor Roberto Carlos acaba de falecer. Muito abalado, Erasmo,

de pronto resolve promover uma homenagem ao rei. Por fim, o fã terá uma surpresa
ainda maior.
DESCOBRINDO WALTEL (BR/PR, 2005 – 35 min). Direção de Alessandro Gomes.
Documentário sobre a incrível e desconhecida trajetória do maestro Waltel Branco.
Classificação 12 anos

Dia 22 – 15h45, 18h e 20h
BLINDAGEM VOZES DISFARÇADAS DE GENTE (BR/PR, 2006 – 7 min). Direção
de João Hoffman.
LÁPIS DE COR E SALTEADO (BR/PR, 1990 – 15 min). Direção de Nivaldo Lopes.
O DIA EM QUE ROBERTO CARLOS MORREU (BR/PR, 2005 – 27 min). Direção de
Jotaeme.
DESCOBRINDO WALTEL (BR/PR, 2005 – 35 min). Direção de Alessandro Gomes.

Dia 23 – 15h45, 18h e 20h
BLINDAGEM VOZES DISFARÇADAS DE GENTE (BR/PR, 2006 – 7 min). Direção
de João Hoffman.
LÁPIS DE COR E SALTEADO (BR/PR, 1990 – 15 min). Direção de Nivaldo Lopes.
O DIA EM QUE ROBERTO CARLOS MORREU (BR/PR, 2005 – 27 min). Direção de
Jotaeme.
DESCOBRINDO WALTEL (BR/PR, 2005 – 35 min). Direção de Alessandro Gomes.

Dia 24 – 15h45, 18h e 20h
BELARMINO E GABRIELA (BR/PR, 2005 – 85 min). Direção de Geraldo Pioli.
Documentário musical sobre a famosa dupla sertaneja do Paraná, que iniciou
carreira da década de 1940, em Curitiba. Músicos e humoristas, durante quatro
décadas eles pontificaram nos shows populares, circos, rádios e no disco.
Classificação livre

Dia 25 – 15h45, 18h e 20h
PROVA DE ARTISTA (BR, 2011 – 84 min). Direção de José Joffily.
O documentário acompanha o dia-a-dia de cinco jovens e talentosos músicos
(Ricardo, oboísta; Catherine, fagotista; Byron e Rodrigo, violinistas; e Rodney,
violista) em suas audições, estudos e ensaios para orquestras de Belo Horizonte,
Rio de Janeiro e São Paulo. O filme revela os conflitos, a paixão e a disciplina
envolvidos na escolha de seguir a vocação artística.
Classificação livre

Dia 26 – 15h45, 18h e 20h
PROVA DE ARTISTA (BR, 2011 – 84 min). Direção de José Joffily.
Após a sessão das 18h, haverá debate com o diretor do filme, José Joffily.

Dia 27 – 15h45, 18h e 20h
SUÍTE ASSAD (BR, 2003 – 15 min). Direção de Joel Pizzini.
Ensaio musical sobre a Família Assad, realizado no Natal de 2002 em São João
da Boa Vista (SP). Através da apresentação de um concerto na cidade, a narrativa
vai se delineando através do encontro entre três gerações desta virtuosa família
que inclui desde a arte dos genitores, Seu Jorge e Dona Ica, até o Duo Assad e a
cantora Badi Assad, hoje reconhecidos internacionalmente
HELENA ZERO (BR, 2005 – 30 min). Direção de Joel Pizzini.

Documentário poético sobre a trajetória cinematográfica da atriz Helena Ignez.
DORMENTE (BR, 2003 – 12 min). Direção de Joel Pizzini.
Um filmensaio que versa sobre os espaços de passagem, elegendo a estação de
trem e a ferrovia como ambientes emblemáticos desse fenômeno contemporâneo,
tão certeiramente denominado "não-lugar" por Marc Augé.
PARTIDO ALTO (BR, 1982 – 22 min). Direção de Leon Hirszman.
Com raízes na batucada baiana, o partido alto sofre variações porque, ao contrário
do samba comprometido com o espetáculo, é uma forma livre de expressão e
comunicação imediata, com versos simples e improvisados, de acordo com a
inspiração de cada um. Partido Alto é uma forma de comunhão, reunindo sambistas
em qualquer lugar e hora pelo simples prazer de se divertir.
MOLEQUE DE RUA (BR, 1991 – 10 min). Direção de Marco Ferrari.
Documentário sobre a banda Moleque de Rua, da periferia de São Paulo, que
fabrica os próprios instrumentos com sucata.
DOIS TONS (BR/ 2005 – 15 min). Direção de Caetano Gottardi.
Um garoto que mora numa região rural do Brasil, vive algumas descobertas, como o
amor e a música.
Classificação 12 anos

