quarta-feira, 28 de setembro de 2011

evento - musica -Em outubro, Capela Santa Maria promove concertos especiais para crianças







Uma série de concertos voltada ao público infantil faz parte do programa “Criança na Plateia”, que a Fundação Cultural de Curitiba promove em três finais de semana, no mês de outubro. Os concertos são abertos ao público, sendo que algumas sessões são dirigidas a crianças atendidas por projetos sociais da Prefeitura e que poucas vezes têm acesso a esse tipo de programação. O programa tem início na próxima sexta-feira (30), às 20h, com a Camerata Antiqua de Curitiba, que preparou um repertório didático para a criançada.

A Camerata apresenta o espetáculo “A Máquina do Tempo”, sob a regência da maestrina paulista Beatriz De Luca. Com o objetivo de atrair a atenção das crianças, o espetáculo está envolto num cenário de circo, no qual a maestrina contracena com o ator Ivan Moraes, que faz o papel de um montador de orquestras. O personagem é um inventor de engenhocas, entre elas uma máquina do tempo e um “circo de pulgas”. Das pulgas, os espectadores só escutam as vozes, representadas pelos sons dos instrumentos musicais.

“Com esse espetáculo, as crianças adquirem conhecimentos e o gosto pela música erudita de forma lúdica e de uma maneira mais adequada à idade”, diz a regente, que tem realizado concertos para crianças, com orquestras sinfônicas e formato semelhante, em teatros de São Paulo. A versão de Curitiba foi elaborada levando em conta uma orquestra de câmara, como é o caso da Camerata.

Para o espetáculo foram selecionadas obras de fácil assimilação. “O repertório também tem que ser adequado. Apresentamos músicas que elas certamente já ouviram em algum outro momento”, explica Beatriz. A maestrina cita como exemplo a obra “Carmina Burana”, bastante popular e utilizada com frequência em peças publicitárias. “Não é por acaso que elas são tão conhecidas. É que são absolutamente geniais. A iniciação musical, então, pode se dar com obras como essas, de grande qualidade”, afirma. Outro exemplo é o tema do filme “Piratas do Caribe”, criado por Hans Zimmer, um compositor erudito alemão que compõe música para cinema. Zimmer é mundialmente conhecido pelos temas que criou também para os filmes Rain Man, O Último Samurai, Gladiador, O Código da Vinci, Missão Impossível 2 e Madagascar.

De acordo com Beatriz De Luca, os adultos também se divertem. “Os pais acabam interagindo, assim como as crianças. É um espetáculo para as famílias”, garante. Para a maestrina, o trabalho didático mostra que “ir a um concerto de música erudita pode ser muito legal”.



Brasileirinho – O Brasileirinho também participa do Criança na Plateia, com o show “Brasileirinho no Morro”, às 15h de domingo (2). O coro formado por crianças e adolescentes, sob a direção de Milton Karam e Helena Bel, apresenta obras de compositores como Cartola, Geraldo Pereira, Adoniram Barbosa, Tom e Vinícius de Moraes.

O grupo, que está completando 18 anos, trabalha essencialmente com a canção brasileira, unindo canto e interpretação cênica em espetáculos diversificados e enredos criativos. “Brasileirinho no Morro” é mais uma das criações voltadas a divulgar os ritmos, estilos e gêneros da MPB. As crianças do Brasileirinho já encantaram plateias, em Curitiba e outras cidades brasileiras, com shows memoráveis, entre eles, Álbum de família (1995), A cara do Brasil (2000), Quem não se comunica se trumbica (2004), Passarim (2006), Adonirandi (2007) e Eu sou mais brasileirinho (2008).

Nos dias 8 e 9 de outubro, o programa Criança na Plateia terá como atração a Orquestra Suzuki, formada por pequenos e jovens instrumentistas, alunos de violino, viola e violoncelo. Nos dias 15 e 16, haverá apresentações do coral infanto-juvenil Papo Coral.