Dia 28 – 15h45, 18h e 20h
SUÍTE ASSAD (BR, 2003 – 15 min). Direção de Joel Pizzini.
HELENA ZERO (BR, 2005 – 30 min). Direção de Joel Pizzini.
DORMENTE (BR, 2003 – 12 min). Direção de Joel Pizzini.
PARTIDO ALTO (BR, 1982 – 22 min). Direção de Leon Hirszman.
MOLEQUE DE RUA (BR, 1991 – 10 min). Direção de Marco Ferrari.
DOIS TONS (BR/ 2005 – 15 min). Direção de Caetano Gottardi.

Dia 29 – 15h45, 18h e 20h
SUÍTE ASSAD (BR, 2003 – 15 min). Direção de Joel Pizzini.
HELENA ZERO (BR, 2005 – 30 min). Direção de Joel Pizzini.
DORMENTE (BR, 2003 – 12 min). Direção de Joel Pizzini.
PARTIDO ALTO (BR, 1982 – 22 min). Direção de Leon Hirszman.
MOLEQUE DE RUA (BR, 1991 – 10 min). Direção de Marco Ferrari.
DOIS TONS (BR/ 2005 – 15 min). Direção de Caetano Gottardi.

Ingresso gratuito para o evento

Cinemateca
Rua Carlos Cavalcanti, 1174, São Francisco
Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às
22h30. Sábados e domingos, das 14h30 às 22h30.
Informações: (41) 3321-3252

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Convocatoria de Audiciones para Instrumentistas en Huelva (España)


Convocatoria de Audiciones para Instrumentistas en Huelva (España):

La Orquesta Sinfónica Nacional de Paraguay convoca Pruebas Internacionales para la contratación de Músicos de diferentes especialidades instrumentales.
Las pruebas tendrán lugar en Huelva (España) los días 6, 7 y 8 de Febrero de 2012.
Para más información visitar el Tablón de Anuncios (margen inferior derecho) de la web http://www.orchestraconducting.com


_______________________________________________________________________________________________________

Auditions in Huelva (Spain):

The National Symphony Orchestra of Paraguay International announces International Auditions for several Instruments.
Auditions take place in Huelva (Spain) on 6, 7 and 8 February 2012.
For more information, please visit the "Tablón de Anuncios" (botton right) in the web: http://www.orchestraconducting.com

Orquestra Sinfônica do Paraná é atração da Oficina de Música


Composições de Ludwig van Beethoven (1770 – 1827) e Francis Poulenc (1899 – 1963) integram o repertório que a Orquestra Sinfônica do Paraná executa nesta quarta-feira (11), às 20h30, no grande auditório do Teatro Guaíra. Sob a regência do maestro Osvaldo Ferreira, o concerto é uma das atrações da fase erudita da 30ª Oficina de Música de Curitiba, e tem como solistas os pianistas Olga Kiun (Rússia) e Piotr Banasik (Polônia), que também atuam como professores da Oficina de Música.

A liberdade de criação defendida por Beethoven e a graciosidade melódica de Poulenc permeiam o espetáculo conduzido por Osvaldo Ferreira, que responde pela direção artista da fase erudita da 30ª Oficina de Música de Curitiba. O maestro português, que acumula trabalhos em toda a Europa e atualmente é regente titular da Orquestra Sinfônica do Paraná, leva ao público um programa brilhante, de sonoridade inesquecível.

Na “Abertura Egmont Op. 84”, Beethoven mais uma vez demonstra que sua música expandiu formas, harmonias e instrumentação. A música foi feita sob encomenda para a peça “Egmont”, de Goethe, escritor que merecia profunda admiração do compositor. A obra incorpora a convicção de Beethoven de que a morte não é um fim, quando esperanças e ideais permanecem intactos. Na outra peça selecionada para o concerto, “Sinfonia nº 7 em Lá maior Op. 92”, Beethoven comprova que fazia música para despertar as emoções dos ouvintes.