Serviço: Programa Criança na Plateia Local: Capela Santa Maria Espaço Cultural – R. Conselheiro Laurindo, 273 - Centro Apresentações abertas ao público: Espetáculo “A máquina do tempo”, com a Camerata Antiqua de Curitiba Sexta-feira (30), às 20h, e sábado (1º), às 18h30 Ingressos: um brinquedo novo ou um livro de literatura infanto-juvenil Apresentações dirigidas às crianças da atendidas pela Fundação de Assistência Social (FAS), pelo programa Comunidade Escola e pelos Núcleos Regionais da Fundação Cultural de Curitiba: Espetáculo “A máquina do tempo”, com a Camerata Antiqua de Curitiba Sábado (1º), às 15h Espetáculo “Brasileirinho no morro”, com o Coral Brasileirinho Domingo (2), às 15h Orquestra Suzuki Dias 8 e 9 de outubro, às 15h Papol Coral – Coral Infanto-juvenil Dias 15 e 16 de outubro, às 15h

evento - musica - Próxima edição do programa Rock-Cordel



Próxima edição do programa Rock-Cordel reunirá 23 bandas no cineteatro do CCBNB-Fortaleza em outubro


A próxima edição do programa Rock-Cordel, do Centro Cultural Banco do Nordeste, reunirá um total de 23 bandas no cineteatro do CCBNB-Fortaleza (rua Floriano Peixoto, 941 - 2º andar - Centro - fone: (85) 3464.3108), no período de 5 a 8 de outubro (quarta-feira a sábado), com shows de 14h às 20h.

Algumas bandas são covers (de Paul McCartney, The Who, Kiss e Rush) e outras são autorais, englobando os mais diversos estilos, desde o trash, heavy metal, pop, progressivo, hard core e rock tradicional.

Mantendo o seu tradicional formato e abrindo oportunidades aos novos projetos e talentos, essa edição do programa contará com a apresentação de oito bandas inéditas no palco do CCBNB-Fortaleza. Outro destaque será o dia reservado (quinta-feira, 6) às seis bandas que integram o coletivo Movimento Autoral do Ceará (MOVA-CE).

Conheça a seguir essa programação:



5/10 (QUARTA)

14:00 - SOAD

15:00 - AGRESSIVE

16:00 - GSTRUDS

17:00 - LEPROUS

18:00 - HOSTILE INC.

19:00 - OBSKURE



6/10 (QUINTA)

14:00 - SÁTIROS

15:00 - INFLAME

16:00 - THRUNDA

17:00 - THE GOOD GARDEM

18:00 - BONECAS DA BARRA

19:00 - FULL TIME ROCKERS



7/10 (SEXTA)

14:00 - PANDA

15:00 - EFEITO COLA

16:00 - PURO MALTE

17:00 - BOLACHA PRETA

18:00 - LOVE GUN

19:00 - HATTORI HANZO



8/10 (SÁBADO)

14:00 - FULL TIME ROCKERS

15:00 - SINOS DO TEMPO

16:00 - GHOST RIDER

17:00 - TREM DO FUTURO

18:00 - WHO´S GENERATION

19:00 - BAND ON THE RUN

evento - Palavra Cantada em Show Gratuito



Palavra Cantada em Show Gratuito e ao ar livre no Dia das Crianças “BRINCADEIRAS MUSICAIS” na Platéia Externa do Auditório Ibirapuera, 11h



Show virou filme em 3D

e estreia nos cinemas no dia 30 de setembro





A Palavra Cantada irá se apresentar com seu novo show no Parque Ibirapuera no Dia das Crianças, às 11h. O show será gratuito e ao ar livre, ocupando a Platéia externa do Auditório Ibirapuera.



BRINCADEIRAS MUSICAIS é uma brincadeira de criança com cenário, figurino, roteiro e arranjos musicais de gente grande e incentiva a plateia a participar ativamente. Na seleção musical entraram grandes sucessos da dupla, como “Sopa” e “Criança Não Trabalha” e várias canções inéditas, entre elas “Tá Combinado” e “O Caramujo e a Saúva”, compostas especialmente para o trabalho.



Esse novo projeto começou em setembro de 2009, quando Paulo Tatit e Sandra Peres produziram, em parceria com a Editora Melhoramentos, uma coleção de mesmo nome com cinco livros, acompanhados de CD e DVD contendo 80 brincadeiras musicais. O produto foi pensado principalmente para as escolas, mas inspirou a dupla a produzir um novo show, que prioriza a proximidade com as crianças, pais e educadores.



Np palco, além de Paulo e Sandra, estarão os músicos que integram sua banda há 5 anos: Daniel Ayres, Julia Pittier, Marina Pittier e Estevão Marques. Para animar ainda mais, convidaram para esse show o guitarrista e programador Wem, com o mesmo espírito brincante dos outros.



BRINCADEIRAS MUSICAIS é um espetáculo especial dentro da carreira da Palavra Cantada. Um convite às pessoas a penetrarem no universo da música através da experimentação, seja ela corporal, gestual ou com os instrumentos musicais de verdade.



Este espetáculo virou filme, captado com tecnologia 3D, e estreia dia 30 de setembro em várias cidades do país. A exibição é feita exclusivamente na rede Cinemark.



Serviço Data: dia 12 de outubro de 2011, quarta – feira Horário: 11 horas Local: Platéia externa do Auditório Ibirapuera Gratuito Classificação Indicativa: Livre Duração: 40 minutos Auditório Ibirapuera Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº – Portão 2 do Parque do Ibirapuera. Informações: info@iai.org.br Informações: 3629-1014 – Marina/ 3629-1075 - Sarah Site: www.auditorioibirapuera.com.br Acesso a deficientes. Estacionamentos / Transporte: Estacionamento Zona Azul – R$3,00 por duas horas. Dias úteis das 10h00 às 20h00, sábados, domingos e feriados das 8h00 às 18h00. Ônibus: Estação da Luz - Linha 5154 - Terminal Sto Amaro / Metrô Brás - Linha 5630 - Jd. Eliana / Metrô Ana Rosa - Linha 675N - Terminal Sto. Amaro - Linha 677A - Vila Gilda - Linha 775C - Jd. Maria Sampaio / Metrô Vila Mariana - Linha 775 A – Jd. Adalgiza. Sugerimos que utilizem taxi. Brincadeiras Musicais Ficha Técnica: Paulo Tatit: voz e violão Sandra Peres: voz e teclado Daniel Ayres: baixo, percussão e vocal Estevão Marques: percussão e vocal Julia Pittier: percussão e vocal Marina Pittier: percussão e vocal Wem: guitarra e programação Figurino: Isabela Teles e Edson Braga Cenário: Juliana Tonalezzi Iluminação: Marisa Bentivegna Co-direção: Ciça Meirelles *Coreografia de “Dança das Caveiras”: Ciça Meirelles Direção de Produção: Thereza Freitas Assessoria de Comunicação: Érica de Paula

evento - musica - Paulinho Tapajós e Guêgo Favetti dividem o palco



Paulinho Tapajós e Guêgo Favetti dividem o palco na CAIXA Cultural



Show inédito relembra os grandes clássicos da MPB






A CAIXA Cultural apresenta Paulinho Tapajós, autor de grandes canções da música brasileira, ao lado de um dos músicos mais atuantes na noite curitibana, Guêgo Favetti. O show acontece de 7 a 9 de outubro e traz solos e duetos. Canções do álbum “Preparando a Canção”, de Paulinho Tapajós, se misturam a sucessos de toda sua carreira, além de obras em parceria com o cantor e violonista Marcello Lessa. Guêgo também traz composições próprias, bem como clássicos da MPB.



Paulinho Tapajós é compositor de "Sapato Velho", eternizada pelo grupo Roupa Nova, e de "Andança", grande sucesso de Beth Carvalho, que ficou em 3º lugar no Festival Internacional da Canção de 1968. Cantor, compositor, instrumentista e escritor, Paulinho tem mais de 40 anos de estrada e foi o grande vencedor do Festival Internacional da Canção - FIC, em 1969, com "Cantiga por Luciana". Escreveu as trilhas para as novelas “Irmãos Coragem”, “Água Viva”, ”Tempo de Viver” e "Os Ricos Também Choram”.



Paulinho Tapajós possui mais de 250 obras gravadas, com cerca de 1200 regravações por diversas vozes, de intérpretes nacionais ou estrangeiros, entre os quais se destacam Elis Regina, Chico Buarque, Zizi Possi, Clara Nunes, Beth Carvalho, Maria Bethânia, Nara Leão, Elizeth Cardoso e Leila Pinheiro.



Presença constante na cena musical da noite curitibana há mais de 30 anos, Guêgo Favetti é um dos grandes músicos curitibanos. Em suas apresentações, as composições de Paulinho Tapajós são uma constante, daí a emoção do músico por atuar ao lado de um de seus ídolos.



Além de trabalho solo, Guêgo atua com os irmãos formando o “Trio Favetti”, que gravou os álbuns “Noites Curitibanas” (2003) e “Arretirança” (2005). Guêgo gravou ainda “Branco” (2008) e neste momento está terminando a gravação do álbum duplo “Degrau do Tempo”, disco que é uma homenagem ao bar Degrau 43, que fez história em Curitiba no final dos anos 80. Para Guêgo Favetti, a bossa nova e a música caipira de raiz têm tudo a ver, e são estilos sempre presentes em suas apresentações, ao lado de clássicos da MPB. “Não há limites para aquilo que expresse sentimento, humanidade e amor. Para aquilo que faça as pessoas se olharem nos olhos com ternura e alegria. Para que os seres humanos se encontrem mais e se abracem mais”, explica o músico.