De Francis Poulenc o espetáculo conta com o ”Concerto para dois pianos e orquestra em Ré menor, FP 61”, inspirado no encontro do compositor com tocadores de gamelões (instrumentos tradicionais da ilha de Bali), na Exposição Colonial de Paris, em 1931. Além disso, a instrumentação da obra tem efeitos jazzisticos e exige habilidades de conjunto dos pianistas solistas. Durante todo o concerto, os pianistas tocam quase de forma contínua, por vezes sem o acompanhamento da orquestra. Com isso, Poulenc cria um diálogo dramático, mas também encantador entre os dois pianos e a orquestra.



Os solistas – Junto com a Orquestra Sinfônica do Paraná, o palco do Guairão também recebe o talento de dois pianistas de renome internacional, que transmitem seus conhecimentos como professores da Oficina de Música de Curitiba. Olga Kiun, que descende de uma tradicional família de músicos soviéticos, estudou no Conservatório Tchaikovsky e doutorou-se pelo Conservatório de Leningrado, atual Conservatório de São Petersburgo. Realizou apresentações por toda a Europa, além do Uruguai e Peru e, no Brasil, foi solista dos mais conceituados grupos sinfônicos, tendo trabalhado com os regentes Alceo Bocchino, Benito Juarez, Paulo Torres, Lutero Rodrigues, Osvaldo Colarusso e Roberto Minczuck. Atualmente vive em Curitiba e desenvolve intensa atividade artística e pedagógica, em todo o país.

O polonês Piotr Banasik estudou na Academia de Música de Katowice e recebeu vários prêmios e menções honrosas em concursos e festivais, na Polônia e em outros países. O instrumentista tem se apresentado como solista em concertos sinfônicos na República Checa, França, Alemanha, Itália, México, África do Sul, Suíça e Ucrânia, bem como em muitas salas de concerto importantes na Polônia. Para participar da Oficina de Música, Banasik recebeu o apoio cultural do Consulado Geral da República da Polônia em Curitiba.



Patrocínio e apoios – Para realizar a Oficina de Música, a Prefeitura e a Fundação Cultural de Curitiba contam com patrocínio do Ministério da Cultura, Petrobras, Sanepar e Copel. Além disso, têm os seguintes apoios: Air France, Centro Cultural Teatro Guaíra, Consulado Geral da República da Polônia em Curitiba, Consulado Geral dos Estados Unidos em São Paulo, Escola de Música e Belas Artes do Paraná, Escritório do Quebec, FAP – Faculdade de Artes do Paraná, Família Farinha, Goethe-Institut Curitiba, ICAC – Instituto Curitiba de Arte e Cultura, Paróquia Senhor Bom Jesus dos Perdões, Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da UFPR, Rádio e Televisão Educativa do Paraná E-Paraná, Polloshop, SEEC –Secretaria de Estado da Cultura, SESC da Esquina, SESC Paraná, SESC Paço da Liberdade, UTFPR – Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Também contam com o apoio do Projeto Conta Cultura e do Governo do Estado do Paraná.



Serviço:

30ª Oficina de Música de Curitiba

Concerto da Orquestra Sinfônica do Paraná, sob a regência do maestro Osvaldo Ferreira, tendo como solistas os pianistas Olga Kiun (Rússia) e Piotr Banasik (Polônia).

Data e horário: 11 de janeiro de 2012 (quarta-feira), às 20h30

Local: Teatro Guaíra – Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto (Rua Conselheiro Laurindo, s/n – Centro)

Ingressos: R$ 20 e R$ 10. Venda de ingressos diretamente na bilheteria do teatro, uma hora antes do espetáculo.



Mais informações sobre a 30ª Oficina de Música de Curitiba nos sites:

www.oficinademusica.org.br

www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br

Fotografias estão disponíveis no endereço:

http://www.flickr.com/photos/fundacaoculturaldecuritiba

Grito Rock recebe inscrição de produtores até a próxima quinta (12)





O maior festival integrado da América Latina chega à sexta edição e deve integrar 200 cidades


Previsto para ocorrer entre os dias 17 de fevereiro e 17 de março em 2012, o Festival Grito Rock recebe cadastro de cidades interessadas em promover o projeto até o dia 12 de janeiro. Para participar é necessário que o produtor desenvolva trabalhos exclusivamente no setor da cultura independente, leia o regulamento e se inscreva através de um formulário online, disponível no site do Grito Rock (gritorock.com.br). Cerca de 120 municípios já efetuaram inscrição.

Quem for realizar o projeto pela primeira vez precisa enviar uma clipagem com matérias publicadas em veículos de comunicação, que comprove a atuação no ramo, para o email: gritorock@foradoeixo.org.br.