Serviço:

Música: Paulinho Tapajós e Guêgo Favetti

Local: CAIXA Cultural – Rua Conselheiro Laurindo, 280, Centro – Curitiba (PR)

Data: de 07 a 09 de outubro de 2011

Horário: sexta e sábado às 21h e domingo às 19h

Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia – conforme legislação e correntista CAIXA)

Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sexta, das 12h às 19h, sábado e domingo, das 16h às 19h)

Classificação etária: Não recomendado para menores de 10 anos

Lotação máxima: 125 lugares (02 para cadeirantes)

www.caixa.gov.br/caixacultural

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

evento - Inscrições abertas: José Duarte vem ao Porto explicar o Jazz



José Duarte vem ao Porto explicar o Jazz



José Duarte traz ao Clube Literário do Porto (CLP), na Alfândega, um curso livre de jazz, à semelhança do seu programa 5 Minutos de Jazz, na Antena 1. "Jazz: Audições comentadas com José Duarte" no CLP destina-se ao público em geral (não é necessário possuir qualquer habilitação musical) e vai-se realizar todas as sextas-feiras, ao longo de seis meses, das 18h Às 19h30, a começar já no próximo 7 de Outubro. As sessões orientadas pelo Jazzé (como é tradicionalmente conhecido) vão contar também com a participação de músicos de jazz convidados.



Semanalmente, via e-mail ou disponibilizadas no blogue oficial das sessões - http://jazzcomjoseduarte.wordpress.com - e na livraria do CLP, os participantes do curso receberão os sumários com nomes de composições, de instrumentistas e outras informações igualmente importantes para as sessões.

No final do curso, será atribuído um certificado de frequência do Jazz: audição comentada, assinado pela direcção do CLP e por José Duarte, que prova que o respectivo assistente frequentou o curso.

Público Público em geral (não é necessária formação musical)

Datas De Outubro de 2011 a Março de 2012

Horário Todas as sextas-feiras, das 18h00 às 19h30

Local Clube Literário do Porto

PROGRAMA

Audição comentada I Outubro a Dezembro 2011

Os Instrumentos

Audição comentada II Janeiro a Março 2012

Os Melhores

Inscrições no Clube Literário do Porto

Contactos clubeliterario@fla.pt ou 22 208 92 28

Mensalidade 50€ preço normal, 40€ preço com desconto (estudantes, aposentados e alunos de Música do CLP)

evento - musica -Vocal Brasileirão apresenta o show Bastidores




O Vocal Brasileirão, grupo artístico da Fundação Cultural de Curitiba, estreia novo espetáculo neste fim de semana. O grupo apresenta no Teatro HSBC o show “Bastidores: A vida do artista atrás das cortinas”, com sessões às 20h de sábado (24) e às 19h de domingo (25). Com um repertório variado, passeando pelo samba, afoxé, xote e o samba canção, o grupo interpreta músicas dos compositores paranaense Carlos Careqa e Rui de Carvalho, e ainda de Gilberto Gil, Cartola, Wilson das Neves e Luiz Tatit.

O show leva ao palco o clima dos bastidores, no qual cantores e músicos revelam as emoções que antecedem o espetáculo e vivenciam o processo da criação musical. A poesia, a composição, os ensaios e a interpretação são temas presentes nas canções escolhidas, todas arranjadas por Vicente Ribeiro, o regente do grupo.

O Brasileirão é composto por Suzie Franco e Renildes Chiquito (sopranos), Cida Airam e Fernanda Sabbagh (mezzo sopranos), Beth Lopes e Carol Pacheco (contraltos), Bruno Mazanek e Levi Brandão (tenores), Reginaldo Nascimento e André Dittrich (barítonos), e Marcos Appel e Freddy Branco (baixos). O grupo instrumental é formado por Fábio Cardoso (piano), Sandro Guaraná (baixo), Vicente Ribeiro (violão) e Denis Mariano (percussão).