Mais Grito Rock

O Festival foi idealizado pelo coletivo Espaço Cubo no ano de 2003, em Cuiabá (MT), como uma alternativa ao carnaval tradicional. Entretanto, a partir da atuação do Circuito Fora do Eixo - uma rede nacional de coletivos de produção cultural criada em 2005 - o projeto se ampliou geográfica e conceitualmente, envolvendo produtores de todo o país. No ano passado, o Grito Rock aconteceu em mais de 130 cidades, movimentando 2 mil bandas e aproximadamente 200 mil expectadores. Além do Brasil, países como Argentina, Uruguai, Bolívia, Chile, Panamá e Honduras realizaram o Festival.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

CAIXA CULTURAL ABRE TEMPORADA COM A PERCUSSÃO MÁGICA DO UAKTI





Grupo mineiro realiza três shows na capital paranaense





A Caixa Cultural apresenta o grupo Uakti, de 13 a 15 de janeiro, abrindo a programação do teatro em 2012. Um dos principais grupos de percussão do mundo, o Uakti - formado por Artur Andrés, Paulo Santos e Décio Ramos – comemora 33 anos de atividade com o show “Uakti 4 Tempos”, uma síntese dos últimos trabalhos do grupo. Haverá também um workshop gratuito com os músicos no sábado (14), às 15h.



A proposta radical de fazer música com instrumentos não convencionais rendeu fama mundo afora, com uma orquestra de instrumentos inusitados construídos com materiais como vidro e pedras, além da criação de linguagens e sonoridades absolutamente originais, que são hoje a marca do grupo.



Serão executadas músicas dos álbuns “Uakti – Águas da Amazônia”, com música feita por Philip Glass tendo como tema as águas do Rio Amazonas; “OIAPOK XUI”, baseado em ritmos brasileiros e nas obras de Tom Jobim, Ary Barroso e Milton Nascimento; “Clássicos“, transposição de temas da música erudita para o universo sonoro do Uakti e “Trilobita”, que mescla a música de Elomar e Milton Nascimento com temas de inspiração oriental feitos pelo grupo.



Capitaneado por instrumentos já tradicionais, como o trilobita, a marimba de vidro e a torre, o show é uma incursão pela música inclassificável do Uakti, com as presenças da pianista Regina Amaral e da percussionista Josefina Cerqueira. As duas dão mais peso e ampliam as possibilidades de uso dos mais de 50 instrumentos criados pelo grupo, a partir do trabalho original e de vanguarda desenvolvido por Marco Antônio Guimarães.



O grupo:

O Uakti leva ao palco os instrumentos criados por Marco Antônio Guimarães. Aluno do suíço Walter Smetak, na Universidade Federal da Bahia, Marco Antônio desenvolveu uma técnica de criar instrumentos a partir de materiais do cotidiano, como tubos de PVC, cabaças, borrachas, apitos, placas de vidro e metais, rodas de bicicleta e uma gama cada vez maior de elementos que, aos poucos foram se transformando num som plural, original e mágico como a lenda indígena que deu origem ao nome.



Diz a história dos índios tukano, da região do Alto Rio Negro, que Uakti era um monstro de forma humana, com o corpo aberto em buracos, por onde o vento passava e produzia música. Ele seduzia e maltratava as mulheres e, por isso, foi morto. No lugar onde seu corpo foi sepultado cresceram três palmeiras. Da madeira destas palmeiras foram feitos instrumentos que reproduzem o som que o vento fazia ao passar pelos buracos do corpo do herói Uakti.



Desde o primeiro show, que aconteceu em 1980, o grupo já se apresentou em todo o Brasil, no Japão, na Europa e nos Estados Unidos, onde é contratado do selo Point Music, do compositor Philip Glass. Milton Nascimento, Paul Simon, Ney Matogrosso, Maria Bethânia, Manhattan Transfer, Mônica Salmaso, Grupo Corpo e Skank são alguns dos artistas que já fizeram parcerias com o Uakti.



Serviço: Música: Grupo UAKTI Local: CAIXA Cultural – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR) Data: de 13 a 15 de janeiro de 2012 Hora: sexta e sábado às 21h e domingo às 19h Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia – conforme legislação e correntista CAIXA) Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sexta, das 12h às 19h, sábado e domingo, das 16h às 19h) Classificação etária: Livre para todos os públicos Lotação máxima: 125 lugares (02 para cadeirantes) Workshop com o Grupo UAKTI Local: CAIXA Cultural – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR) Data: 14 de janeiro de 2012 Hora: sábado às 15h Ingressos: Entrada franca. As inscrições devem ser encaminhadas para caixacultural08.pr@caixa.gov.br Informações: (41) 2118-5111 (de terça a sexta, das 12h às 19h, sábado e domingo, das 16h às 19h)

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Curso de Canto Jazz com Sara Miguel










Destinatários

Público em geral, com ou sem conhecimentos musicais



Horário

2ª feira - 21h30 às 23h

4ª feira - 21h às 22h30



Duração

3 meses



Início das Aulas

2ª Semana de Janeiro

Número máximo de alunos por turma

5 Alunos



Mensalidade

25 euros





Inscrições através do email institutodemusica.clp@gmail.com







Objectivos

proporcionar aos alunos um conhecimento sólido de base sobre o canto Jazz: origens e contexto histórico, intérpretes principais, formas e estruturas mais comuns no repertório de standards;
apresentar aos alunos informações basilares sobre técnica vocal no canto e proporcionar-lhes a possibilidade de desenvolverem essa técnica;
iniciar os alunos no estudo de standards do repertório jazz e de rudimentos do estilo, nomeadamente a nível do estudo da improvisação;
participar nas actividades do CLP quando se justificar, de modo a proporcionar aos alunos experiência efectiva de palco.



Repertório

maiorirariamente constituído por standards de Jazz retirados da panóplia de Real Books que reúne as partituras dos temas do estilo;
minoritariamente constituído por standards de Bossa Nova, considerando que este é um estilo musical proveniente da fusão de influências jazzísticas com influências autóctones brasileiras;
Repertório apoiado por ficheiros áudio de singalong ou acompanhado ao piano nas aulas.

Sara Miguel

Image

Natural de Matosinhos, Sara Miguel começou a estudar piano e formação musical aos 6 anos de idade, no colégio “O Ramalhete”. Continuou os seus estudos musicais na Escola de Música Pedro Fesch, em Leça do Balio, onde estudou canto lírico com o professor João Merino. Estudou também com a soprano Mónica Pais.

A média de 18 valores com que acabou o ensino secundário na Escola Secundária do Padrão da Légua não a levou imediatamente para o Ensino Superior de Música, mas antes para Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto, onde estudou Psicologia durante dois anos.

A paixão pela música não tardou a levá-la para a ESMAE (Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo), onde concluiria a Licenciatura em Canto Jazz. Estudou com Sofia Ribeiro, Barbara Francke, Harjo Pasveer, David Linx, Grzegorz Karnas, Connie de Jongh, Sara Serpa…

Apresentou-se ao vivo em vários espaços: FNAC, Câmara de Matosinhos, Café Progresso (Porto), Biblioteca Florbela Espanca (Matosinhos), Casa da Música, o Breyner 85, o Hotfive, o B-Flat, o Auditório José Duarte (EJAN), Biblioteca Municipal de Paços de Ferreira e, mais recentemente, Tribeca Jazz Club.

Participou no coro da ópera “O que diz sim”, de Kurt Weil, dirigida por Cesário Costa e levada à cena na Casa da Música, no âmbito das celebrações da sua abertura, em 2003; e no Euroconcerto da 48ª Sessão Internacional do Parlamento Europeu dos Jovens em Maio de 2005 em Stavanger (Noruega) como representante da delegação de Portugal, interpretando um fado de Amália Rodrigues e um tema de Adriana Calcanhoto.

É professora de Canto Jazz na Escola Jazz ao Norte, na Escola de Música MusiClub e no Clube Literário do Porto.

A professora Sara Miguel tem também elevadas competências sociais: presidiu, durante dois anos, um clube de jovens para a solidariedade social (pertencente à Associação Lions) e foi voluntária numa equipa de intervenção de rua para a minimização de riscos e redução de danos junto dos toxicodependentes – projecto Girugaia. É membro activo da Associação Nacional para o Parlamento Europeu dos Jovens desde 2004 e membro integrante do Núcleo Norte da mesma associação desde 2010.


Clube Literário do Porto

Rua Nova da Alfândega, nº 22

4050-430 Porto

Tel. 222 089 228

Fax. 222 089 230

Email: clubeliterario@fla.pt

URL: www.clubeliterariodoporto.co.pt

http://clubeliterariodoportofla.wordpress.com/