Criado em 1994 pelo maestro e compositor Marcos Leite, o grupo foi quatro vezes vencedor do prêmio Saul Trumpet de Melhor Grupo Vocal do Paraná (1997,1998, 1999 e 2002). Durante quatro anos, o grupo esteve sob a coordenação de Reginaldo Nascimento. Desde 2006 sob a direção de Vicente Ribeiro, o Brasileirão passou a dedicar-se à montagem de shows homenageando grupos vocais brasileiros, como o Quarteto em Cy e o Boca Livre. Em 2008 o Vocal Brasileirão gravou seu primeiro CD, "Invisível Cordão", inteiramente dedicado às canções de Chico Buarque e Edu Lobo. Em 2010 subiu ao palco com Joyce Moreno e a Orquestra À Base de Sopro. Com um som personalizado, original e envolvente, conquistou um lugar de destaque na vida cultural curitibana.

Serviço:

Show “Bastidores: A vida do artista atrás das cortinas”, com o Vocal Brasileirão

Local: Teatro HSBC – Avenida Luiz Xavier, 11

Data e horário: dia 24 de setembro (sábado), às 20h, e 25 de setembro de 2011 (domingo), às 19h.

Ingressos: R$ 15 e R$ 7,50

Informações: 3777-6525 ou 3321-2855

evento - musica - Coro da Camerata apresenta-se com os Canarinhos de Campo Largo




A música vinda de vários países e de épocas distintas é a atração do concerto que o Coro da Camerata Antiqua de Curitiba leva ao palco da Capela Santa Maria, neste fim de semana. Tendo como regente convidado o norte-americano Paul Crabb e participações especiais do clarinetista Jairo Wilkens e do grupo Canarinhos de Campo Largo, comandado por Théo de Petrus, o espetáculo “Many Nations, One World” será apresentado às 20h de sexta-feira (23) e às 18h30 de sábado (24), dentro da temporada 2011 patrocinada pela Volvo.

A variedade de composições reunidas no repertório coloca o público em contato com as tradições de diferentes culturas e nações, numa viagem sonora que conta com obras de 13 autores, entre eles o alemão Heinrich Schütz (1585 – 1672), o irlandês Sir Charles Villers Stanford (1852 – 1924), o italiano Claudio Monteverdi (1567 – 1643), o búlgaro Kiril Hristov (1875 – 1941), o tcheco Jaroslav Krcek (1939) e os norte-americanos Carol Barnett (1949) e Aaron Rosenthal (1975).

O maestro convidado para este concerto do Coro da Camerata Antiqua, Paul Crabb, é diretor do Coral da Universidade do Missouri (EUA), depois de ter respondido pela regência de grupos musicais que se apresentaram por toda a Europa, além da Austrália e México. Com intensa atuação em festivais internacionais, Paul Crabb lecionou na Academia de Música Liszt, em Budapeste (Hungria), e na Universidade de Música de Viena (Áustria). Com importantes premiações no currículo, foi escolhido como “Professor do Ano” pela Universidade Estadual Truman, em 1997, repetindo o título no ano seguinte pelo Missouri.

Participações – O programa preparado pelo Coro da Camerata Antiqua de Curitiba conta, ainda, com a participação do grupo Canarinhos de Campo Largo, que desde 1989 revela jovens talentos. O coral foi criado pelo compositor e arranjador Théo de Petrus, que continua na regência do grupo e prepara os cantores com aulas de teoria e técnica vocal e flauta doce.

O espetáculo completa-se com a performance do clarinetista Jairo Wilkens, instrumentista formado pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná que desenvolve carreira internacional. Com várias premiações, o músico aperfeiçoou seus estudos nos Estados Unidos, onde foi selecionado como principal clarinete da “9th Street Philharmonic Orchestra” (Missouri), em 2009.

Serviço:

Concerto do Coro da Camerata Antiqua de Curitiba, sob a regêcia do norte-americano Paul Crabb e participações especiais do clarinetista Jairo Wilkens e do grupo Canarinhos de Campo Largo, comandado por Théo de Petrus. O espetáculo integra a temporada 2011 patrocinada pela Volvo.

Datas e horários: dia 23 (sexta-feira), às 20h; e dia 24 de setembro de 2011 (sábado), às 18h30.

Local: Capela Santa Maria – Espaço Cultural (Rua Conselheiro Laurindo, 273 – Centro)

Ingressos: R$ 15 ou R$ 7,50 (meia-entrada)

evento - musica - Roberto Menescal, Wanda Sá e o gupo vocal BeBossa lançam cd comemorando os 50 anos da música O Barquinho





A Galeria do Menescal e seu barquinho navegam em Brasília - 21 e 22 de setembro - Teatro da Caixa

Inspirado na Galeria Menescal, onde o próprio compositor morou por um período, que guarda boa parte da história de Copacabana e dos personagens da nascente Bossa Nova, 50 anos atrás, Roberto Menescal se uniu mais uma vez com a parceira Wanda Sá, que foi sua aluna de violão nos primórdios bossanovistas, e ao grupo vocal Bebossa e criou o espetáculo “A Galeria do Menescal”, que entra agora nas comemorações de 50 anos de criação da música mais famosa de Menescal e Ronaldo Boscoli; O Barquinho, que já soma mais de duas mil gravações em todo o mundo e em vários idiomas. O espetáculo estará nos dias 21 e 22 setembro, às 20h, no Teatro da Caixa, em Brasília, onde também será lançado o cd “A Galeria do Menescal”, editado pela Sala de Som Records (www.saladesom.com.br). No cd e no espetáculo a música O Barquinho é apresentada, segundo o próprio Menescal, na versão veleiro, mais leve, deslizante, em um arranjo do próprio Menescal e de Clarisse Assad (vocal).

A Galeria Menescal

Se a galeria Menescal pode ser considerada um dos primeiros shoppings do Brasil, com uma oferta grande de serviços, dos famosos kibes a consultórios médicos, o repertório de Roberto Menescal também é bem amplo, e vai além de O Barquinho (Menescal e Boscoli), Vagamente (da mesma dupla) e de Bye Bye Brasil (dele e de Chico Buarque). E é exatamente a riqueza deste repertório que o espetáculo tenta colocar a bordo.

Reconhecidamente, um dos principais compositores da Bossa Nova, Roberto Menescal é das figuras mais atuantes do movimento que ainda navega com desenvoltura pelos sete mares. Ele pode estar no palco com Leila Pinheiro, Andy Summer, Bossacucanova, Cris Delano ou Danilo Caymmi, entre outros contemporâneos ou não de tempos de Bossa Nova.

Como compositor, Menescal tem parcerias além de Boscoli e Chico Buarque, com Cateano Veloso, Costa Neto, Paulo Coelho, Paulo Feital, Nelson Motta, Paulinho Pinheiro, Carlos Lyra e até mesmo Carlos Drummond de Andrade.

Os primeiros espetáculos da Galeria do Menescal foram realizados em 2009.

No palco, Menescal, Wanda, o sexteto e dois violões. E, muita bossa.

A intenção é que em cena impere o prazer de navegar no repertório de Menescal.

As músicas são apresentadas em diversas formações: Menescal e Wanda ; apenas o Bebossa a capella, Wanda e o Bebossa, Menescal e o Bebossa e todos juntos.

O BeBossa é formado por Marcela Velon, Carol Assad, Marcela Mangabeira, Cauê Nardi, Matias Corrêa e Zeca Rodrigues (direção musical e arranjos).

Sobre o encontro

Aberto a novas possibilidades musicais, vide suas parcerias com Andy Summer, Bossa Cuca Nova e Leila Pinheiro, quando Menescal foi apresentado ao grupo vocal BeBossa, junto com o produtor Célio Albuquerque, percebeu que tal encontro poderia ser bastante produtivo. Chamou Wanda Sá, com quem regularmente se apresenta e, com o auxílio do líder e principal arranjador do grupo BeBossa, Zeca Rodrigues, montaram o espetáculo “A Galeria do Menescal”, que teve sua primeira apresentação no palco do Liceu Franco-Brasileiro, curiosamente um dos primeiros palcos da Bossa Nova, nos anos 60, onde até mesmo um iniciante Roberto Carlos (que na época queria ser João Gilberto) subiu ao palco.

A escolha do repertório foi a partir da identificação do grupo com cada música apresentada. Além do parceiro onipresente Boscoli, outros também marcam presença no cd, como Wanda Sá, Carlos Lyra, Paulo César Pinheiro, Chico Buarque, Paulo César Feital e os já citados Oswaldo Montenegro e Rosália de Souza.

O Cd

No repertório do cd, que é o resultado da uma série de espetáculos do octeto reunindo a obra do comandante do Barquinho desde 2009, há desde clássicos como “Vagamente”, “Telefone” e “Rio”, além da própria “O Barquinho”, frutos da parceria de Menescal com Boscoli, e canções menos conhecidas como Eu Canto meu Blues (Oswaldo Montenegro/ Roberto Menescal) e Agarradinhos ( Roberto Menescal e Rosália de Souza).

No cd, apenas Menescal, Wanda, o sexteto, uma guitarra e dois violões. E, muita bossa. A intenção é que em cena impere o prazer de navegar, num disco semi-acústico.

As músicas são apresentadas em diversas formações: apenas o Bebossa a capella, Wanda e o Bebossa, Menescal e o Bebossa e todos juntos.

O BeBossa é formado por Marcela Velon, Carol Assad, Marcela Mangabeira, Cauê Nardi, Matias Corrêa e Zeca Rodrigues (direção musical e arranjos).

Sobre a capa

A proposta gráfica da capa do cd, e do projeto gráfico em si, assinado com elegância pela Ilustrarte Design, foi revistar o visual marcante das capas criadas por César Villela para a gravadora Elenco, nos anos 1960. Na época eram lançados os primeiros discos de toda uma geração que viria a se tornar ícone da música popular brasileira.

Menescal estava entre eles, com LPs como A Bossa Nova de Roberto Menescal e seu conjunto e A Nova Bossa Nova de Roberto Menescal e seu conjunto, em meio a outros grandes artistas, como Tom Jobim, Vinicius de Moraes, Nara Leão, João Gilberto, e muitos outros.

A partir de conceitos como minimalismo, elegância e modernidade, essas capas tornaram-se parte da nossa cultura visual, sendo frequentemente associadas à boa música. Na época, as técnicas de impressão eram inteiramente diferentes, havia outros processos e limitações envolvidos. Mas foi com essas limitações que, seguindo um partido bem simples – com uso do alto contraste pontuado por detalhes em vermelho e de tipografia forte e impactante –, César e a Elenco ajudaram a criar, talvez inadvertidamente, a imagem da própria Bossa Nova.

Foi com deferência a essa história e a essa obra que os artistas decidiram utilizar dos mesmos conceitos, traduzidos para a época atual, ao construir a identidade do projeto A galeria do Menescal.

Serviço – 21 e 22 de setembro – Teatro da Caixa - Brasília

Os shows começam sempre às 20h. Ingressos: R$ 20 reais.

Teatro da Caixa - SBS, Quadra 4, Lote 3/4, Edifício Anexo da Matriz da CAIXA)

Telefone (Recepção 3206-9448 e Bilheteria - 3206-6456)

Em tempo: No dia 24 de setembro o grupo vocal BeBossa se apresenta no Clube da Bossa na capital federal. Mas, sem Menescal e Wanda

http://www.youtube.com/watch?v=K-ztDSc2-LY

http://www.youtube.com/watch?v=ZKq_JGDS9IA

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

evento - musica - Orquestra de Câmara de Curitiba recebe convidados internacionais





O concerto “Música Inglesa”, que a Orquestra de Câmara de Curitiba apresenta neste fim de semana, leva ao palco convidados internacionais. Sob o comando do maestro alemão Stefan Geiger, o grupo executa obras de Benjamin Britten (1913 – 1976) e Gordon Jacob (1895 – 1984), num espetáculo que conta com a participação da instrumentista suíça Zora Slokar (trompa) e do tenor paulista Sérgio Wernec Jr. As apresentações acontecem às 20h de sexta-feira (16) e às 18h30 de sábado (17), na Capela Santa Maria, dentro da temporada 2011 patrocinada pela Volvo.

O mais conhecido compositor britânico do século 20, Benjamin Britten, integra o programa com as peças “Serenata para Tenor, Trompa e Cordas, Op. 31” (1943) e “Sinfonia Simples, Op. 4” (1934). O encontro musical completa-se com o “Concerto para Trompa e Cordas” (1955), de Gordon Jacob, que revela o profundo conhecimento do autor sobre técnicas instrumentais. As peças selecionadas para a apresentação da Orquestra de Câmara de Curitiba mostram o refinamento do trabalho desenvolvido pelo grupo curitibano, que enriquece sua atuação com a presença de convidados ilustres.

Professor de música de câmara e trombone, na Universidade de Música e Teatro de Hamburgo, além de trombone solo da Orquestra Sinfônica daquela cidade alemã, o maestro Stefan Geiger é vencedor de vários concursos internacionais. Com formação musical na Alemanha, França e Estados Unidos, o regente dedica especial atenção à chamada “música nova”, apresentado música moderna com a Orquestra da Rádio de Hamburgo. Os compromissos musicais já levaram Geiger à China, onde se apresentou em 2002, com a Filarmônica de Câmara de Bremen.

O espetáculo do fim de semana também conta com solistas de renome internacional. A suíça Zora Slokar é uma instrumentista apaixonada por música de câmara, que começou sua formação musical pelo violino, mas depois optou pela trompa. Zora tem dividido projetos com artistas de destaque, além de participar dos principais festivais da Europa e obter importantes premiações. Como trompista principal, atuou com grandes orquestras e atualmente é trompa solista da "Orchestra della Svizzera Italiana", em Lugano (Itália).

O tenor Sérgio Wernec Jr. integra o Coral Paulistano do Theatro Municipal de São Paulo e tem se apresentado como cantor solista em obras consagradas, entre elas “Requiem”, de Mozart; “Missa em Sol”, de Schubert; “O Messias”, de Haendel; “Orfeu”, de Monteverdi; “O Barbeiro de Sevilha”, de Rossini; “La Traviata”, de Verdi; e “Porgy and Bess”, de Gershwin. Paralelamente às apresentações com orquestras nacionais de destaque, atua como regente titular do Coro Jovem Sinfônico de São José dos Campos, do Coral da UNAI e do Coral Musicativa.



Serviço:

Apresentações da Orquestra de Câmara de Curitiba com o programa “Música Inglesa”, tendo como convidados o maestro alemão Stefan Geiger, a instrumentista suíça Zora Slokar (trompa) e o tenor paulista Sérgio Wernec Jr, dentro da temporada de concertos 2011 patrocinada pela Volvo.

Datas e horários: dia 16 (sexta-feira), às 20h, e dia 17 de setembro de 2011 (sábado), às 18h30.

Local: Capela Santa Maria – Espaço Cultural (Rua Conselheiro Laurindo, 273 – Centro),

Ingressos: R$ 15 e R$ 7,50 (meia-entrada)

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

evento - musica - Música com Bebés & Papás





Música com Bebés & Papás

Com Indalécio Paiva
17 de Setembro de 2011

Bebés dos 2 meses aos 2 anos

Inscrições: 10 euros (bebé e acompanhante)

Sessão 1 – 10h às 10h45

Sessão 2 – 11h às 11h45

Fazer música com bebés & papás é antes de mais uma sessão de partilha e sociabilização.

Os bebés e respectivos acompanhantes são expostos a um ambiente musical rico, de qualidade, variado em timbres e estilos musicais, com vista à aquisição de um vocabulário e repertório musical.

A música e as histórias sonoras contadas transportam-nos para um mundo de fantasia, proporcionando momentos inesquecíveis. Através da observação, da imitação e da experimentação ao longo da sessão os bebés desenvolvem principalmente a percepção sensorial, a linguagem gestual, a coordenação motora e posteriormente e consequentemente, a construção de conceitos de propriedades do som como forte e fraco, rápido e lento, timbres, noção de pulsação, grave e agudo.


Expressão Musical

Crianças dos 3 aos 6 anos
Sábados

Turma I: 10h30 - 11h15

Turma II: 11h30 - 12h15

Início das Aulas: 8 Outubro 2011

Mensalidade: 20 euros

Email: clubeliterario@fla.pt


Atelier Instrumental I
Mensalidade: 50 euros
Iniciação Musical
Sábado, 13h45 - 14h30 (crianças dos 5 aos 10 anos)
Sábado, 13h45 - 14h45 (crianças/adolescentes dos 10aos 15 anos)
Instrumento: Guitarra, Violino ou Piano
Horário a marcar de acordo com a disponibilidade do aluno
Música em Conjunto: Coro Infanto-Juvenil
Sábado, 14h45 - 15h45

Atelier Instrumental II
Mensalidade: 35 euros
Iniciação Musical
Sábado, 13h45 - 14h30 (crianças dos 5 aos 10 anos)
Sábado, 13h45 - 14h45 (crianças/adolescentes dos 10aos 15 anos)
Instrumento: Guitarra, Violino ou Piano
Horário a marcar de acordo com a disponibilidade do aluno

Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: logotipo_CLP.jpg



Clube Literário do Porto

Rua Nova da Alfândega, nº 22

4050-430 Porto

Tel. 222 089 228

Fax. 222 089 230

Email: clubeliterario@fla.pt

URL: www.clubeliterariodoporto.co.pt

BLOGUE: http://clubeliterariodoportofla.wordpress.com/